Archive for category Pecado

O Pecado e o Sangue de Jesus

Um coisa que tem passado despercebida por nós foi o sangue de Jesus que foi derramado. O que aconteceu com o Seu sangue?

Muitos de nós entendemos que a morte de Yeshua foi para pagar pelos nossos pecados. Mas, não conseguimos entender como foi isso! Como pode ser isso? Para onde foi o sangue Dele quando Ele morreu. Lemos que sangue e água saiu Dele quando o soldado cortou Ele de lado, “Contudo um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água”, João 19:34. Mas, e daí? Como foi que o sangue Dele pagou pelos nossos pecados? Vemos que no Antigo Testamento, havia uma cerimonia onde o sangue de animais eram usados para pagar pelos pecados do povo. Será que o sangue de Jesus se espalhou para chão onde tanto homens como animais andavam por cima? Você acha mesmo que o Pai de Jesus deixaria isso acontecer? Que o sangue de Seu filho seria pisado debaixo dos pés de homens e animais? YaHoVaH nunca deixaria que isso acontecesse. Veremos isso nesse seriado.

No tempo do Sumo Sacerdote, havia cerimonias onde o sangue de animais pagavam pelo pecado do povo. Isso é claro tinha de ser feito pois, ao contrário do que o mundo ensina que Deus é tão bondoso e amoroso e tão misericordioso que Ele convive conosco no meio de nosso pecado porque Ele sabe que somos pecadores, isso não é mais do que uma mentira e falta de entendimento e conhecimento do nosso Deus.

Deus nunca conviveu, convive agora, e jamais conviverá com pecados. Ele nunca teve e nunca terá nenhum tipo de relacionamento com o pecado. Sendo assim, o pecador viverá sem Deus. Não estou falando dos que estão batalhando em eliminar o pecado da vida deles, como é o meu caso, estou falando daqueles que vivem e gostam de viver no pecado achando que Deus está numa boa com isso. Fazem isso porque não conhecem YaHoVaH.

YaHoVaH tem nos dado uma maneira de limpar os nossos pecados. Ele nos deu o sangue como uma forma de pagar pelos nossos pecados e voltar a ter um novo relacionamento com Ele. O sangue pode ser sempre usado para pagar pelos nossos pecados. Isto foi instituído quando Deus deu as leis e os mandamentos do Monte Sinai ao Seu povo, “Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado”, 1 João 1:7.

Entretanto, hoje temos o sangue do nosso Messias que pagou pelos nossos pecados. E todas as vezes que pecados e nos arrependemos, poderemos ir ao nosso Deus Pai e pedir perdão no nome (e consequentemente no sangue) do Seu filho Yeshua e nossos pecados serão perdoados. Então seguimos deste ponto em diante, onde Deus perdoou os nossos pecados, e paremos de pecar. Isso poderá acontecer quantas vezes for necessário ao arrependedor com remorso.

Começaremos um seriado onde vamos mostrar como essa instituição que Deus criou de usar o sangue para remissão dos pecados. Você ficará fascinado no que Deus tem mostrado ao Seu povo hoje em dia e que, possivelmente, ou pelo menos não está escrito na Bíblia, talvez mesmo os apóstolos ou qualquer pessoa de Deus antigamente, não sabia.

Que YaHoVaH te ilumine e abra seu conhecimento nos seus mistérios.

Leave a comment

O Sangue do Messias Ungiu a Arca da Aliança

Mensagem de Sábado

Muita gente acredita que Jesus morreu por nossos pecados. Entretanto, eles não sabem que para perdoar pecados há a necessidade de sangue. O Sumo Sacerdote respigava sangue na Arca da Aliança, uma vez por ano, no Dia de Expiação, do lado esquerdo da Arca. Nesse sacrifício de animais, o sangue deles faziam expiação pelo pecado de uma pessoa e pela nação. Isso acontecia a cada ano.

O sangue de Jesus entretanto foi respingado na Arca da Aliança que estava a 6 metros debaixo de Sua crucificação. O sangue de Jesus respingou do lado direito da Arca e os pecados da humanidade foram comprados e pagos de uma vez por todas.

YaHoVaH preparou o sacrifício de Seu filho que aconteceu no mesmo lugar onde Abraão iria sacrificar Isaque. O nosso Pai celestial não deixou que o sangue de Seu filho fosse esparramado pelo chão sem significado algum.

Você e eu fomos libertados de nossos pecados se em sinceridade nos arrependemos e pedimos ao Pai para perdoar o pecado cometido, em ação ou pensamento, no nome de Seu filho Jesus. Não precisamos morrer. Poderemos ser perdoados!

Vídeos:

Ep22 – E, Ele – o Messias, Confirmará a Aliança

 

 

Sugestão Para Leitura

A Arca da Aliança (categoria)

Pecado (categoria)

Leave a comment

O Começo de Tudo, Parte 5

Para baixar as lições em PDF, clique aqui

Tudo que Deus Pai ou Cristo cria é perfeito

 Deus quando cria alguma coisa, Ele cria perfeito. Não somente perfeito, mas harmonioso e bonito. Deus é perfeito e tudo que Ele faz é perfeito.

Sabemos que tudo que foi criado foi criado por Jesus Cristo, coisas visíveis como também invisíveis. Deus Pai e Jesus Cristo quando somente existiam os dois, Jesus Cristo foi dado à responsabilidade da criação. Foi do agrado e da harmonia dos dois assim estabelecer as responsabilidades. O apóstolo João falou disso claramente, “Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez”, João 1:3.

Jesus então criou os anjos e os arcanjos com suas devidas responsabilidades como a dos querubins que cobriam o seu próprio trono. Nesse tempo também, Cristo criou Lúcifer que também era perfeito em todos em beleza e sabedoria. O próprio Lúcifer significa “estrela da manhã” ou “o que traz luz”.  Deus entrou em detalhes de sua beleza onde até mesmo pedras preciosas foram criadas para sua criação.

1. Deus sabia que Lúcifer e muitos anjos se rebelariam contra Ele?

Comentário: Não. Sim, Deus sabe de todas as coisas. Deus certamente sabia que todos os anjos que Ele criou teriam a capacidade de ir contra Ele. Mas, Ele não sabia esses anjos criados especificamente se tornariam contra Ele, senão por que Ele iria criá-los?

Perceba que até mesmo para o ser humano, Ele sabe que temos a capacidade de tornarmos contra Ele, mas mesmo assim, Ele continua nos criando, os humanos. Ele quer que a pessoa tenha a livre e espontânea vontade de segui-Lo e obedecê-Lo. Ele não quer robôs em Sua família.

Deus nos deu a opção de escolhermos a vida ou a morte. No final de tudo, Ele separará aqueles que são Dele dos que não são. Note que a escolha é nossa, “Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência”, Deuteronômio 30:19.

 O PECADO aparece pela primeira vez na história do começo de tudo

 Então este era o mundo nesta época. Só havia luz, paz e harmonia. Num inervá-lo de tempo (não há tempo e espaço no mundo espiritual – só falamos aqui pois não sabemos descrever usando palavras humanas), quando Lúcifer foi mandado a fazer tarefas longe do trono, ele passou a ficar mais e mais tempo longe de Deus. Nisso, como os anjos o admirando e o adorando a cada lugar que ia, como o tempo, seu orgulho começou a crescer. O pecado foi criado em seu coração. O pecado surgiu pela primeira vez na história do começo de tudo.

Cada tarefa longe de Deus seu orgulho crescia mais e mais. Nestas tarefas, ele começou a querer mudar as mentes dos anjos. Mais e mais ele queria a atenção dos anjos para ele e não para Deus. Pouco a pouco o pecado começou a expandir em outras áreas. Lúcifer começou pela primeira vez na história de tudo, ter inveja, egoísmo, orgulho e o imenso prazer do poder. Só era uma questão de tempo para que essas atitudes pecadoras, contrárias a Deus, o consumissem e elem se tornasse totalmente corrupto – toda a sua inteligência e sabedoria que Deus lhe deu se desperdiçou e se tornou corrupta sem a menos um pontinho sequer de verdade. Seu modo de pensar e agir se tornaram contrário a tudo o que Deus lhe ensinou e mostrou. Ele passou a ser um ser desgovernado e a única coisa que fazia e pensava era no seu próprio bem-estar – uma atitude totalmente contrária a Deus onde tudo que Ele pensa e agi e para os outros.

Esta atitude não passou despercebido por Deus. Anjos começaram a relatar fatos a Deus do que ele andava fazendo e de sua atitude de orgulho.

Conhecendo Deus como conhecemos que ele fala que até devemos amar nossos inimigos e que Jesus mesmo diz de Seu Pai que devemos ser perfeito como Seu Pai é perfeito, “Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim? Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus,” Mateus 5:43-48.

É certeza então que Deus teve muitas conversas com Lúcifer para saber o que estava acontecendo. Deus queria saber o que Ele poderia fazer para alegrar a Lúcifer. Esse é o nosso Deus que mesmo sabendo que Lúcifer estava falando mal Dele, mesmo assim queria saber o que Ele poderia fazer para alegrar a Lúcifer. Com certeza Lúcifer disse muitas coisas que Deus fez o possível para assim fazer. Mas nada disso adiantou. Lúcifer continuou com esse pensamento de orgulho e começou a ter dentro dele inveja e egoísmo. Lúcifer começou a ver ele mesmo como igual a Deus. Mais e mais com o tempo começou a crescer dentro dele.

