Archive for category O Começo de Tudo

18-03-2017: Conheça o Seu Deus

Mensagem de Sábado

Estamos perto de um outro início de ano Deus. Em menos de duas semanas saberemos o estado da cevada em Israel. Se a cevada está madura então com a declaração da lua nova, teremos o início do ano de Deus.

Porque não passar o dia de hoje, o dia de Sábado revisando os materiais já produzidos. Há muitos estudos que lhe deixará com uma mente aberta meditando nos mandamentos de Deus. Conheça o Seu Deus.

Quem é Seu Deus? O que Ele deseja de você? No que pode ser útil a Deus? Qual é o propósito de Deus para a humanidade? Quais são as atitudes que Deus procura em uma pessoas? Quais são as Suas Festas? Qual é a diferença entra as Festas da Primavera e as Festas do Outono?

Há muito do que aprender sobre seu Deus. Levante a mão a Ele e Ele lhe amparará. Isso é promessa dele… “Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós…”, Tiago 4:8.

Não opressa o Espírito Santo que está com você. E depois do batismo, Ele estará dentro de você… “O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós”, João 14:17.

E não entristeçais o Espírito Santo de Deus”, Efésios 4:30.  Mais porque? Porque “O Espírito que em nós habita tem ciúmes?”, Tiago 4:5.

Seguidores de YaHoVah, nosso Deus, tomai cuidado para não se apaixonar por esse mundo. As consequências podem ser drásticas. Aqui está a maior delas, “Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus”, Tiago 4:4.

Sugestão para leitura

O Começo de Tudo (pdf)

Você é um Deus? (pdf)

Conheça o Seu Deus (pdf)

Deus Você e o Universo (pdf)

A Trindade (pdf)

Deus Pai e Jesus Cristo (pdf)

Bom Sábado de reflexão ao Senhor

Leave a comment

O Começo de Tudo, Parte 8 e Final

Para baixar as lições em PDF, clique aqui

Cristo começa a semana da criação

O primeiro dia da criação: Deus separa a luz das trevas. Agora que Satanás e os demônios foram expulsos do céu e foram jogados aqui na terra, Deus também removeu deles a luz. Neles não há luz, só trevas. Suas faces são como escuridão – não há formato de nada. Somente um vazio escuro. Observe o primeiro dia da criação, “No princípio criou Deus o céu e a terra. E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. E disse Deus: Haja luz; e houve luz. E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas,” Gênesis 1:1-4.

Vemos em Gênesis que Deus começa a sua criação. O ataque de Satanás fui inútil. Entretanto, a guerra no céu fez muita destruição no universo. O plano de Deus de criar o homem irá continuar, pois ninguém tem poder suficiente para destruir qualquer plano de Deus. Deus criará o homem.

A terra que Deus criou e colocou Satanás para cuidar e preparar para o homem foi destruída. Satanás deve ter pensado que já que ele não pode fazer Deus parar de criar o homem, ele iria destruir o meio ambiente para que o homem não possa sobreviver nele. E nisso Deus permitiu que ele fizesse. A terra estava em total caos. O homem não poderia viver desta maneira.

Não confunda isso com a criação do sol por causa da luz. O sol foi criado no quarto dia da criação.

1. Existia a luz antes do primeiro dia da criação?

Comentário: Claro que sim. Mesmo que Deus disse “Haja luz” não significa que não já havia luz no universo. Observe claramente que Deus criou Lúcifer e que o próprio nome dele é “estrela da manhã” ou “filho da alva” ou “o que traz luz”. Então vemos que claramente a luz já existia antes da terra. O significado do primeiro dia da criação se refere à separação da luz das trevas.

Deus separou Satanás e seus demônios do céu. Ele deixou que eles convivessem com os anjos de Deus. Nessa separação vemos também que Deus tirou deles a luz e nisso eles se tornaram trevas. Eles são trevas no próprio significado da palavra. Eles não representam trevas apenas, eles são trevas – ou seja, a ausência da luz. A luz sendo falada aqui é luz de Deus.

A luz de Deus e gerada por Ele. Deus literalmente é luz. Não é que Ele somente produz a luz, Ele é a luz. Observe essas escrituras…

 “Disse-lhes, pois, Jesus: A luz [Jesus mesmo] ainda está convosco por um pouco de tempo. Andai enquanto tendes luz, para que as trevas [Satanás] não vos apanhem; pois quem anda nas trevas não sabe para onde vai. Enquanto tendes luz, crede na luz, para que sejais filhos da luz. Estas coisas disse Jesus e, retirando-se, escondeu-se deles”, João 12:35-36.

 “E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os ilumina; e reinarão para todo o sempre”, Apocalipse 22:5.

 Sim podemos ver que a luz significa Deus. Mas, a luz é mais do que representa Deus, a luz e Deus. E é por isso que a Bíblia diz este termo, “filhos de luz”. Você não é filho somente da representação de Deus que é a luz, não, você é filho da luz, ou seja, Deus. Daí você sendo filho da luz, você se torna também luz.

 Deus é luz

 Como temos falado antes, Deus não só gera luz Dele mesmo, mas Ele é a luz. Olhemos então quando Deus olhou para a terra e a viu destruída. A terra estava em trevas. E aí vemos que Deus disse, “Haja luz”. Muitos pensam aqui que a luz não existia antes deste tempo. Que foi aqui que a luz foi criada pela primeira vez. Como podemos saber que a luz já existia antes desse tempo?

A resposta é bem clara, Deus criou Lúcifer que como vimos ele era “o que traz a luz”. A criação dele mostra claramente que a luz de Deus já existia muito antes de quando a terra foi criada. Mas, o que significa então quando Deus disse “Haja luz”.

Depois da guerra no céu, Deus jogou Satanás e seus demônios nessa terra e os tirou a luz. Nisso se tornaram trevas.

Podemos chegar a uma conclusão que a única luz que existia nessa época vinha de Deus. Lembre-se que Deus vive em um mundo espiritual que não é o mesmo do nosso mundo físico. Quando Deus olhou para a terra, ele olhou do mundo espiritual, portanto a Sua luz não refletiu no mundo físico. Ele simplesmente olhou para terra do lado espiritual sem “passar” para o lado físico, sendo assim a Sua luz ainda estava com Ele do lado espiritual.

Mas, quando Deus deu o comando “haja luz”, a Sua luz passou para o lado físico onde iluminou a terra e o universo. Deus percebeu a distinção entre a luz e as trevas na terra e viu que “era boa a luz” – Gênesis 1:3.

Por causa da reação de Deus ao ver que a luz era boa, Ele nunca tinha visto trevas antes no mundo físico. Isso não é difícil de ver sendo que Ele é só luz. Tudo que Deus conhecia até aquele ponto era luz. Daí a razão Dele ficar alegre e ver a luz no mundo físico. É bem possível que deste ponto na história da criação, Ele decidiu criar objetos para iluminar o Seu universo – como o Sol e a luz e outros planetas.

É claro Deus não iria usar a sua luz constantemente neste mundo físico porque Ele é espiritual. No quarto dia então, Ele criou o sol. Ele removeu Sua luz que no primeiro dia iluminou a terra e usou o sol para “iluminar a terra” – Gênesis 1:14.

1. Que luz era essa?  “E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas. E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro”, Gênesis 1:4-5.

Comentário: A reposta e simples. Esta luz é claramente a luz de Deus. Ou seja, Deus usou a Sua luz para iluminar a terra e ver a diferença entre a luz e as trevas. Depois que Ele viu isso, Ele criou a luz do sol e dos planetas no quarto dia e mudou da Sua luz para a luz do sol e da lua, que são físicos, para iluminar o mundo físico – para iluminar a terra.

2. Deus não conhecia trevas até esse ponto na história?

Comentário: Tudo indica que não. Já que Deus é luz, tudo que Ele viu até esse ponto é luz. Quando Deus refletiu a Sua luz na terra que estava em trevas, e Ele viu o contraste da luz nas trevas o que foi agradável a Ele. Ele percebeu que a luz iria ser boa para o mundo físico e daí criou os objetos físicos como o sol, à luz e os planetas para iluminar a terra e o universo. Desse ponto em diante, Ele removeu Sua luz e a colocou a luz dos planetas para isso.

No mundo universal não há planetas para iluminar nada. Não há necessidade de ter sol. A luz de Deus ilumina todo o universo espiritual. A luz de Deus Pai e Jesus Cristo saem deles e de todos aqueles que Deus criou como os anjos que são chamados filhos de Deus. Todos aqueles que amam Deus e andam conforme Deus anda e ama Deus no coração emitem luz. Nisto a bíblia também no dá indicação.

Note que quando Moisés começou a ter um relacionamento bem longo e profundo com Deus, a sua cabeça começou a iluminar o que assustou muita gente daquela época…

 “E esteve ali com o Senhor quarenta dias e quarenta noites; não comeu pão, nem bebeu água, e escreveu nas tábuas as palavras da aliança, os dez mandamentos. E aconteceu que, descendo Moisés do monte Sinai trazia as duas tábuas do testemunho em suas mãos, sim, quando desceu do monte, Moisés não sabia que a pele do seu rosto resplandecia, depois que falara com ele. Olhando, pois, Arão e todos os filhos de Israel para Moisés, eis que a pele do seu rosto resplandecia; por isso temeram chegar-se a ele. Então Moisés os chamou, e Arão e todos os príncipes da congregação tornaram-se a ele; e Moisés lhes falou. Depois chegaram também todos os filhos de Israel; e ele lhes ordenou tudo o que o Senhor falara com ele no monte Sinai. Assim que Moisés acabou de falar com eles, pôs um véu sobre o seu rosto. Porém, entrando Moisés perante o Senhor, para falar com ele, tirava o véu até sair; e, saindo, falava com os filhos de Israel o que lhe era ordenado. Assim, pois, viam os filhos de Israel o rosto de Moisés, e que resplandecia a pele do seu rosto; e tornava Moisés a pôr o véu sobre o seu rosto, até entrar para falar com ele”, Êxodo 34:28-35.

Todos aqueles que chegam perto de Deus, ou seja, andam conforme Deus, eles resplandecem espiritualmente. Não, não acontece no mundo espiritual. Mas, todos aqueles que andam conforme Deus, eles tem luz. Uma luz espiritual que é dada para nós que apesar de não vermos fisicamente, certamente o mundo espiritual a vê nas pessoas, nos filhos de luz. No caso de Moisés foi diferente, pois ele sendo físico e estava com Deus, ele conversava com Deus, ele via a gloria de Deus, portanto, em sua própria carne, a luz apareceu.

Hoje em dia, que o Espírito Santo foi dado a nós, e é através do Espírito de Deus em nós, que os filhos da luz emitem luz no mundo espiritual. Pois é impossível para os filhos da luz não ter luz. As luzes dos filhos de luz, ou dos filhos de Deus, são claramente vista por Deus e todos aqueles que vivem no mundo espiritual e são espíritos. Não há segredo de quem são os filhos de Deus no mundo espiritual. Eles sabem quem são essas pessoas.

 Resumo da lição

 No início de tudo havia somente Deus Pai e Jesus Cristo. Nada existia antes deles. Eles eram e são a luzes. Eles decidiram criar uma família e por isso criaram os anjos. Os anjos foram criados em total liberdade de decisão. Eles podiam decidir por eles mesmos. Deus criou também anjos poderosos chamados querubins. Um desses arcanjos era Lúcifer. Lúcifer criou pela primeira vez o pecado em pensar contra Deus. Nisso ele também espalhou para todos os anjos dos céus.

Deus quando viu o pecado pela primeira vez decidiu criar o homem e testar seu coração antes de dar a vida eterna e poder. O plano de Deus de criar ao homem foi à gota d’água para Satanás atacar a Deus e para mudar a cabeça dos anjos que se tornaram demônios. A intenção de Lúcifer que se tornou satanás cresceu e ele subiu contra o próprio criador dele e causou uma grande guerra no céu. Essa guerra destruiu o universo que Deus criou perfeito.

Ele e seus demônios foram jogados na terra e aqui se encontram até o dia de hoje. Deus tirou deles a luz e ele agora são as trevas.

Deus re-criou a terra e a preparou para colocar o homem. A quando o homem ficará na terra vivendo até o final do plano de Deus ao homem será para as próximas lições a seguir.

Leave a comment

O Começo de Tudo, Parte 7

Para baixar as lições em PDF, clique aqui

A guerra no céu

             Quando Satanás percebeu que já tinha convencido o maior número de anjos que poderia, que chegou a ser 1\3 dos anjos – uma quantidade realmente muito grande, ele tramou a guerra. O intervalo de tempo a Bíblia não descreve. Mas, poderia ser milhões de anos. Tempo não existe para eles. O mundo espiritual está acima do tempo e espaço. É possível, entretanto que não deve ter demorado muito tempo para Satanás saber quando anjos foram enganados por ele. Esse trabalho dele de enganá-los já vinha acontecendo há muito, muito tempo mesmo, antes mesmo da criação das almas humanas. Antes da primeira vez que Deus disse a todos no céu que Ele iria criar os seres humanos.

             Satanás nesse tempo ainda estava morando no céu juntamente com aqueles anjos que iriam se tornar demônios. Ele ainda andava pelo trono de Deus.

             Deus ainda conversava com ele e os anjos que estavam se rebelando contra Ele. Deus sempre teve amor pela Sua criação. Mas as conversas de Deus com Eles em nada adiantou. Mais e mais as mentes deles estavam sendo concretizada de que Satanás seria um melhor líder para eles. Deus não forçou nada neles para os deixou a fazerem o que eles decidirem. Chegou um ponto que não queriam ouvir mais ao criador deles. Só esperavam ao momento onde queriam destruir seu próprio criador.

             Num determinado tempo quando Satanás achou que seria ideal, talvez num dia onde pudesse pegar Deus e Seus anjos desprevenidos, Satanás atacou. Talvez esse seja um dia santo dos Oito Dias Santos de Deus [por favor, estude isso aqui na categoria dos Estudos Bíblicos].

 1. Quantas vezes Satanás têm guerreado e vai guerrear contra Deus?

 Comentário: Esta pergunta é bastante interessante. A bíblia nos revela que Satanás guerreou e ainda vai guerrear contra Deus. Ele realmente pensa que consegue destruir Deus se o pegá-lo de surpresa em Seu trono. A mente dele está corrupta junto com seus demônios e não pensam logicamente. Observem essas passagens…

 Logo no início dos inícios, vemos onde Lúcifer guerreia contra Deus e seu nome foi mudado para Satanás.

 2. Satanás usa o homem para guerrear contra Deus?

 Comentário: Claro que sim. Já que ele mesmo não tem força contra Deus, ele usa o próprio ser humano.

 3. Satanás quer destruir o homem?

 Comentário: Já sabemos que a resposta é sim. Sabemos que o contra ódio dele é ver o plano de Deus para a humanidade onde seremos na grande maioria filhos de Deus, entrando em Sua família e vivendo com Deus por toda a eternidade.

 Desde o início quando ele soube que Deus iria criar o homem, ele já tinha decidido ir contra Deus, ele criou e continua criando planos para destruir o plano de Deus, destruindo o homem… Observem essas passagens…

 A destruição da terra e do universo

             É difícil saber quanto tempo essa guerra durou. Podem ter durado milhões de anos. Como dissemos antes, o mundo espiritual não e sujeito a tempo e espaço. Satanás e 1\3 dos anjos subiram aos céus para derrotar Deus – quanta arrogância deles. Mas, Deus deixou que isso acontecesse. Deus também deixou  que víssemos a ver o resultado dessa guerra.

             Os vestígios sobre todo o universo. Olha a lua e a terra com foi bombardeada com meteoros. Podemos ver também em Marte, como o planeta foi todo destruído. Os cientistas mesmo falam que havia água em Marte e com certeza na lua também. Mares e rios poderiam ter os planetas. Como sabemos disso?

             Muito simples; tudo eu Deus cria é perfeito e lindo e harmonioso. Deus simplesmente não sabe criar coisas destrutivas, sem vida e sem beleza. O nosso Deus cria a perfeição. Ele cria com beleza. Sim, o universo junto com a terra, marte, e a lua foram criados perfeitos e muito lindos. Hoje em dia se olhar para a lua e marte verá as explosões dos cometas quando atingiram a superfície do planeta. Você verá centenas de crateras e muitas gigantescas. Esses bombardeamentos com certeza destruiu os planetas.

 Satanás – o inimigo do homem

A intenção de Satanás era muito simples, destruir e não preparar o ambiente para o homem. Ele achou mesmo que se tivesse destruído a terra, Deus não poderia criar o homem. Ele pensou que se totalmente destruir a terra, que Deus mudaria seu plano de criar o homem mesmo depois que Deus criou as almas humanas, criou as solenidades e o Sábado para o homem. Quanta cegueira e arrogância deste ser. Achou mesmo que poderia para um plano de Deus. Na realidade, ele ainda não desistiu. Ele tenta de toda forma colocar Deus contra o homem para destruí-lo já que ele mesmo não tem esse poder. Veja que ele teve até sucesso quando ele causou tamanha violência na terra e Deus teve de mandar o dilúvio.

 Satanás sabe que a intenção de Deus e colocar o homem em Sua família. Deus nunca escondeu isso dos anjos ou de ninguém. Portanto, desde a época que Deus teve o plano de criar o homem, Satanás e seus demônios procuram destruir o homem ou o ambiente que o homem vive para que o homem não possa ter onde viver e isso lhe mataria.

 Hoje em dia isso continua. Note o que ele fez com a vida de Jó. O que ele fez com as cidades de Sodoma e Gomorra. Note a primeira e segundo e, preste a chegar, a terceira guerra mundial. A intenção dele não é outra, mas destruir todo o ser humano para que o plano de Deus nunca venha a acontecer. Que cegueira de um ser totalmente corrupto! Ele pensa mesmo que vai conseguir seu objetivo. Hoje em dia, ele nos acusa perante o nosso Deus, dia e noite, tentando mudar a cabeça de Deus – como se isso fosse possível, “… porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite”, Apocalipse 12:10. Sim, desde o tempo em que Satanás soube que Deus iria criar o homem até hoje em dia, ele quer destruir o homem. Ele nos acusa perante Jesus Cristo dia e noite. E continuará assim até que ele e seus anjos forem expulsos do céu.

 Deus elimina o pecado de Sua família

             Deus colocou um fim no pecado que apareceu em Sua família através de Satanás. Esse pecado de todos os tipos de mentiras, arrogâncias, orgulho, egoísmo, etc. Deus eliminou de uma vez por todas de Sua família, jogando Satanás e seus anjos para fora do céu. Deus não deixou esses seres rebeldes a viverem junto com os Seus anjos.

 Deus desde esse tempo os jogou na terra e aqui eles estão até o dia de hoje. Eles não têm poder para fazer nada conosco, mas somente nos tentar o que é também parte do plano de Deus. Por que é só com a tentação, com as tribulações, com as decisões de escolhermos o caminho de Deus em vez do homem, que crescemos em caráter de Deus. É por isso que Deus nos criou. Para crescermos no caráter de Deus e ver que só com Deus poderemos viver felizes e com paz por toda a eternidade. O caminho do pecado só causa destruição e angustia como vemos nos planetas. Olhe a lua que é todo o dia a nossa testemunha disso.

             Jesus viu quando Satanás foi atirado na terra com seus anjos, ou demônios, “E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu”, Lucas 10:18.

 Deus começa a Sua criação

 Com a guerra terminada, Deus recomeça a Sua criação. O plano de Satanás para parar o plano de Deus foi destruído. Mas, antes que Deus arrumasse o caso caótico da terra, Ele separou a luz das trevas (a falta de luz. Ou seja, os seres não iluminam). Note que os anjos tem luz neles que procedem do relacionamento que eles têm com Deus. A Partir do momento que eles, e nós, não temos um relacionamento com Deus, essa luz desaparece, “E depois destas coisas vi descer do céu outro anjo, que tinha grande poder [ou autoridade], e a terra foi iluminada com a sua glória”, Apocalipse 18:1.

O que poderemos notar e não é difícil de entender é que a luz emitida de qualquer ser está relacionada a quantidade de autoridade que o ser tem, ou seja, do contato ou relacionamento que o ser tem com Deus. O que realmente faz sentido porque Deus não daria autoridade ou poder para aqueles que estão longe dele – que não ligam para Sua presença. Daí o que a escritura diz que o anjo tinha grande poder e sua luz iluminou toda a terra.

 Até o ponto em que Satanás e seus anjos guerrearem contra Deus, eles tinham luzes. Deus agora define a luz das trevas. Ele remove as luzes dos demônios e Satanás. Eles viraram seres sem luzes. Eles são escuros e cheios de trevas. Neles não há luz. E assim eles são até hoje em dia.

 Filhos da luz e filhos das trevas

 O apóstolo Paulo fala dessa distinção entre luz e trevas. Deus divide os filhos de luz e das trevas. Observa isso, “Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão; Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas”, 1 Tessalonicenses 5:4-5.

 Jesus também fala claramente “E louvou aquele senhor o injusto mordomo por haver procedido prudentemente, porque os filhos deste mundo são mais prudentes na sua geração do que os filhos da luz”, Lucas 16:8.  Observe outras escrituras…

 “Enquanto tendes luz, crede na luz, para que sejais filhos da luz. Estas coisas disse Jesus e, retirando-se, escondeu-se deles”, João 12:36.

 “Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz”, Efésios 5:8.

 1. Quando foi que essa separação aconteceu?

 Comentário: A Bíblia nos diz claramente que ouve uma época, ou período, em que Deus certamente separou a luz das trevas. Esse período aconteceu depois da guerra no céu, Esse dia esta escrito no começo da criação, “E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas”, Gênesis 1:4.

Se você ler isso rapidamente, você pode até pensar que foi aqui que Deus criou o sol. Mas, na realidade, não foi. Note que Deus criou o sol no quarto dia da criação, “E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos. E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi. E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas. E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra, E para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas; e viu Deus que era bom. E foi a tarde e a manhã, o dia quarto”, Gênesis 1:14-19. Sim, as escrituras indicam que ouve um tempo onde Deus separou a treva da luz.

 2. Deus criou a trevas?

 Comentário: De forma alguma! Lúcifer e seus anjos que se tornaram Satanás e demônios foram eles que criaram as trevas depois da rebeldia deles contra seu Criador. Deus simplesmente separou a luz das trevas, pois não é possível que seres contrários a Deus tenha luz. Faz sentido, não?

 3. Como foi essa separação da Luz?

 Comentário: Primeiro, Deus, ou Jesus Cristo, expulsou Satanás e seus demônios do céu e os lançou na terra. Deus separou os seus anjos, ou filhos, da luz dos filhos das trevas, pois eles não podem conviver juntos num mesmo lugar. Nisso Deus também tirou deles a luz. Não há luz nem no diabo e nem em seus demônios.

 4. Satanás tinha luz quando guerreou contra Deus?

 Comentário: Daí uma interessante questão! É bem possível que eles ainda eram seres de luz. Conhecendo Deus do jeito que conhecemos, Ele poderia ter esperado até o momento da guerra que Lúcifer e seus anjos arrependessem-se da rebeldia. Nisso podemos dizer que eles ainda tinham luz, pois apesar de já estar no coração deles guerrearem contra seu próprio Criador, eles ainda não tinham feito. É bem possível que a guerra aconteceu toda em luz.

 Agora, depois da guerra terminada, depois que eles fizeram o que estavam no coração deles talvez por milhões de anos, a decisão deles foi claramente vista e que eles não se arrependeram e guerrearam contra Deus. Deles foi tirada a luz e eles se tornaram filhos da treva como também é todo o ser que é contrário a Deus. Todos os seres que são de Deus, eles são chamados de filhos da luz.

 A terra arruinada – os dinossauros são extintos

             Poderemos dizer com certeza que Satanás na sua intenção de destruir o ambiente que Deus deu para ele cuidar e preparar para receber o homem, a terra foi totalmente destruída. A terra e os planetas que Deus criou com tanta beleza, se tornaram vazios e sem forma, como um deserto seco e morte. Observe o que Deus mesmo fala da situação da terra depois que essa guerra foi vencida e terminada por Deus, “E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas”, Gênesis 1:2. Sim, a terra e os planetas foram totalmente destruídos.

             Cientistas hoje em dia sabem até onde o cometa caiu na terra que causou uma catástrofe enorme com sua explosão. É até difícil imaginar. O tamanho do asteroide que caiu na terra, a explosão fez com que a poeira cobrisse toda a terra por anos cobrindo os raios solares nos quais as plantas precisam para viverem. Sem o sol, as plantas morrem e com isso os alimentos dos dinossauros. Isso não é ficção científica. Você mesmo pode ler isso em muitos livros e artigos como esse vídeo de Youtube – somente uma nota, o autor acha que tudo vai acontecer de novo o que não é verdade. Leia mais no Wiki.

             Esta conclusão dos cientistas de hoje dizendo que os dinossauros morreram por causa de um enorme asteroide como certeza parece ser bem valida. Olhe os planetas que conhecemos com a lua e marte como foram destruídos por milhares e milhares de asteroides. Satanás fez isso, pois é impossível para Deus criar Seu universo num estado tão caótico e feio e vazio. Lembre-se que Ele é um Deus perfeito e tudo que faz é perfeito, “Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus”, Mateus 5:48.

             Deus deixou que Satanás fizesse seu plano para que possamos ver de cara que o pecado só causa angústia, tristeza e destruição para a pessoa e todos que estão ao redor dela. Esta o exemplo para que possamos ver e analisar e afastarmos do pecado e ter ódio do pecado e fazer o máximo para não pecarmos.

2 Comments

O Começo de Tudo, Parte 6

Para baixar as lições em PDF, clique aqui

Deus explica para Satanás e todos de Sua decisão

 Conhecendo o nosso Deus do jeito que conhecemos, o nosso Deus não é um tirano. Um ditador. Ele não faz nada as escondidas que venha a afetar ninguém. Note que até como os humanos onde Ele não precisa dar satisfação de nada para nós, Ele mesmo assim nos fala do que vai acontecer, “Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas”, Amós 3:7. Sim, Deus explicou para Eles de Sua decisão de criar os humanos.

 Deus falou para eles que ira criar um ser onde ele seria testado nos caminhos de Deus e que depois que aprendessem a obedecer e a amar todas as palavras de Deus, Deus os fariam seres espirituais e lhes daria a vida eterna como também poderes. Deus também explicou para eles que depois que eles entrassem em Sua família espiritual que os anjos os iram servi-los. Eles sendo testados e aprovados através de muitos testes, poderiam julgar os anjos que não passaram por essa experiência. Com certeza muitos anjos (demônios) não gostaram desse plano de Deus.

 Isso foi um argumento muito forte que Satanás usou para persuadir os anjos que poucos já estavam alimentando os pensamentos de rebeldia contra Deus. Como o tempo, estes sentimentos de rebeldia cresceram. Não podemos nem mesmo adivinhar quanto tempo isso deve ter durado até o dia que não aguentaram mais e guerrearam contra o próprio criador deles. Sabemos que poderiam ser milhões o números de anjos que Satanás influenciou. Ele os visitou várias vezes para convencê-los, pois não seria fácil fazer anjos que veem o próprio Deus se rebelaram contra Deus. Sim, foi um tempo muito longo onde para eles não é nada, pois não estão sujeitos a tempo e espaço – não existe isso no céu.

 Deus tem o poder absoluto e controle total de toda a Sua criação sabia de tudo que estava acontecendo, mas nada fez. Ele sabia também que isso poderia aumentar a dessatisfaçam daqueles anjos que já pensavam algo contra Deus. Deus quer o nosso amor. Ele está criando a Sua família. Ele não quer sujeitos rebeldes e infelizes em Sua família. Ele deixou o tempo seguir e ver quantos anjos iriam se rebelar.

 Agora, Satanás tem argumentos fortes para convencer os anjos rebeldes. Ele falando para eles que Deus não gosta deles; que Deus quer que eles sejam escravos dos humanos para todo o sempre; que viveriam e teriam uma miséria de vida; que Deus não liga para eles; que eles não significam nada para Deus; que Deus se arrependeu de tê-los criados, que ele seria um melhor líder e até Deus para eles, etc. Sim, ele usou todo o tipo de fala para aumentar a rebeldia daqueles anjos já rebeldes em suas mentes para ir contra Deus.

