Archive for category Arrependimento

“…se não vos arrependerdes…”, Lucas 13:3

Uma das atitudes mais importante do cristão verdadeiro é o arrependimento. Arrependimento é muitíssimo importante para ressalta a atitude do cristão de humildade e conversão. Ou seja, uma pessoa arrependida muda o jeito de ser e agir e falar. O arrependimento carrega a ação de agir, de mudar.

Note o que Cristo disse no início de Seu ministério. O que pregava João Batista? Qual foram as primeiras palavras que Cristo disso no início de Seu ministério? Note João Batista…

“E, naqueles dias, apareceu João o Batista pregando no deserto da Judéia, E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus”, Mateus 3:1-2. João Batista sempre focalizava suas instruções no arrependimento e Reino de Deus. Jesus, sendo Ele nosso Mestre, é claro, falou o mesmo…

“Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus”, Mateus 4:17. Novamente a palavra arrependimento.

Nós como seres humanos sempre fazemos coisas que muitas vezes foram feitas através de raiva, falta de sabedoria e, muitas vezes, por que não dizer, por ignorância. É bem verdade também que muitas vezes a gente se arrepende das coisas que falamos e agimos. Às vezes não queremos nem pensar nas coisas que fizemos ou falamos. Simplesmente, às vezes é uma vergonha.

Deus respeita nosso arrependimento. Por que Ele que criou a gente, sabe que às vezes a gente se senti constrangido dessas atitudes. Ele nos instrui a perdoar os que se arrependem, “E, se pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes no dia vier ter contigo, dizendo: Arrependo-me; perdoa-lhe”, Lucas 17:4.

Deus pessoalmente ordena que as pessoas se arrependam, “Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam”, Atos 17:30.

A razão disso é muito simples, nós erramos demais. Estão sempre pecando e fazendo e falando coisas que destroem a gente e os que estão ao nosso redor.  “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”, Romanos 3:23.

Note a atitude de Eli. Ele fez o que era errado e não se arrependeu, “Porque eu já lhe fiz saber que julgarei a sua casa para sempre, pela iniqüidade que ele bem conhecia, porque, fazendo-se os seus filhos execráveis, não os repreendeu”, 1 Samuel 3:13. Deus havia falado a Eli das atitudes de seus filhos e ele não se arrependeu. Ele não severamente repreendeu seus filhos e eles continuaram a fazer pecados terríveis contra o povo e Deus.

O arrependimento e mudança de atitude causa uma mudança positiva na mente e no coração. Você passará a ser uma pessoa humilde e não tão orgulhosa. Além de tudo seus pecados serão perdoados e seu relacionamento com deus crescerá com isso, “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos [mudai a maneira de ser e agir], para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor”, Atos 3:19.

Leave a comment

“Arrependei-vos, e cada um seja batizado”

Está duas palavras que todo mundo morre de medo. Todos nos gostamos de fazer as coisas do nosso jeito e a qualquer hora que queremos. É típico do ser humano querer fazer o que quer, a hora que quer e do jeito que quer. Chegar em uma pessoa e falar para ela se arrepender do que fez é muitíssimo difícil. Não gostamos de criticado pelos nossos erros e muito menos se arrepender do que fazemos. Por que afinal de contas, o nosso orgulho sempre nos diz que estamos corretos; então é claro, não há razão para nos arrepender. Mas, é isso exatamente o que nosso Deus nos pedi.

Cristo veio na terra com a mensagem de arrependimento. A Sua jornada pela essa terra foi sempre voltada ao arrependimento das pessoas. Ele queria, e quer, mostrar para as pessoas que a maneira que eles vivem é incorreta perante Deus. Essa era sua mensagem para nós. Note que foi o ponto principal de quando Ele estava aqui nesta terra, “Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus”, Mateus 4:17. Ele chegou a até falar que foi para ensinar o arrependimento que Ele foi mandado para a Terra pelo Seu Pai, “Ele, porém, lhes disse: Também é necessário que eu anuncie a outras cidades o evangelho do reino de Deus; porque para isso fui enviado”, Lucas 4:43.

O apóstolos também ensinavam o arrependimento, “E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo”, Atos 2:38. Pedro mostrou que devemos nos arrepender e sermos batizados.

O batismo é um simbolismo de que aceitou Cristo como Seu salvador e que daquele ponto em diante, você fará e andará como Cristo andou obedecendo todas as coisas de Deus. Que não comerá em restaurante no dia de Sábado por exemplo porque você quer manter o Sábado santo e não quebra-lo. São esses e vários outros mandamentos que a pessoa que se arrependeu e foi batizada seguirá.

A pessoa batizada e arrependida não ficará procurando desculpas para desobedecer a Deus. A pessoa não ficará querendo satisfazer sua carne com coisas supérfluas desse mundo. Porque aquele que vive satisfazendo sua carne, esse não agrada a Deus, “Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus”, Romanos 8:8.

O arrependimento requere uma mudança na pessoa. Quando nos arrependemos  verdadeiramente de alguma coisa, isso nos leva a mudança. De que adianta nos arrependermos e pedir a Deus perdão e virarmos e fazermos as mesmas coisas de novo. Não estou falando isso de um pecado que está tentando vencer com a ajuda de Deus, mas de ações deliberadas. A mudança da pessoa é que chamamos de conversão, “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor”, Atos 3:19.

Os avisos que Deus tem dado para aqueles que se recusam a arrepender é bastante claro, “Arrepende-te, pois, quando não em breve virei a ti, e contra eles batalharei com a espada da minha boca”, Apocalipse 2:16. A palavra da boca Dele pode ser as palavras escritas na Bíblia. Pois você será julgado pelas palavras dos livros da Bíblia, “E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.”, Apocalipse 20:12.

Há aqueles que quando ouvem pela primeira vez e obedecem as palavras da Bíblia, se tornam bons fieis sendo zelosos nos caminhos de Deus. Mas, com o tempo, eles começam a largar de mão os caminhos de Deus e colocam no lugar os próprios caminhos deles, “Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres”, Apocalipse 2:5.

Leave a comment

Que é o Reino de Deus?

Para baixar as lições em PDF, clique aqui

Que é o Reino de Deus? Ele existe, existiu ou vai existir? Olhemos o que esse Reino é?

“Mas, como cressem em Filipe, que lhes pregava acerca do reino de Deus, e do nome de Jesus Cristo, se batizavam, tanto homens como mulheres”, Atos 8:12. Sim, com certeza esse Reino ainda virá a terra. Hoje ele não está aqui na terra mas está chegando num futuro bem perto.

“Assim também vós, quando virdes acontecer estas coisas, sabei que o reino de Deus está perto”, Lucas 21:31. O Reino está chegando! Jesus até falou das coisas que começaram a aparecer neste mundo antes da vinda do Reino.

Este Reino, é claro, também tem leis e mandamentos. Como o nome fala claramente, Reino de Deus, então suas leis e mandamentos e todas as leis de governo são baseadas em Deus. Tudo que Deus fala, todas as suas palavras, as leis e mandamentos, serão as regras que terão este Reino.

Note que a razão principal que Deus Pai enviou Jesus a essa terra é para pregar sobre esse Reino, “Ele, porém, lhes disse: Também é necessário que eu anuncie a outras cidades o evangelho do reino de Deus; porque para isso fui enviado”, Lucas 4:43.

O Reino de Deus é a família de Deus, ou seja, todos aqueles que tem o Espírito Santo de Deus. Todos aqueles que tem aceitado e hoje só fazem as coisas que são de Deus e agradáveis a Ele, “Nem dirão: Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali; porque eis que o reino de Deus está entre vós”, Lucas 17:21. O Espírito de Deus é o espírito de Deus vivendo dentro de você. Deus declara abertamente, “Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus”, Romanos 8:14. Sim, os que tem o espírito de Deus, são filhos de Deus.

Para receber esse espírito, a pessoa tem que se arrepender de seus pecados pois Deus não vive com pecado. É impossível tem Deus dentro de você, através de Seu espírito sendo que você está cheio de pecados em seu coração e mente. O espirito de Deus não vive com o espírito de desobediência, “E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho”, Marcos 1:15. A carne não consegue entender a Deus e nem consegue viver juntos em você, “Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser”, Romanos 8:7. Eles são, na realidade, inimigos.

Mas, como poderemos ter esse espírito? Muito simples, teremos de viver de acordo como qualquer cidadão do Reino de Deus. Teremos de viver pelas palavras de Deus. Teremos de agir de acordo com as palavras de Deus. Teremos de viver igual ao jeito que Jesus viveu, “Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade”, 1 João 1:6.

A exigência para ter o espírito de Deus e se tornar filho de Deus e fazer parte do Reino de Deus é necessário que se arrependa, “E, saindo eles, pregavam que se arrependessem”, Marcos 6:12.

Tão importante é o arrependimento que Deus nos fala duas vezes, “Não, vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis… Não, vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis”, Lucas 13:3,5.

Então comecemos a ouvir o que o nosso Deus esta nos alertando. Ele quer que arrependemos de nossa atitudes egoístas desta carne. Ele quer que mudamos nossa maneira de ser. Que sejamos mais e mais igual a Ele. Não deixemos que os alertas e o perigo das consequências nos pegue de surpresa, “Arrepende-te, pois, quando não em breve virei a ti, e contra eles batalharei com a espada da minha boca”, Apocalipse 2:16.

Arrependemos e recebamos o espírito de Deus.

2 Comments

Erramos Constantemente! O que fazer?

É um fato comum no mundo hoje em dia que se aceitar Jesus como seu salvador, estará salvo. Será mesmo que não tem nenhum tipo de responsabilidade pela sua vida? Quer dizer que continuo a fazer o mal a mim e a outras pessoas também e se aceitar a Jesus estarei salvo? Como assim, do que? Como pode todos pensarem que o jeito que anda nessa terra irá trazer-lhe consequências. Certamente a Bíblia indica que o que fazer aqui, as obras ruim ou boa que fazer, trará consequências, “E disse-lhes: Atendei ao que ides ouvir. Com a medida com que medirdes vos medirão a vós, e ser-vos-á ainda acrescentada a vós que ouvis”, Marcos 4:24. Novamente, “Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós”, Mateus 7:2.

Agora que vamos ser julgados nas coisas que fazemos, então é claro temos que ser perfeitos nos nossos caminhos? É claro que não. Todos nós fazemos coisas que não agradáveis a nós mesmo, a Deus, aos parentes, aos amigos, enfim, a todos. Leia, “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”, Romanos 3:23. Sim, pecamos constantemente contra todos e contra nós mesmos. O Senhor que conhece o coração do homem disse, “Quão fraco é o teu coração, diz o Senhor DEUS, fazendo tu todas estas coisas, obras de uma meretriz imperiosa!”, Ezequiel 16:30.

O nosso Deus ainda mostra mais sobre nós mesmos, “Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem… Bendito o homem que confia no SENHOR, e cuja confiança é o SENHOR… Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?”, Jeremias 17:5-9. Sim como podemos andar por aí pensando que somos bons e que se fazemos coisas que agradam a Deus e a nós mesmos. Sim, erramos constantemente. Sim, com certeza Deus não nos perdoará, pois estamos sempre errando e pecando contra Ele e a nós mesmos! Negativo!

Mas, porque erramos tanto? Porque somos humanos e fazemos tudo que agrada a nossa carne; sendo isso contrário a Deus, “Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre”, 1 João 2:16-17. Nunca poderemos agradar a Deus se fizermos as coisas da carne, “Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus”, Romanos 8:8.

A única maneira de não praticar as coisas da carne e praticar as coisas do espirito. Os dois são inimigos, contrario um ao outro, “Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis”, Gálatas 5:16-17.

Note que os frutos do espirito são bem diferente da carne, “mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança”, Gálatas 5:22. É claro que quem não sabe quais são os frutos da carne, “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus”, Gálatas 5:19-21.

Estamos perdidos então?

Porque sempre estamos errando e fazendo essas coisas que são contrárias as coisas do espírito. O que fazer? Sim, o nosso bondoso e misericordioso Deus nos deu uma fórmula para salvar-nos. Podemos nos arrepender e sermos perdoados no sangue de Jesus Cristo. Arrepender é fundamental para um cristão. Porque se não, lemos então a advertência de Deus.

“Não, vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis”, Lucas 13:5.

Leave a comment