Os anjos foram criados diferentes dos seres humanos. Eles foram criados como adultos, vamos dizer. Os humanos começam como crianças e com o tempo Deus vai nos ensinando e nos mudando para tornarmos seus filhos – esse crescimento espiritual acontece com tribulações em nossas vidas. Nelas aprendemos a amar a Deus e a confiar Nele. Aprendemos também a obedecer a Deus como o Seu próprio Filho disse, “Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu”, Hebreus 5:8. Sim, o nosso crescimento espiritual depende de nossas tribulações. Com os anjos não foi assim. Eles foram criados já adultos e não aprenderam a obediência.

 O destino de Cristo estava escrito antes da Fundação do Mundo

1Pe 1:20; 13:8

 Deus Pai e Jesus Cristo vendo tudo isso acontecendo, criaram um plano para testar os seres viventes antes de dar a eles a vida eterna e poder. Deus Pai e Jesus Cristo não quer colocar em Sua família seres com atitudes destruidoras. Foi nesse intervalo de tempo, que Ele decidiram criar o homem. Foi nessa decisão que tiveram que foi decidido que Cristo um dia teria que nascer e morrer por todos os homens. Essa decisão aconteceu então muito antes de qualquer alma ser criada. Muito antes de tudo, nessa conversa e decisão de Deus Pai e Jesus Cristo, Cristo um dia ia nascer e morrer pela sua criação – antes mesmo antes da terra ser criada.

Acreditamos também nesse tempo aonde Lúcifer vem se tornando mais e mais orgulho, invejoso, mentiroso e aproveitando as tarefas que Deus lhe deu, onde teria de sair para longe do trono de Deus, para mudar as mentes dos anjos, que muitos anjos já estavam aceitando ele. Os anjos já começaram a pensar errado de Deus e começaram a ver Lúcifer como seu salvador.

Deus deixou tudo isso acontecer. Deus queria ver também quantos anjos seriam enganados por Lúcifer. Nesse tempo todo Deus conversava com Lúcifer para tentar lhe satisfaze-lo do porque ele estava se rebelando contra Deus. Assim é o nosso Deus, cheio de misericórdia até mesmo para os seus inimigos que esta dentro mesmo do Seu próprio trono.

O plano de Deus então passou a ser criar um ser para ser testado e ensinado a amar e a obedecer Seu criador. O plano do homem está feito. Como também a morte de Cristo para pagar o pecador do homem já está certa – Ele terá de derramar Seu sangue e morrer por eles.

Deus explica para Lúcifer e os anjos de Sua decisão

Conhecendo o nosso Deus do jeito que conhecemos, o nosso Deus não é um tirano. Um ditador. Ele não faz nada as escondidas que venha a afetar ninguém. Note que até como os humanos onde Ele não precisa dar satisfação de nada para nós, Ele mesmo assim nos fala do que vai acontecer, “Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas”, Amós 3:7. Sim, Deus explicou para Eles de Sua decisão de criar os humanos.

Deus falou para eles que ira criar um ser onde ele seria testado nos caminhos de Deus e que depois que aprendessem a obedecer e a amar todas as palavras de Deus, Deus os fariam seres espirituais e lhes daria a vida eterna como também poder. Deus também explicou para eles que depois que eles entrassem em sua família espiritual que os anjos os iram servi-los. Talvez a razão dos anjos serviram os recém nascidos humanos agora tornados espirituais na Família de Deus espiritual seria a razão deles terem passados por testes e terem aprendidos a obedecer e a confira em Deus.

Com certeza isso começou a ser um argumento muito forte para Lúcifer para persuadir os alguns anjos que já estavam alimentando os pensamentos de rebeldia contra Deus. Como o tempo, estes sentimentos de rebeldia cresceram. Não podemos nem mesmo adivinhar quanto tempo isso deve ter durado até o dia que não aguentaram mais e guerrearam contra o próprio criador deles. Sabemos que poderiam ser milhões o números de anjos que Lúcifer tinha de tentar influenciar. E ele teria de visita-los várias vezes, pois não seria fácil fazer anjos que veem o próprio Deus se rebelaram contra Deus. Sim, foi um tempo muito longo onde para eles não é nada, pois não estão sujeitos a tempo e espaço – não existe isso no céu.

Deus tem o poder absoluto e controle total de toda a Sua criação sabia de tudo que estava acontece, mas nada fez. Ele sabia também que isso poderia aumentar a dessatisfaçam daqueles anhos que já pensavam algo contra Deus. Deus quer que o amamos. Ele está criando a Sua família. Ele não quer sujeitos rebeldes e infelizes em Sua família. Ele deixou o tempo seguir e ver quantos anjos iriam se rebelar.