 Deus cria as almas dos humanos

 Deus começa Seu plano que Ele falou a Seus anjos e executa a primeira parte dele que é a criação das almas humanas. Todas as almas que existiram e se tornaram embriões foram criadas nesse tempo. Deus tem controle absoluto de Sua criação. Desde a criação do primeiro ser humano, Adão até hoje em dia, essas almas que foram criadas nesse tempo, ainda estão nascendo. Deus não terminará Seu plano até que todas as almas que foram criadas tenha a oportunidade de se tornarem embrião – primeira fase da criação do ser humano.

 Os apóstolos dão testemunha de quando as almas são criadas… “Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos”, 2 Timóteo 1:9.

 Antes que tudo existisse no mundo físico, as almas de todos os humanos foram criadas. Deus sabe a quantidade de almas que farão parte de Sua família. Até hoje em dia, então, essas almas estão nascendo. Cada dia que passa está chegando perto do final de todas as almas que foram criadas.

 Satanás continua em sua rebeldia

 Com a criação das almas, agora Satanás tem um argumento bem forte para convencer os anjos. Muitos nesse ponto já estão começando a ser convencidos por Satanás. Agora Satanás mostra para eles que Deus vai realmente por em vigor o plano de criação do homem. As mentiras de Satanás aparecem ser mais convincentes a esses anjos que estão começando a pecar em tornar contra Deus. Algumas dessas mentiras não são muito difícil de ver; “que Deus quer que eles virem escravos do homem”, “que eles serão servos para todo o sempre”, “que Deus não quer saber deles”, “que Deus viu que foi um erro cria-los” e daí por diante. Mentiras que servem para ele alcançar o Seu propósito que seria convencer o número máximo de anjos para ficar do lado dele.

 Satanás convenceu um grande número de anjos a ficar do lado dele. Observe o que as escrituras dizem dessa época, “… um grande dragão vermelho [Sátanas… E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra..”, Apocalipse 12:3-4.

 Jesus Cria a terra e o universo

            Deus Pai e Jesus Cristo continuam Seus planos na criação dos humanos. Ele criou as almas e agora Ele cria a terra e o universo. O universo físico é criado pela primeira vez. Vemos que até os anjos se maravilham quando Deus cria a terra, “Onde estavas tu, quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência. Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel? Sobre que estão fundadas as suas bases, ou quem assentou a sua pedra de esquina, Quando as estrelas da alva juntas alegremente cantavam, e todos os filhos de Deus jubilavam?”, Jó 38:4-7.

             Com a criação da terra e do universo que conhecemos como a nosso própria via Láctea, Satanás chega mais próximo de convencer os anjos que estão se tornando demônios em seus corações. Até aqui vemos que só há luz no mundo deles. Deus e Jesus é luz como também todos os anjos incluindo Satanás que é Lúcifer. Não havia escuridão ou trevas nesse mundo. Apesar dos corações de Satanás e dos demônios já terem mudado para ir contra Deus, Deus ainda não os transformou. Deus é claro sabendo de tudo que está se passando e sem a mínima preocupação. Ele espera ver quando anjos seriam convencidos por Satanás e seus esquemas malignos. A criação da terra adiantou esse processo pois agora eles estão vendo erradamente que Deus vai criar o homem e dar a eles poder para serem como Deus.

             É bem possível que Deus deu a Lúcifer (Satanás no coração dele) a responsabilidade de cuidar da terra. De preparar a terra para o homem. Como vemos é assim que Deus age. Note que Ele mandou João Batista para preparar o caminho para Jesus, “E, partindo eles, começou Jesus a dizer às turbas, a respeito de João: Que fostes ver no deserto? uma cana agitada pelo vento? Sim, que fostes ver? um homem ricamente vestido? Os que trajam ricamente estão nas casas dos reis. Mas, então que fostes ver? um profeta? Sim, vos digo eu, e muito mais do que profeta; Porque é este de quem está escrito: Eis que diante da tua face envio o meu anjo, que preparará diante de ti o teu caminho”, Mateus 11:7-10.

             Não é difícil imaginar então que Deus mandou Lúcifer a terra para preparar para o homem que Ele ainda ia criar. Com certeza não havia mais dúvida entre os anjos que Deus iria realmente criar o homem, pois Ele já tinha criado as almas e agora criou também a terra e o universo. Deus estava começando a criar o universo físico e que acreditamos que Ele continua fazendo isso até hoje em dia – preparando o universo para sua família que já está criando.

             Lúcifer agora está na terra cuidando dela e aproveitando a oportunidade de preparar o seu esquema de guerra contra Deus. Agora ele tem esse lugar onde todos os anjos (demônios no coração) poderão se juntar e tramar um esquema contra Deus. É impossível acreditar que esses seres não conheciam os poderes de Deus e que é absolutamente impossível esconder nada de Deus. Deus conversou com eles varias vezes procurando saber o porquê do problema. Isso já devia par para eles que Deus estava a par do que estava acontecendo. Mas nada adiantou. Você já tentou ensinar seres humanos com muito orgulho de si mesmo, eles não ouvem, não é mesmo?

             A mente também quando fica corrupta, não fica muito clara. Não consegue pensar direito e perde muito na área do sentido comum. Ela fica segue em entender fatos. O fator do orgulho bloqueia a mente da sabedoria. Acreditamos que Satanás e os demônios chegaram nesse ponto que mesmo olhando para o Criador pensaram assim mesmo que o poderiam destruí-lo ou até movê-lo de Seu poder. Estavam, e estão, é claro, totalmente enganados.

Leave a comment

O Começo de Tudo, Parte 5

Para baixar as lições em PDF, clique aqui

Tudo que Deus Pai ou Cristo cria é perfeito

 Deus quando cria alguma coisa, Ele cria perfeito. Não somente perfeito, mas harmonioso e bonito. Deus é perfeito e tudo que Ele faz é perfeito.

Sabemos que tudo que foi criado foi criado por Jesus Cristo, coisas visíveis como também invisíveis. Deus Pai e Jesus Cristo quando somente existiam os dois, Jesus Cristo foi dado à responsabilidade da criação. Foi do agrado e da harmonia dos dois assim estabelecer as responsabilidades. O apóstolo João falou disso claramente, “Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez”, João 1:3.

Jesus então criou os anjos e os arcanjos com suas devidas responsabilidades como a dos querubins que cobriam o seu próprio trono. Nesse tempo também, Cristo criou Lúcifer que também era perfeito em todos em beleza e sabedoria. O próprio Lúcifer significa “estrela da manhã” ou “o que traz luz”.  Deus entrou em detalhes de sua beleza onde até mesmo pedras preciosas foram criadas para sua criação.

1. Deus sabia que Lúcifer e muitos anjos se rebelariam contra Ele?

Comentário: Não. Sim, Deus sabe de todas as coisas. Deus certamente sabia que todos os anjos que Ele criou teriam a capacidade de ir contra Ele. Mas, Ele não sabia esses anjos criados especificamente se tornariam contra Ele, senão por que Ele iria criá-los?

Perceba que até mesmo para o ser humano, Ele sabe que temos a capacidade de tornarmos contra Ele, mas mesmo assim, Ele continua nos criando, os humanos. Ele quer que a pessoa tenha a livre e espontânea vontade de segui-Lo e obedecê-Lo. Ele não quer robôs em Sua família.

Deus nos deu a opção de escolhermos a vida ou a morte. No final de tudo, Ele separará aqueles que são Dele dos que não são. Note que a escolha é nossa, “Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência”, Deuteronômio 30:19.

 O PECADO aparece pela primeira vez na história do começo de tudo

 Então este era o mundo nesta época. Só havia luz, paz e harmonia. Num inervá-lo de tempo (não há tempo e espaço no mundo espiritual – só falamos aqui pois não sabemos descrever usando palavras humanas), quando Lúcifer foi mandado a fazer tarefas longe do trono, ele passou a ficar mais e mais tempo longe de Deus. Nisso, como os anjos o admirando e o adorando a cada lugar que ia, como o tempo, seu orgulho começou a crescer. O pecado foi criado em seu coração. O pecado surgiu pela primeira vez na história do começo de tudo.

Cada tarefa longe de Deus seu orgulho crescia mais e mais. Nestas tarefas, ele começou a querer mudar as mentes dos anjos. Mais e mais ele queria a atenção dos anjos para ele e não para Deus. Pouco a pouco o pecado começou a expandir em outras áreas. Lúcifer começou pela primeira vez na história de tudo, ter inveja, egoísmo, orgulho e o imenso prazer do poder. Só era uma questão de tempo para que essas atitudes pecadoras, contrárias a Deus, o consumissem e elem se tornasse totalmente corrupto – toda a sua inteligência e sabedoria que Deus lhe deu se desperdiçou e se tornou corrupta sem a menos um pontinho sequer de verdade. Seu modo de pensar e agir se tornaram contrário a tudo o que Deus lhe ensinou e mostrou. Ele passou a ser um ser desgovernado e a única coisa que fazia e pensava era no seu próprio bem-estar – uma atitude totalmente contrária a Deus onde tudo que Ele pensa e agi e para os outros.

Esta atitude não passou despercebido por Deus. Anjos começaram a relatar fatos a Deus do que ele andava fazendo e de sua atitude de orgulho.

Conhecendo Deus como conhecemos que ele fala que até devemos amar nossos inimigos e que Jesus mesmo diz de Seu Pai que devemos ser perfeito como Seu Pai é perfeito, “Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim? Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus,” Mateus 5:43-48.

É certeza então que Deus teve muitas conversas com Lúcifer para saber o que estava acontecendo. Deus queria saber o que Ele poderia fazer para alegrar a Lúcifer. Esse é o nosso Deus que mesmo sabendo que Lúcifer estava falando mal Dele, mesmo assim queria saber o que Ele poderia fazer para alegrar a Lúcifer. Com certeza Lúcifer disse muitas coisas que Deus fez o possível para assim fazer. Mas nada disso adiantou. Lúcifer continuou com esse pensamento de orgulho e começou a ter dentro dele inveja e egoísmo. Lúcifer começou a ver ele mesmo como igual a Deus. Mais e mais com o tempo começou a crescer dentro dele.

Os anjos foram criados diferentes dos seres humanos. Eles foram criados como adultos, vamos dizer. Os humanos começam como crianças e com o tempo Deus vai nos ensinando e nos mudando para tornarmos seus filhos – esse crescimento espiritual acontece com tribulações em nossas vidas. Nelas aprendemos a amar a Deus e a confiar Nele. Aprendemos também a obedecer a Deus como o Seu próprio Filho disse, “Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu”, Hebreus 5:8. Sim, o nosso crescimento espiritual depende de nossas tribulações. Com os anjos não foi assim. Eles foram criados já adultos e não aprenderam a obediência.

 O destino de Cristo estava escrito antes da Fundação do Mundo

1Pe 1:20; 13:8

 Deus Pai e Jesus Cristo vendo tudo isso acontecendo, criaram um plano para testar os seres viventes antes de dar a eles a vida eterna e poder. Deus Pai e Jesus Cristo não quer colocar em Sua família seres com atitudes destruidoras. Foi nesse intervalo de tempo, que Ele decidiram criar o homem. Foi nessa decisão que tiveram que foi decidido que Cristo um dia teria que nascer e morrer por todos os homens. Essa decisão aconteceu então muito antes de qualquer alma ser criada. Muito antes de tudo, nessa conversa e decisão de Deus Pai e Jesus Cristo, Cristo um dia ia nascer e morrer pela sua criação – antes mesmo antes da terra ser criada.

Acreditamos também nesse tempo aonde Lúcifer vem se tornando mais e mais orgulho, invejoso, mentiroso e aproveitando as tarefas que Deus lhe deu, onde teria de sair para longe do trono de Deus, para mudar as mentes dos anjos, que muitos anjos já estavam aceitando ele. Os anjos já começaram a pensar errado de Deus e começaram a ver Lúcifer como seu salvador.

Deus deixou tudo isso acontecer. Deus queria ver também quantos anjos seriam enganados por Lúcifer. Nesse tempo todo Deus conversava com Lúcifer para tentar lhe satisfaze-lo do porque ele estava se rebelando contra Deus. Assim é o nosso Deus, cheio de misericórdia até mesmo para os seus inimigos que esta dentro mesmo do Seu próprio trono.

O plano de Deus então passou a ser criar um ser para ser testado e ensinado a amar e a obedecer Seu criador. O plano do homem está feito. Como também a morte de Cristo para pagar o pecador do homem já está certa – Ele terá de derramar Seu sangue e morrer por eles.

Deus explica para Lúcifer e os anjos de Sua decisão

Conhecendo o nosso Deus do jeito que conhecemos, o nosso Deus não é um tirano. Um ditador. Ele não faz nada as escondidas que venha a afetar ninguém. Note que até como os humanos onde Ele não precisa dar satisfação de nada para nós, Ele mesmo assim nos fala do que vai acontecer, “Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas”, Amós 3:7. Sim, Deus explicou para Eles de Sua decisão de criar os humanos.

Deus falou para eles que ira criar um ser onde ele seria testado nos caminhos de Deus e que depois que aprendessem a obedecer e a amar todas as palavras de Deus, Deus os fariam seres espirituais e lhes daria a vida eterna como também poder. Deus também explicou para eles que depois que eles entrassem em sua família espiritual que os anjos os iram servi-los. Talvez a razão dos anjos serviram os recém nascidos humanos agora tornados espirituais na Família de Deus espiritual seria a razão deles terem passados por testes e terem aprendidos a obedecer e a confira em Deus.

Com certeza isso começou a ser um argumento muito forte para Lúcifer para persuadir os alguns anjos que já estavam alimentando os pensamentos de rebeldia contra Deus. Como o tempo, estes sentimentos de rebeldia cresceram. Não podemos nem mesmo adivinhar quanto tempo isso deve ter durado até o dia que não aguentaram mais e guerrearam contra o próprio criador deles. Sabemos que poderiam ser milhões o números de anjos que Lúcifer tinha de tentar influenciar. E ele teria de visita-los várias vezes, pois não seria fácil fazer anjos que veem o próprio Deus se rebelaram contra Deus. Sim, foi um tempo muito longo onde para eles não é nada, pois não estão sujeitos a tempo e espaço – não existe isso no céu.

Deus tem o poder absoluto e controle total de toda a Sua criação sabia de tudo que estava acontece, mas nada fez. Ele sabia também que isso poderia aumentar a dessatisfaçam daqueles anhos que já pensavam algo contra Deus. Deus quer que o amamos. Ele está criando a Sua família. Ele não quer sujeitos rebeldes e infelizes em Sua família. Ele deixou o tempo seguir e ver quantos anjos iriam se rebelar.

Agora, Lúcifer tem argumentos fortes para convencer os anjos rebeldes. Ele falando para eles que Deus não gosta deles; que Deus quer que eles sejam escravos dos humanos para todo o sempre; que viveriam e teriam uma miséria de vida; que Deus não liga para eles; que eles não significam nada para Deus; que Deus se arrependeu de tê-los criados, que ele seria um melhor líder e até Deus para eles, etc. Sim, ele usou todo o tipo de fala para aumentar a rebeldia daqueles anjos já rebeldes em suas mentes para ir contra Deus.

Leave a comment

O Começo de Tudo, Parte 4

Para baixar as lições em PDF, clique aqui

Vemos que no início de Tudo, Deus Pai e Jesus Cristo já existiam. Eles num determinado tempo decidiram criar os anjos e arcanjos (querubins). Neste tempo Deus criou as almas dos seres humanos e a terra e o universo. Deus poderia ter revelado a Lúcifer que iria criar o homem e que os anjos o iriam servir. Tinha de ser algo grande para que Lúcifer convencesse 1/3 dos anjos a rebelarem contra Deus.

Os anjos não irão se rebelar contra o Criador por coisa pequena. Tinha de ser algo muito grande. Como por exemplo, tentar convencer os anjos que Deus não é justo; que Deus não tem consideração pelos anjos; que os anjos serão escravos dos humanos, etc. São mentiras desta forma que possivelmente levariam Lúcifer a convencer 1/3 dos anjos a guerrearem contra o criador deles.

Não sabemos por certeza pela Bíblia se Deus já tinha intensão de criar os seres humanos logo de início ou foi quando Ele viu Seus anjos em rebelião. Isto parece ser um argumento válido porque Deus criou milhares e muitos tipos de anjos. Se Deus desde o início já tinha a intensão de criar Sua própria família, então porque criar anjos. Ele poderia desde o início começar Sua criação dos humanos.

Acreditamos então que o plano de criar os humanos aconteceu quando Deus e Seu filho Jesus começaram a ver que os anjos e Lúcifer estavam começando a se rebelar contra Ele. Deus pode então ter começado a criar um plano onde criaturas (humanos) iriam ser testados a obedecer a Deus. Como vimos, Cristo nos disse que através das tribulações que Ele aprendeu obediência.

Vemos que quando o pecado entrou em Lúcifer, ele dizia em seu coração que Ele seria maior do que Deus. Não ouve indicação por Deus que Ele começou a se rebelar quando ficou sabendo que os humanos iam ser criados.

Faz sentido pensar que quando os anjos sendo enganados por Lúcifer viram que Deus realmente teria plano para criar o homem depois que Eles viram que as almas humanas foram criadas e mais tarde a terra, que foi fácil para Lúcifer os convencê-los. Eles não iram entrar numa guerra com Deus por coisas pequenas ou não provadas.

Acreditamos que quando Deus viu o tudo que estava acontecendo, Ele e Jesus decidiram criar os humanos e os coloca-los na terra com a pura intensão de serem testados por Deus. Deus não queria passar pelo o que aconteceu com os anjos e Lúcifer.

A criação da terra foi o que faltava no plano de Satanás para começar sua guerra contra Deus e os filhos de Deus sendo criados e que continua até os dias de hoje.

Deus então criou este plano maravilhoso onde os humanos são testados nos caminhos de Deus toda a vida deles. Deus poderá ver nas pessoas se elas têm amor por Ele. Ele não vai dar a vida eterna a pessoas que são rebeldes a Ele. E nisso estamos aqui, na batalha. Todos nós somos testados e continuamos na luta contra tudo e todos, contra as tentações do diabo e a nossa própria carne para que Deus possa nos dizer o que disse a Abraão…

 “Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único filho”, Gênesis 22:12.

2 Comments

O Começo de Tudo, Parte 3

Para baixar as lições em PDF, clique aqui

O querubim Lúcifer – perfeito em beleza e sabedoria

Deus criou Lúcifer perfeito. A palavra Lúcifer que Deus o chamou de “filho da alva”, Isaías 14:12, se chama de “portador de luz”. Ele era um dos dois que cobriam o trono de Deus com suas asas, leia novamente Ezequiel 28:11-15. Realmente como bonito e poderoso era Lúcifer. E não somente isso, mas Deus o ungiu para que cobrisse o próprio trono de Deus. Mas, como o tempo, Lúcifer começou a pecar e querer ser maior do que o próprio Deus que o criou.

A Bíblia não diz quando tempo isso durou – o tempo em que começou a rebelião em seu coração contra Deus até o momento que atacou a Deus. Como o tempo e espaço não tem relevância no mundo espiritual pode ter sido milhões de anos. Note também como falou as escrituras, que ele colocou na cabeça de 1/3 dos anjos para rebelarem contra Deus. Com certeza isso aconteceu num tempo muito grande porque quantos milhões de anjos tinham de ser conversado para acontecer de mudar a cabeça deles e quererem ir contra Deus. Podemos afirmar com certeza também que, é claro, tudo aconteceu em segredo de Deus. Neste momento acreditamos que a mente deste diabo já estava corrupta e ele não conseguia perceber que nada pode ser escondido de Deus. O desejo dele de se tornar maior que Deus é tão grande que já estava sego do poder de Deus.

 A Rebelião do Querubim Lúcifer

 A difícil de saber quanto tempo ficou essa situação no céu. Deus sabendo de tudo que está acontecendo e mesmo assim, de acordo com Sua imensa misericórdia, nada fez e esperou que Lúcifer mesmo começasse sua rebelião.

É mais do que óbvio até mesmo falar que Deus poderia para tudo isso bem no início. Mas, Deus respeita a sua decisão. Ele faz isso também com os seres humanos. Ele não quer robôs em sua família. Ou forçar ninguém a seguir Suas leis e mandamentos. Ele quer pessoas que com toda a alma e forças amá-Lo e segui-Lo, “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”, João 4:23-24.

Então teve um tempo muito longo neste tempo onde Lúcifer ficou “trabalhando” – cobrindo o trono de Deus e tentando mudar os pensamentos dos anjos. Neste período de tempo também, Deus criou a terra.

Sabemos que a terra foi criada antes da rebeldia de Lúcifer porque Jesus o viu cair como um relâmpago, “E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu”, Lucas 10:18. A terra então já existia quando a guerra no céu aconteceu. Observe também que quando a terra foi criada, os anjos se alegraram, “Onde estavas tu, quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência. Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel? Sobre que estão fundadas as suas bases, ou quem assentou a sua pedra de esquina, Quando as estrelas da alva juntas alegremente cantavam, e todos os filhos de Deus jubilavam?”, Jó 38:4-7.

1. Mas porque a rebelião de Lúcifer?

Comentário: É difícil explicar essa rebelião, mas com certeza, como a Bíblia descreve Lúcifer que já era o mais formoso e bonito e sábio de todos os anjos, não era suficiente para ele. Ele queria ser maior que seu próprio criador. Orgulho e desejo por poder e inveja do poder de Deus além de mais atributos não desejáveis o levou a ter sua mente corrupta.

O que podemos acreditar e não é muito difícil de ver, é que períodos longe de Deus foram o que contribuiu a seu desastre. É possível, por exemplo, que Deus começou a dar tarefas a Lúcifer como cuidar da terra e outras tarefas onde Lúcifer passou a ficar mais e mais longe de Deus; longe de cobrir o trono de Deus. Hoje podemos até ver isso nas pessoas.

Quando passamos muito tempo longe de Deus; quando passamos a orar pouco; a pensar pouco em Deus e em Suas palavras na Bíblia, vemos que essa distância faz com que andemos num caminho diferente onde a única coisa que importa é o prazer de nós mesmos. É claro, a mesma coisa acontece no contrário. Quando estamos perto de Deus e fazendo as coisas que são agradáveis aos olhos de Deus, sentimos fortes e colocamos as pessoas que amamos antes de nós mesmos. Então ficar longe de Deus significa alimentar os nossos desejos carnais e ficar perto de Deus, significa amar os outros antes de nós. Dois caminhos totalmente contrários um ao outro.

2. Porque o nome de Satanás?

Comentário: Com a rebelião de Satanás, Deus mudou o nome de Lúcifer para Satanás que significa adversário. Os anjos rebeldes passaram a ser chamados de demônios.

 A destruição da terra e do universo

 Depois que o universo foi criado junto com a terra, com certeza era tudo muito lindo e perfeito. Os cientistas afirmam que já ouve água e atmosfera em Marte. Marte

Hoje vemos que muitos dos planetas foram bombardeados com meteoros. Tudo que Deus cria é bonito e perfeito mas os planetas se tornaram, vamos se dizer, como a terra “sem forma e vazia”, Gênesis 1:2. Não há dúvida, se você conhece Deus, que Ele não trabalha assim. Tudo que Eles fazem, Jesus e Deus Pai, é perfeito, bonito e harmonioso.

Quando um olha hoje em dia nos planetas que vemos ao nosso redor, vemos o impacto de tanto meteoros tem o poder de destruir qualquer planeta, incluindo a terra. Tanto a terra, quando a nossa lua [foto abaixo] e todos os planetas mostram esse momento na história do universo quando meteoros começaram a atingir os planetas e causar grandes destruições. Crateras enormes do tamanho de cidades que são milhões de vezes mais poderosas do que muitas bombas atômicas.

Quando Deus criou o universo, Ele não criou para que meteoros explodissem nos planetas e os destruíssem. E porque Ele faria isso? Qual seria a razão de Deus que depois de construir um universo perfeito, lindo e harmonioso, também Ele construiu milhões, ou talvez bilhões de meteoros e os lançassem de frente aos planetas para os destruírem. O fato de simplesmente escrever isso é ridículo. Não faz sentido nenhum.

ImpactoLua 1. Foram os cometas que destruíram os dinossauros?

Comentário: É bem possível que sim. Os cientistas têm provado e até mostrado a cratera enorme na baía em frente ao México que destruiu a terra e matou todos os dinossauros. Leia mais sobre isso.

Os outros planetas também não escaparam. Todos os planetas que mostram as fotos de sua superfície, você vê centenas de crateras que foram causadas com a explosão os impacto dos meteoros em sua superfície.

2. Poderia Deus ter parado tudo?

Comentário: Acredito que todos saibam que sim. Nada é impossível ao criador. Ele; entretanto, deixou que satanás continuasse com seu plano. Esse é o nosso Deus. Ele quer nos ensinar que o caminho de satanás só causará destruição em nossas vidas como também a de todos que no amamos.

 As almas dos seres humanos são criadas

 Não sabemos se por certo esta foi uma das razões do porque Lúcifer se rebelou contra Deus. Se por algum motivo Deus o deixou saber que iria criar os seres humanos e que eles seriam no final se tornar filhos de Deus. Ou se Deus criou as almas depois que satanás se rebelou e Deus decidiu criar sua família.

O fato que a Bíblia descreve é que Deus criou todas as almas antes da criação da terra. Ele as criou e muitas almas ainda hoje espera ser nascida. Acreditamos que podemos afirmar que o plano de Deus para os seres humanos não acontecerá até que todas as almas que Deus criou antes da fundação dos tempos pudessem ter a oportunidade de ser tornarem embrião…

“Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor”, Efésios 1:4.

 “Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos”, 2 Timóteo 1:9.

“Em esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos dos séculos”, Tito 1:2.

Está bem estabelecido então que as almas foram criadas antes da criação como o proposito do ser humano se tornar filho de Deus.

 Os anjos não aprenderam obediência através de tribulações

 Com a rebelião de Satanás, o universo passa por grandes destruições. Satanás tenta a todo custo destruir o plano de Deus. É de certa maneira possível afirmar, apesar de não sabermos pela Bíblia, que quando deus viu que Satanás estava começando a se rebelião em seu coração contra Deus, que Deus criou o plano para criar o ser humano. E que talvez Deus criou a terra e mandou Satanás (ou Lúcifer nessa época) cuidar e preparar a terra para o ser humano.

Se Deus criou o plano de criar o homem baseado no fato de saber da atitude de rebeldia de Satanás, não sabemos. Daí um fato interessante que sendo humano somos testados de várias formas para crescermos em caráter igual a Deus. Os anjos não foram criados assim. Eles não cresceram e foram criados. Deus os criou já como adultos, dizemos assim. Seus caráteres e personalidades não foram testados e consequentemente não tiveram testes e tribulações para crescerem no caráter de Deus. Nós, humanos, somos testados e cada tribulação crescemos em maturidade em Deus. É pelos testes que aperfeiçoamos nosso caráter…

Cristo mesmo aprendeu obediência pelas Suas tribulações, “Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu”, Hebreus 5:8.

Quando o apóstolo Paulo pediu a Jesus para remover alguma coisa de sua pele, Jesus disse o seguinte, “E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim. E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo”, 2 Coríntios 12:7-9.

Aqui está a grande diferença entre os anjos e os humanos. Os anjos não aperfeiçoaram a obediência de Deus através de tribulações como o próprio Filho de Deus aperfeiçoou. Jesus aprendeu a se submeter a Deus dentro de testes que Ele passou aqui na terra. Ele mostrou a Seu Pai que Ele o amava e o respeitava o suficiente para obedecê-Lo nas maiores das circunstâncias desta vida. Ele mesmo entregou Sua vida para mostrar isso…

 “Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas. Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor. Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai”, João 10:15-18.

Leave a comment