“És um desgraçado, e miserável, e pobre e cego e nu”

O que você acha quando você vier Deus e Ele te olhar e lhe dizer tais coisas. Em Apoc 2: 15-17, Deus explica a atitude de algumas pessoas em relação ao relacionamento deles com Deus, “Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca. Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu”. O resultado desta reunião é certamente desastroso quando Deus fala, “vomitar-te-ei da minha boca”. Mas, por que assim? O que está acontecendo?

Nós muitas vezes sentimos que estamos adorando nosso Deus com muito amor e respeito. Obedecendo A Suas leis e mandamentos e todos os Seus estatutos. Isso nos dá segurança espiritual e muitas vezes não procuramos verificar se estamos fazendo certo todos os Seus ensinamentos na prática. Por exemplo, podemos não trabalhar no Sábado, mas no Sábado viajamos; compramos ou vendemos coisas; passamos horas cozinhando também negligenciamos nas orações – perdendo um tempo precioso com Deus. Então, é muito possível que mesmo depois de seguir tudo aquilo que temos de seguir ainda seremos rejeitado pelo nosso Criador.

“Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei?”, Mat 25:26. Deus tem dado Seus mistérios em níveis diferentes aos cristãos. Deus espera que desenvolvemos nossa chamada – entendimento e conhecimento de Deus. Para algumas pessoas que receberam o privilégio de começar a ter um relacionamento com Deus, as escrituras dizem que só fazer aquilo que é simplesmente sua obrigação como cristão não é agradável a Deus. O cristão tem que crescer na graça de Jesus Cristo e de todo os mistérios de Deus, “Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém”, 2 Pe 3:18.

Não, fazer somente o que é da obrigação de ser um cristão não é o suficiente. Veja mais exemplos, “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade”, Mat 7:21-23.

Devemos ter cuidado em pensar que estamos alegrando nosso Senhor e no final de tudo não estamos. Cristãos pensam que dizer que aceitaram Jesus é ser salvo. Então por causa disso poucos não aceitam responsabilidade pessoal porque, é claro, sentimos que Jesus já fez o trabalho difícil de vencer esse mundo então só precisamos aceitar Ele e tudo estará bem. As escrituras alertam “Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos”, Mat 22:14.

Procuremos nosso Senhor como todo nosso coração, não ficando tranquilo em nossa situação espiritual, mas sempre procurando crescer e praticar as leis e mandamentos de Deus. Devemos procurar evitar de toda maneira que Deus diga isso para nós…

“E por que me chamais, Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu digo?”, Luc 6:46.

  1. Leave a comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: