Archive for category Idolatria

4-3-2017 – Certamente Herdamos Mentiras

Mensagem de Sábado

Todos nós que não nascemos em Israel e não vivemos naquela cultura, somos chamados gentios. Não há nada de ser errado em ser um gentio. O problema começa que todos os nossos pai não conheceram, ou não procuraram conhecer, o único e verdadeiro Deus dos Judeus na época. O homem preferiu criar os seus próprios deuses. Eles criavam os deuses e ensinava as pessoas de como adorá-lo (la). Deus criado por madeira, ferro ou qualquer outro tipo de material.

O deuses criados pelo homem são adorados da maneira que o seu homem criador imaginava. Observe por exemplo a deusa Ester. Ela tem vários outros nomes em culturas diferentes. Os sacerdotes de Ester engravidava as virgens no altar de Ester e depois de um ano, matava os recém-nascidos e com sangue deles, eles pintavam os ovos. Esses ovos depois de milhares de anos são agora feitos de chocolates e tudo é uma alegria. Como se senti quando come um ovo de chocolate de páscoa sabendo que começou a milhares de anos atrás pelos sacrifícios dos recém-nascidos. Há, não acredita? Verifique por você mesmo. Tudo isso é história.

Há muitos anos atrás fui para Machu-Pichu no Peru. No lugar, vemos um pedra enorme manchada e perguntamos ao guia sobre a mancha na pedra. Ele nos disse que o feiticeiro pegava uma criança que vinha sendo nutrida para ser sacrificada. Aos 8 anos, não lembro correto a idade, este feiticeiro pegava essa criança, deitava na pedra de sacrifício, cortava o peito dele(a), e tirava o coração com sua mão. Se o coração não tivesse nenhuma cicatriz, eles teriam um ano bom, mas se o coração tivesse cicatrizes, eles teriam um ano mal. Esse sacrifício acontecia enquanto a criança ainda estava viva.

Bom, aí está  o ponto onde os homens chegam para seus sacrifícios pagãos. A nojeira detestável e completamente abominável que o homem faz. Note o que Yahovah disse sobre uma dessas detestáveis doutrinas pagãs criada pelos homens…

“Porém cada nação fez os seus deuses, e os puseram nas casas dos altos que os samaritanos fizeram, cada nação nas cidades, em que habitava. E os de babilônia fizeram Sucote-Benote; e os de Cuta fizeram Nergal; e os de Hamate fizeram Asima. E os aveus fizeram Nibaz e Tartaque; e os sefarvitas queimavam seus filhos no fogo a Adrameleque, e a Anameleque, deuses de Sefarvaim”, 2 Reis 17:29-31.

“Fez ele também passar seus filhos pelo fogo no vale do filho de Hinom, e usou de adivinhações e de agouros, e de feitiçarias, e consultou adivinhos e encantadores, e fez muitíssimo mal aos olhos do Senhor, para o provocar à ira”, 2 Crônicas 33:6.

Introdução ao o vídeo

calendario-de-deus

Vídeo – Festas de Outono de Deus – Ep14

ep14michael

Sugestão para Leitura

Idolatria (categoria)

Você é idolatra? (estudo)

Você é Pagão? (estudo)

Natal (categoria)

A pura verdade sobre o Natal (estudo)

Verdade ou Tradição (vídeo)

 Não Deixa Nenhum Pagão Te Julgar (vídeo)

Leave a comment

O verdadeiro Deus

O verdadeiro Deus comprova Sua existência

      Os deuses que os homens adoravam e adoram são deuses que não falam. Deuses que não ouvem. Deuses criados pela mão humana. Deuses que os homens criam para falar coisas que eles querem ouvir. Eles mesmos descrevem que esses deuses que eles fazem e como eles agem e vivem – tudo baseados em mentiras para enganar o povo. Entretanto, o Deus verdadeiro fala quem Ele é e não precisa de nenhum humano que Ele mesmo criou para falar Dele.

      “Então o Senhor respondeu a Jó de um redemoinho, dizendo: Cinge agora os teus lombos como homem; eu te perguntarei, e tu me explicarás. Porventura também tornarás tu vão o meu juízo, ou tu me condenarás, para te justificares? Ou tens braço como Deus, ou podes trovejar com voz como ele o faz?”, Jó 40:6-9.

Na Bíblia achamos várias escrituras do Deus verdadeiro. Do único Deus que existe. Ele mesmo fala de como Ele é. Observa algumas dessas passagens…

O nosso Deus fala que é santo,Portanto santificai-vos, e sede santos, pois eu sou o Senhor vosso Deus”, Levítico 20:7.

Deus quer que ajudemos uns aos outros especialmente aos estrangeiros e pobres, E, quando fizerdes a colheita da vossa terra, não acabarás de segar os cantos do teu campo, nem colherás as espigas caídas da tua sega; para o pobre e para o estrangeiro as deixarás. Eu sou o Senhor vosso Deus”, Levítico 23:22.

Sim, Ele quer que tratemos o próximo com amor e sem maldade, Ninguém, pois, engane ao seu próximo; mas terás temor do teu Deus; porque eu sou o Senhor vosso Deus”, Levítico 25:17. Um Deus que nos ensina a amar outras pessoas e não somente a nós mesmo. Um Deus que explica que amar os outros é melhor do que amar a nós mesmos,Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é necessário auxiliar os enfermos, e recordar as palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber”, Atos 20:35.pagan god3

O Deus verdadeiro explica claramente que não devemos ter outros deuses feitos pelo homem, Não fareis para vós ídolos, nem vos levantareis imagem de escultura, nem estátua, nem poreis pedra figurada na vossa terra, para inclinar-vos a ela; porque eu sou o SENHOR vosso Deus”, Levítico 26:1. Há muitas outras escrituras que falam sobre ídolos feitos pelo homem; observe,E os outros homens, que não foram mortos por estas pragas, não se arrependeram das obras de suas mãos, para não adorarem os demônios, e os ídolos de ouro, e de prata, e de bronze, e de pedra, e de madeira, que nem podem ver, nem ouvir, nem andar”, Apocalipse 9:20.

 Não existe outro Deus

 Não há outro Deus neste universo. Somente o nosso verdadeiro Deus onde não foi feito pelas mãos dos homens. Ele fala que não existe outro,Eu sou o Senhor, e não há outro; fora de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que tu não me conheças; para que se saiba desde o nascente do sol, e desde o poente, que fora de mim não há outro; eu sou o Senhor, e não há outro”, Isaías 45:5-6. Novamente,Olhai para mim, e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro”, Isaías 45:22.

O nosso Deus fala claramente que não há nenhum outro deus e muito menos um deus igual a Ele,Lembrai-vos das coisas passadas desde a antiguidade; que eu sou Deus, e não há outro Deus, não há outro semelhante a mim”, Isaías 46:9.

Deus também dá uma demonstração de Seu poder absoluto quando Ele fala de coisas futuras como se elas já são passadas. Coisas que ainda estão no futuro, Deus conversam delas como se elas já aconteceram. Um enorme poder absoluto e infinito tem o nosso Deus, o único verdadeiro Deus,Que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antiguidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho será firme, e farei toda a minha vontade”, Isaías 46:10.

Sim, o nosso Deus é tão poderoso que Ele pode fazer o futuro passar exatamente do jeito que Ele quer. Esta é a razão de que Ele conversa dessa maneira, “desde a antiguidade as coisas que ainda não sucederam”.

 Deus deseja a nossa obediência

 O nosso Deus deseja que sigamos as Suas leis e mandamentos e tudo que Ele fala. Ele afirma para nós que devemos adorar a Ele e a Ele somente, Porque não te inclinarás diante de outro deus; pois o nome do Senhor é Zeloso; é um Deus zeloso, Êxodo 34:14.

10 mandamentos A obediência e o amor por Deus é o que Ele procura. Na Bíblia há realmente milhares de escrituras que Deus explica de Suas leis e mandamentos. Muitos já ouviram falar dos 10 mandamentos.

Devemos entretanto observar Suas palavras de coração; Moisés adiciona,Porque se diligentemente guardardes todos estes mandamentos, que vos ordeno para os guardardes, amando ao Senhor vosso Deus, andando em todos os seus caminhos, e a ele vos achegardes”, Deuteronômio 11:22.

     Deus adiciona que é bom para nós obedecermos Suas palavras, Fareis conforme os meus juízos, e os meus estatutos guardareis, para andardes neles. Eu sou o Senhor vosso Deus. Portanto, os meus estatutos e os meus juízos guardareis; os quais, observando-os o homem, viverá por eles. Eu sou o Senhor”, Levítico 18:4-5.

     Seu próprio filho, Jesus Cristo, aprendeu a obedecer a Deus vivendo nessa terra e passando por tribulações. Note o que Jesus mesmo disse a Paulo, E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”, 2 Coríntios 12:9. Sim, Jesus sendo o filho de Deus, aperfeiçoou Sua obediência ao Pai em sofrimento e tribulação.

 Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu”, Hebreus 5:8.

 Mas o que é idolatria no mundo de hoje?

 Quando lemos a Bíblia vemos que não devemos fazer idolatria. Criar objetos de madeira ou de qualquer outro tipo de coisa para adoramos. Parece uma coisa incrível que o homem possa fazer isso. Mas, ele faz.

Se olharmos a história do homem nas culturas antigas dos romanos, dos gregos e dos egípcios, para citar somente alguns, veremos que há vários deuses nessas culturas. O homem sempre tem sido fascinado por deuses que eles mesmos criam. As pessoas ouvem falar de um deus criado por homem e das histórias desses deuses e ficam admirados mesmos elas sendo ridículas e sem sentido algum, mas quando ouvimos delas a gente simplesmente acredita.

A fascinação que o homem tem por deuses e bem forte. Hoje mesmo no mundo vemos países como África e Brasil onde a idolatria é muito grande. Há estátuas em todo canto com todos os tipos de figuras obscuras; elas estão em cima de geladeiras, em todo canto da casa, nos carros, na maioria de nossos pertences e algumas são achadas até em restaurantes. Estátuas que os homens idolatram e acendem velas e põem comida perante elas, etc. Até hoje em dia a prática de seguir deuses criados pelo homem ainda continua.

 Mas, é somente por estátuas que praticamos idolatria?

 É claro que não. Tudo que você faz que coloca qualquer coisa acima de Deus é praticar idolatria.

1. Pode o seu carro ou trabalho ser o seu deus?

Comentário: Sim, pode. Vemos que muitas pessoas têm seus carros, suas propriedades, constantemente em suas mentes e isso se torna idolatria. É somente isso que eles interessam, falam e pensam. Essas coisas matérias são as únicas coisas que são importantes na vida deles, e, consequentemente, se tornam idolatrias. Deus não é mais a coisa mais importante da vida deles. São os objetos que eles têm. Eles se tornam o deus deles com o “d” minúsculo.

2. O que mais pode ser idolatria?

Comentário: Tudo que coloca Deus em segundo lugar em sua vida é idolatria. Se por exemplo uma pessoa tem medo de demônios, isso é idolatria. A razão disso é muito simples. O medo do demônio é maior do que o amor de Deus e o poder do Espírito de Deus. O medo do poder do demônio é maior do que o poder de Deus na sua mente e isso se torna idolatria. Não podemos deixar que nada coloque o nosso Deus em segundo lugar em nossas vidas.

 Como evitar idolatria em nossas vidas?

 É claro, muitas vezes praticamos idolatria sem percebemos. Idolatria pode ser uma coisa tão pequena que nem tomamos conta que estamos colocando Deus em segundo lugar em nossas vidas. Mas, o que fazer então?

Você pode praticar os princípios que a Bíblia nos ensina para proteger as nossas mentes. Observe alguns princípios na Bíblia…

Teste todos os motivos ou espíritos ou atitudes para ver se eles estão de acordo com Deus. Todas as vezes que temos amigos, colegas ou pessoas que são chegados a nós, devemos tomar cuidado. Devemos perguntar se eles colocam coisas em nossas cabeças que nos leva a distanciar de Deus. Se eles assim o fazem, então devemos repreendê-los. E se eles continuarem a fazer, então não deve afastá-los, pois eles atrapalharam seu relacionamento com Deus. Você tem que tomar muito cuidado com essas pessoas perto da gente. O seu relacionamento com Deus é muito mais importante do que o relacionamento com eles.

A razão disso é muito simples. Se as pessoas que são próximas de nós agem de uma maneira ou falam de uma maneira que são contrárias a Deus, então por que andar com essas pessoas? Elas somente nos afastarão de Deus e colocará em nossas mentes idolatrias,Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas [ou pessoas contrárias a Deus] se têm levantado no mundo”, 1 João 4:1.

Devemos estar espertos porque o nosso inimigo tenta várias estratégias para nos destruir. Fique sempre de guarda, “… para que não sejamos vencidos por Satanás; Porque não ignoramos os seus ardís”, 2 Coríntios 2:10-11. O diabo tenta várias tentações, mas não devemos deixá-lo. Conhecemos muitas dessas tentações se testarmos de onde está vindo esses espíritos ou amigos ou colegas ou qualquer coisa e que benefício acrescentará no nosso relacionamento com Deus.

Sejamos espertos porque o mundo maligno quer nos destruir colocando idolatria em nossa mente, “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar”, 1 Pedro 5:8.

Sim, devemos sempre testar tudo que entra em nossa cabeça para ver se estão de acordo com Deus,Conjuro-te diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, e dos anjos eleitos, que sem prevenção guardes estas coisas, nada fazendo por parcialidade”, 1 Timóteo 5:21.

Ame a Deus, observe todas as Suas palavras para que Deus chegue perto de você e os abençoe e os proteja e você se torne um filho de Deus…

Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus”, João 1:12-13.

Leave a comment

“Não terás outros deuses diante de mim”, Êx 20:3

Interessante não esse mandamento de Deus! Neste tempo o povo estava voltado na criação de deuses. O povo tinha a inclinação de criar história de deus e de mostrar a aparência de cada um dele. Todo o tipo de deuses eles criavam. Uns eram metade homem e metade animais. Muitos com aparecias horríveis. Alguns com imagens bem grotescas até mesmo para falar nesse blog.

pagan god O homem tem esse sentimento de seguir deuses e adorá-los como presentes para que esses deuses venham a lhe dar boa sorte em suas vidas. O fato de conversar com um deus não é suficiente para o homem. Eles querem vê-lo e tocá-lo. Não há dúvida nenhuma sobre esses deuses. Até mesmo em nossas escolas estudamos os deuses gregos e romanos como também de outras culturas.

A fascinação por deuses já existia bem no começo da existência da humanidade. É claro que o único e verdadeiro Deus quando entrou em contato com a humanidade por intermédio dos Israelitas disse em um dos Seus 10 mandamentos, Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás…”, Êxodo 20:4-5. Mais tarde veremos que o nosso único Deus nos esclarece que não há outro Deus igual a Ele. Que não existe outro Deus neste universo.

Esses deuses criados pelo homem, o homem chega a medidas enormes para satisfazê-los. As barbaridades que a humanidade faz para celebrar e adorá-los são incríveis. Isto tudo é história muito bem documentada nos livros encontrados nas bibliotecas e que podem ser facilmente lidos na internet. O jeito de adoração desses deuses varia de deus em deus que o homem criou. O homem cria o deus e o homem explica como esse deus tem que ser adorado por todos. É claro, outras coisas que podemos perguntar é a facilidade que homem tem de aceitar qualquer deus falado de qualquer homem.

A bíblia descreve bastante de um deus chamado Baal. Esse Baal era o deus mais adorado ou mais falado ao redor dos Israelitas. É bem possível que as nações que eram vizinhas de Israel adoravam esse deus e é por isso que ele é bem falado na Bíblia. Note umas das formas grosseiras que os homens faziam para adorar esse deus, Porquanto me deixaram e alienaram este lugar, e nele queimaram incenso a outros deuses, que nunca conheceram, nem eles nem seus pais, nem os reis de Judá; e encheram este lugar de sangue de inocentes. Porque edificaram os altos de Baal, para queimarem seus filhos no fogo em holocaustos a Baal”, Jeremias 19:4-5; 32:35.

Sim, imaginam isso. Esse povo adorava esse deus Baal e que até queimavam seus próprios filhos. Quanta ignorância! Os pais achavam mesmo que queimando seus filhos a esse deus iria lhes trazer boa sorte em suas vidas. Note que tudo não passa de egoísmo dos pais que estavam procurando o bem estar deles e não dos seus filhos.

1. Porque o homem gosta de adorar deuses?

Comentário: O homem gosta de adorar a um ser superior com muito poder onde esse possa ajudá-los em seus problemas diários. A razão de adorar um deus de fertilidade, um deus de caça, etc é porque eles esperam que são aliviados de seus problemas. Daí a razão da tamanha ignorância de até queimar seus próprios filhos para deuses que nunca conversaram com eles. Observe essa ignorância também descrita aqui pelo nosso Deus verdadeiro,E edificaram os altos de Baal, que estão no Vale do Filho de Hinom, para fazerem passar seus filhos e suas filhas pelo fogo a Moloque…”, Jeremias 32:35.

 O povo adora idolatria e são enganados facilmente

 Esses deuses pregados pelo homem nunca existiram. Eles eram simplesmente mentiras pregadas por homens que até ganhavam em pregar ao povo. Os profetas falsos ganhavam quando o povo trazia ofertas aos deuses. Eles usufruíam das ofertas do povo e em troca para que isso continuasse, eles pregavam qualquer deus pagão que fosse para que continuasses a receber ofertas do povo. Na época de Elias, o deus pagão Baal era o mais famoso.Baal

Muitas vezes esses profetas falsos se davam mal. Isso acontecia quando um verdadeiro sacerdote ou profeta do verdadeiro Deus os interrogava ou questionava.

Vemos uma perfeita passagem na Bíblia ilustrando isso. Escrito claramente e em detalhes para nós. Note essa passagem quando finalmente um homem de Deus desafiou os muitos sacerdotes do deus pagão Baal. Achamos esse passagem em 1 Reis. Começamos em 1 Reis 18: 25 onde Jeremias já certamente cheia de agonia com a ignorância do povo daquela época, quis mostra-los que não há outro Deus a não ser o Deus verdadeiro, o Deus que ele adorava…

Elias, o profeta do Deus vivo, desafiou o povo da época que não sabia qual deus eles deveriam seguir, Agora, pois, manda reunir-se a mim todo o Israel no monte Carmelo; como também os quatrocentos e cinqüenta profetas de Baal, e os quatrocentos profetas de Aserá, que comem da mesa de Jezabel. Então Acabe convocou todos os filhos de Israel; e reuniu os profetas no monte Carmelo. Então Elias se chegou a todo o povo, e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o, e se Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu”, 1 Reis 18:19-21.

Mas porque o povo não o respondeu? É claro, ficaram surpresos com tamanha arrogância e ao mesmo tempo sentira a autoridade do desafio de Elias. Simplesmente não veio na cabeça do povo testar os deuses. O que Elias desafio e muito simples, ‘se esse Baal realmente existe, então o segui. Mas, se existe outro deus, então o segui’. A história continua…

Elias quando viu o povo calado, continuou em seu desafio até que o povo aceito, pois fez sentido, Então disse Elias ao povo: Só eu fiquei por profeta do Senhor, e os profetas de Baal são quatrocentos e cinqüenta homens. Dêem-se-nos, pois, dois bezerros, e eles escolham para si um dos bezerros, e o dividam em pedaços, e o ponham sobre a lenha, porém não lhe coloquem fogo, e eu prepararei o outro bezerro, e o porei sobre a lenha, e não lhe colocarei fogo. Então invocai o nome do vosso deus, e eu invocarei o nome do Senhor; e há de ser que o deus que responder por meio de fogo esse será Deus. E todo o povo respondeu, dizendo: É boa esta palavra”, 1 Reis 18:22-24.

A história continua como se esperava. Esses profetas de Baal fizeram o que podiam para receber resposta de um deus feito de madeira e estatua. Sem dúvida, todo o povo estava olhando para esses profetas que eles têm dado tanta oferta por tanto tempo. O povo queria ver esse deus Baal responder aos desafios de Elias. É claro que isso não aconteceu…

           “E tomaram o bezerro que lhes dera, e o prepararam; e invocaram o nome de Baal, desde a manhã até ao meio-dia, dizendo: Ah! Baal, responde-nos! Porém nem havia voz, nem quem respondesse; e saltavam sobre o altar que tinham feito. E sucedeu que ao meio-dia Elias zombava deles e dizia: Clamai em altas vozes, porque ele é um deus; pode ser que esteja falando, ou que tenha alguma coisa que fazer, ou que intente alguma viagem; talvez esteja dormindo, e despertará. E eles clamavam em altas vozes, e se retalhavam com facas e com lancetas, conforme ao seu costume, até derramarem sangue sobre si. E sucedeu que, passado o meio-dia, profetizaram eles, até a hora de se oferecer o sacrifício da tarde; porém não houve voz, nem resposta, nem atenção alguma”, 1 Reis 18:26-29.

A resposta deste desafio foi o que se esperava. Deus orou ao Deus verdadeiro que lhe respondeu. E o povo que tinha sido enganado por tanto anos por estes profetas falsos foram mortos pelo povo que ainda tinha o bom senso de seguir o único e verdadeiro Deus.

Elias preparou o lugar da oferta e fez o povo ver que não será coincidência de povo aparecer por qualquer outra coisa a não ser pelo próprio Deus. E mandou que o lugar fosse alagado enormemente para não haver dúvida de nada.

           “Então Elias disse a todo o povo: Chegai-vos a mim. E todo o povo se chegou a ele; e restaurou o altar do Senhor, que estava quebrado. E Elias tomou doze pedras, conforme ao número das tribos dos filhos de Jacó, ao qual veio a palavra do Senhor, dizendo: Israel será o teu nome. E com aquelas pedras edificou o altar em nome do Senhor; depois fez um rego em redor do altar, segundo a largura de duas medidas de semente. Então armou a lenha, e dividiu o bezerro em pedaços, e o pôs sobre a lenha. E disse: Enchei de água quatro cântaros, e derramai-a sobre o holocausto e sobre a lenha. E disse: Fazei-o segunda vez; e o fizeram segunda vez. Disse ainda: Fazei-o terceira vez; e o fizeram terceira vez; De maneira que a água corria ao redor do altar; e até o rego ele encheu de água”, 1 Reis 18:30-35.

          Elias ora para Deus que lhe responde. E o povo vendo que foram enganados todo esse tempo, mata os falsos profetas, “Sucedeu que, no momento de ser oferecido o sacrifício da tarde, o profeta Elias se aproximou, e disse: Ó Senhor Deus de Abraão, de Isaque e de Israel, manifeste-se hoje que tu és Deus em Israel, e que eu sou teu servo, e que conforme à tua palavra fiz todas estas coisas. Responde-me, Senhor, responde-me, para que este povo conheça que tu és o Senhor Deus, e que tu fizeste voltar o seu coração. Então caiu fogo do Senhor, e consumiu o holocausto, e a lenha, e as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rego. O que vendo todo o povo, caíram sobre os seus rostos, e disseram: Só o Senhor é Deus! Só o Senhor é Deus! E Elias lhes disse: Lançai mão dos profetas de Baal, que nenhum deles escape. E lançaram mão deles; e Elias os fez descer ao ribeiro de Quisom, e ali os matou”, 1 Reis 18:36-40.

1. O que aprender dessa lição?

Comentário: O ser humano tem uma tendência muito forte em inclinar a outra pessoa ou outro ser com poder que tenha o poder de tirar-nos os nossos problemas diários. Passamos a depender e até nos dá uma obrigação de adorar aqueles, deuses ou outro humano, com o poder de nos ajudar. Essa tendência é forte e está profundamente dentro do coração humano.

Não temos um sentido digamos de amar outros deuses ou humanos que possam nos libertar de nossos problemas. A coisa é mais inclinada nos saber que a pessoa ou esse deus nos ajudará. Esta aí um das razões que quando o povo viu que estava sendo engando por esses profetas falsos do Baal, esses profetas que o povo vinha dando ofertas por tanto tempo, e que esses profetas diziam para eles que Baal estava ou iria ajuda-los, quando viram que tudo era falso, os mataram.

O povo não amava Baal, mas simplesmente esperava alguma coisa dele. O ser humano faz muito isso. Damos presentes com a sensação de que receberemos alguma coisa em troca desses presentes. Os presentes não são dados por amor porque se fosse por amor, não queríamos nada em troca. Aqui vimos que isso é comercio mais ou menos como, ‘eu te dou isso, mas em troca eu quero aquilo’. Esse não é a maneira que adoramos ao nosso Deus. E essa não é a maneira que o nosso Deus quer que O adoremos. Estudemos isso mais tarde.

Leave a comment