Agora, Lúcifer tem argumentos fortes para convencer os anjos rebeldes. Ele falando para eles que Deus não gosta deles; que Deus quer que eles sejam escravos dos humanos para todo o sempre; que viveriam e teriam uma miséria de vida; que Deus não liga para eles; que eles não significam nada para Deus; que Deus se arrependeu de tê-los criados, que ele seria um melhor líder e até Deus para eles, etc. Sim, ele usou todo o tipo de fala para aumentar a rebeldia daqueles anjos já rebeldes em suas mentes para ir contra Deus.

Leave a comment

Erramos Constantemente! O que fazer?

É um fato comum no mundo hoje em dia que se aceitar Jesus como seu salvador, estará salvo. Será mesmo que não tem nenhum tipo de responsabilidade pela sua vida? Quer dizer que continuo a fazer o mal a mim e a outras pessoas também e se aceitar a Jesus estarei salvo? Como assim, do que? Como pode todos pensarem que o jeito que anda nessa terra irá trazer-lhe consequências. Certamente a Bíblia indica que o que fazer aqui, as obras ruim ou boa que fazer, trará consequências, “E disse-lhes: Atendei ao que ides ouvir. Com a medida com que medirdes vos medirão a vós, e ser-vos-á ainda acrescentada a vós que ouvis”, Marcos 4:24. Novamente, “Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós”, Mateus 7:2.

Agora que vamos ser julgados nas coisas que fazemos, então é claro temos que ser perfeitos nos nossos caminhos? É claro que não. Todos nós fazemos coisas que não agradáveis a nós mesmo, a Deus, aos parentes, aos amigos, enfim, a todos. Leia, “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”, Romanos 3:23. Sim, pecamos constantemente contra todos e contra nós mesmos. O Senhor que conhece o coração do homem disse, “Quão fraco é o teu coração, diz o Senhor DEUS, fazendo tu todas estas coisas, obras de uma meretriz imperiosa!”, Ezequiel 16:30.

O nosso Deus ainda mostra mais sobre nós mesmos, “Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem… Bendito o homem que confia no SENHOR, e cuja confiança é o SENHOR… Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?”, Jeremias 17:5-9. Sim como podemos andar por aí pensando que somos bons e que se fazemos coisas que agradam a Deus e a nós mesmos. Sim, erramos constantemente. Sim, com certeza Deus não nos perdoará, pois estamos sempre errando e pecando contra Ele e a nós mesmos! Negativo!

Mas, porque erramos tanto? Porque somos humanos e fazemos tudo que agrada a nossa carne; sendo isso contrário a Deus, “Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre”, 1 João 2:16-17. Nunca poderemos agradar a Deus se fizermos as coisas da carne, “Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus”, Romanos 8:8.

A única maneira de não praticar as coisas da carne e praticar as coisas do espirito. Os dois são inimigos, contrario um ao outro, “Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis”, Gálatas 5:16-17.

Note que os frutos do espirito são bem diferente da carne, “mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança”, Gálatas 5:22. É claro que quem não sabe quais são os frutos da carne, “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus”, Gálatas 5:19-21.

Estamos perdidos então?

Porque sempre estamos errando e fazendo essas coisas que são contrárias as coisas do espírito. O que fazer? Sim, o nosso bondoso e misericordioso Deus nos deu uma fórmula para salvar-nos. Podemos nos arrepender e sermos perdoados no sangue de Jesus Cristo. Arrepender é fundamental para um cristão. Porque se não, lemos então a advertência de Deus.

“Não, vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis”, Lucas 13:5.

Leave a comment

Deus quer perdoar nossos pecados

Muitos dos cristãos hoje em dia acreditam que Deus não perdoa se os pecados foram muitos. E que dependendo do pecado, Deus não perdoa. Também ficam tristes ou desiludido quando não conseguem vencer seus pecados e que Deus por causa disso não irá mais perdoá-los. Mas pode ser isso verdade?

Se arrepender do pecado é mais do que uma simples emoção de sentimento. Um sentimento triste de arrependido. Quando uma pessoa se arrepende de um pecado e se arrepende, Deus espera que essa pessoa mude seu comportamento e não peque mais.

João 8:11, “E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais”. Então Deus espera que quando seu pecado for perdoado, que você mude o seu comportamento e não peque mais.

Em Lucas 17:4, Jesus explica que devemos perdoar todos aqueles que sinceramente arrependeram de seus pecados, “E, se pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes no dia vier ter contigo, dizendo: Arrependo-me; perdoa-lhe”.

Sim, satanás querem que pensa que Deus ficará triste ou chateado que de algum modo não mais lhe perdoará. Isso é mentira. Deus está SEMPRE disposto a nos perdoar.

Leave a comment