Deus Revela o Êxodo e a Travessia do Mar Vermelho a Ron Wyatt, parte 3 final

Deus bloqueia Faraó

                 beach5Faraó alcançou o povo de Deus quando eles já estavam acampados na praia. O exército daquela época, a história indica que era aproximadamente 20 mil soldados (Alguns dizem que o número chega até 250 mil soldados o que é bem provável). Faraó trouxe todo o exercito dele atrás dos israelitas, E os egípcios perseguiram-nos, todos os cavalos e carros de Faraó, e os seus cavaleiros e o seu exército, e alcançaram-nos acampados junto ao mar, perto de Pi-Hairote, diante de Baal-Zefom”, Êxodo 14:9.

           O que poderia ser uma batalha bem fácil para Faraó, não aconteceu assim. Deus interferiu e parou Faraó e seu exército e eles não capaz de pegar os Israelitas na praia, E o anjo de Deus, que ia diante do exército de Israel, se retirou, e ia atrás deles; também a coluna de nuvem se retirou de diante deles, e se pôs atrás deles. E ia entre o campo dos egípcios e o campo de Israel; e a nuvem era trevas para aqueles, e para estes clareava a noite; de maneira que em toda a noite não se aproximou um do outro”, Êxodo 14:19,20.

Moisés estendeu a mão pelo mandamento de Deus e um vento soprou naquela noite que dividiu o mar e secou o chão. Isso possibilitou para o povo de Deus escapar cruzando o mar a noite.

 Evidências achadas pelo trabalho de arqueologia de Ron Wyatt

  • Os pilares de SalomãoSolomon column

Na primeira viagem de Ron a essa praia de Nuweiba, ele viu um pilar que não tinha inscrições. Esse  pilar estava deitado com uma boa parte dele na água. Não tinha nada escrito nele por causa da corrosão da água.  Após avisar uns soldados que trabalhavam nessa praia, eles pegaram o pilar e o levantaram, colocando-o um pouco longe da praia. Esse pilar está do lado do Egito nessas coordenadas: 28°58’11.24°N, 34°38’32.69°E.

Pilar do lado da ArabiaColoque essas coordenadas no Google Mapa ou Earth e o verá.

Quando Ron foi do outro lado do Mar Vermelho, também encontrou o mesmo pilar, 29° 1’48.21°N, 34°51’22.64°E, mas dessa vez tinha inscrição como Faraó, Egito, Moisés, morte, água, Yahweh (Deus), Salomão, Etã. Depois de ter falado para o governo da Arábia Saudita, eles pegaram o pilar e colocaram somente um marca em seu lugar.

Os das marcas localizadas colocadas lá por Salomão estão dos dois lados do mar, na praia do Egito e na praia da Arábia… Veja no mapa…

Crossingcomdetalhes cópia

NewCrossing

  • A dimensão da passagem no Mar Vermelho

As dimensões aproximadas dessa passagem:

13 km de comprimento.

1 km de largura.

300 metros de profundidade, em alguns pontos. 

Suave inclinação de 6 graus.

Veja a outra ilustração no mapa abaixo. Tenha em consideração que dos dois lados, há um precipício 1,5 Km.

A passagem atravessando de um lado a outro está bem definida na ilustração abaixo. Olha dos dois lados e vê o buraco de um abismo bem profundo. Deus construiu essa “ponte” para Seu povo passar. Quem sabe quando que Ele construiu isso, talvez até mesmo antes de criar o homem.

  • As ondas gigantescas, terríveis e aterrorizantes

Nos dados especificados acima, podemos calcular que a parede de água chegava a uma altura de 300 metros. Se calcular que cada andar em um prédio tem 2,8 metros, então calculamos que a parede de mar chegou a uma altura de um prédio de 107 andares. Imagina isso. A altura é realmente assustadora. Imagina agora quando as águas foram liberadas. A velocidade que essa parede de água chega a você depois de percorrer a uma distância de 1 km – vindo dos dois lados.

Israelitapassando

 

O exército do Faraó faleceu quando essas ondas fecharam sobre eles. Estavam sego de ódio dos israelitas com certeza por perder o primeiro filho deles.

Quando estavam dentro deste corredor de 13 quilômetros de comprimento, eles acordaram finalmente e perceberam que Deus estava lutando contra eles, E tirou-lhes as rodas dos seus carros, e dificultosamente os governavam. Então disseram os egípcios: Fujamos da face de Israel, porque o Senhor por eles peleja contra os egípcios”, Êxodo 14:25.

  •  Evidências dentro do mar

Nas viagens de Ron, e outros arqueólogos, eles acharam muitas evidências. Em menos de 10 minutos foram achados rodas de carruagens, casco de cavalos assim como outros objetos da roda.

 

Wheel4WheelChariot wheel

 

 

 

 

 

 

 

 Wheel2

 

 

 

 

 O vento que congelou o mar

Muitos como nós pensamos que o vento que separou o mar é com certeza muito forte, então porque as pessoas não foram levadas pelo vendaval. Com certeza o vento os arrancaria e os jogariam quilômetros de distância. Note por exemplo os redemoinhos fortíssimos que derrubam casas destroem bairros inteiros e até outros que arrancam o asfalto do chão. Mas, porque o vento não perturbou o povo. Passaram numa boa de um lado a outro,Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o Senhor fez retirar o mar por um forte vento oriental toda aquela noite; e o mar tornou-se em seco, e as águas foram partidas”, Êxodo 14:21.

Notemos, com certa felicidade, que Deus nos dá a reposta disso nas próprias escrituras sagradas, E com o sopro de tuas narinas amontoaram-se as águas, as correntes pararam como montão; os abismos coalharam-se no coração do mar”, Êxodo 15:8.

A palavra do Hebreu que é a linguagem original do Antigo Testamento da palavra “coalharam-se” é:  קפא. No Léxicon é o número 1087. Uma das definições dessa palavra é água congelada.

Então podemos entender claramente que Deus mandou um vento forte do oriente e esse vento congelou a água criando um muro enorme dos dois lados de água congelada. Aqui está à razão do por que o vento não carregou o povo. Não precisava, pois as muralhas de água dos dois lados estavam congeladas.

 O lado do oriente foi mais congelado

 Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o mar retornou a sua força ao amanhecer, e os egípcios, ao fugirem, foram de encontro a ele, e o Senhor derrubou os egípcios no meio do mar”, Êxodo 14:27.

Vento descongelou

 “Assim o Senhor salvou Israel naquele dia da mão dos egípcios; e Israel viu os egípcios mortos na praia do mar”, Êxodo 14:30.

Sabemos que Deus mandou um vento forte do oriente, do lado da Arábia Saudita. Esse vento tinha de trabalhar mais para começar a dividir a água de cima para baixa. Então houve uma maior concentração de vento no começo da divisão da água do lado oriente.

A água começou a dividir do lado da Arábia Saudita para onde o povo estava indo. A água mais congelada estava do lado da Arábia e a parede de água mais fina estava do lado do Egito, na praia de Nuweiba.

Quando a água começou a voltar ao normal, percebam que a escritura fala que os egípcios deram de cara com à água (foram de encontro a ele”) quando estavam tentando voltar para o lado do Egito. A água os pegou e os carregou até a praia do lado da Arábia e é por isso que os israelitas viram os corpos dos egípcios mortos na sua frente.

A água carregou Faraó e seus soldados 13 km até a praia na Arábia. Podemos ver com certeza que nenhum ser humano conseguiria viver depois que uma muralha de água igual a um edifício de 100 andares ficasse carregando a pessoa por mais digamos 10 km debaixo da água.

Referência:

Este estudo não poderia ser feito sem os esforços e os trabalhos de Ron Wyatt juntamente com a benção do nosso Deus.

WyattMuseu

  1. Leave a comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: