“Deus ama o pecador mas não o pecado!”

Vocês já ouviram essa frase? Várias igrejas no mundo ensinam isso.

Que Deus odeia o pecado parece que tudo mundo concorda. Mas, e o pecador? Muitos falam que precisamos ter graça e paciência com o pecador. Não estamos falando de um cristão que esta tentando vencer o pecado que tem.

Agora, com esse tipo de pensamento, também devemos comprometer com as leis de Deus por amor que temos com o pecador. Se você pensa dessa forma, não está na Bíblia. Note que Cristo falava abertamente e diretamente aos Seus seguidores e discípulos – muitas vezes eles se sentiam ofendidos com a verdade sendo pregada a eles…

“Clama em alta voz, não te detenhas, levanta a tua voz como a trombeta e anuncia ao meu povo a sua transgressão, e à casa de Jacó os seus pecados”. Isa 58:1.

É bem claro que não devemos tolerar o pecado. Os que fazem isso poderão receber uma correção muito em breve pelo Criador. Alguns podem até dizer, “tenho esse pecado por causa de meus pais”.  Esse tipo de pensamento é muito perigoso, pois você está se justificando. Se você está se justificando, então dificilmente não achará erro com você e conseqüentemente não se arrependerá.

Note que Cristo “ofendeu” a alguns discípulos, pois falava a verdade abertamente e com certeza não se comprometia com o pecado…

“Muitos, pois, dos seus discípulos, ouvindo isto, disseram: Duro é este discurso; quem o pode ouvir? Sabendo, pois, Jesus em si mesmo que os seus discípulos murmuravam disto, disse-lhes: Isto escandaliza-vos? Que seria, pois, se vísseis subir o Filho do homem para onde primeiro estava? O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos disse são espírito e vida. Mas há alguns de vós que não crêem. Porque bem sabia Jesus, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar. E dizia: Por isso eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai não lhe for concedido. Desde então muitos dos seus discípulos tornaram para trás, e já não andavam com ele. Então disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos?” João 6: 60-67.

Sim devemos tratar todos na graça mas não comprometer de forma alguma as leis e mandamentos de Deus. E de forma nenhuma usamos a graça para desculpar nossos pecados e fraquezas. Mas, devemos ir ao nosso Pai em humildade reconhecendo nossos pecados e pedir ao auxílio ou ajuda a vencermos o nossos pecados – lembre-se que todos nós somos pecadores.

  1. Leave a comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: