A Festa das Trombetas

A Ressurreição da Colheita de Outono: A Primeira Colheita da Humanidade! Chamados pelas Trombetas para reunirem com o Criador!

 Aqui estão seis pontos a respeito da Festa de Trombetas que se tornaram evidente com alguns pensamentos.

* Lua Nova em Jerusalém, vista Sexta-Feira dia 10 de Setembro de 2010; começa a Festa das Trombetas.

 

O som da Trombeta (Video)

1)      Deus falou a Moisés que o mês da Páscoa, na Primavera, era para ser o começo do ano em Israel, Ex 12:2, “Este mesmo mês vos será o princípio dos meses; este vos será o primeiro dos meses do ano”. A Festa das Trombetas não é o novo ano como determinou nosso Deus. Somente começando o ano na primavera como comandado por Deus pode uma pessoa entender que a Colheita da Primavera, dos Primeiro-Frutos, é a primeira colheita do ano que acontece na Primavera. Não deve passar desapercebido, entretanto que a Festa de Trombetas fala de ressurreição, que é um tipo de novo começo para aqueles que subirão naquele dia. Mas, mesmo assim, não fala da primeira colheita ou ressurreição, que ocorre, no começo do ano, na Primavera, no mês de ABIB. Em vês disso, fala da ressurreição do Outono ou a colheita maior de vidas.

2)      A Festa de Trombetas começa  no sétimo mês. Sete, dá a idéia de descanso do Sábado e como os meses são maiores que dias, dá a aparência de ser maior. O descanso semanal é um memorial da criação e um tipo de milênio de descanso esperando pelos Primeiros-Frutos. O mês sete, mostra a vitória completa de Deus sobre Satanás e um descanso para A COLHEITA INICIAL, dos malignos colocados por Satanás. Eu gostaria de enfatizar aqui que o mês é o sétimo, mas o dia é o primeiro dia. O primeiro dia fala do começo da criação espiritual, que deve começar na ressurreição, prosseguindo com arrependimento e expiação e terminar com o recolhimento da colheita para dentro da família de Deus – tudo sendo mostrado maravilhosamente pelos festivais do sétimo mês. Finalmente, estando neste novo começo, seguindo em frente para toda a eternidade, em perfeita paz e harmonia entre homens e Deus!

3)      Este festival acontece no Outono e é ajuntado entre os festivais no Outono. Claramente então, não tem nada a ver com a colheita dos Primeiros-Frutos, a primeira inicial, que acontece na Primavera. Este festival também não tem nada a ver com as sete trombetas de Apocalipse que procede imediatamente a colheita dos Primeiros-Frutos ou primeira colheita, ou colheita inicial. Os que dizem que a Festa de Trombetas representa a primeira colheita, ou COLHEITA DOS PRIMEIROS-FRUTOS não te pensado nestes detalhes cuidadosamente. Eles acreditaram diretamente dos comentários e dicionários bíblicos escritos por homens que odeiam os mandamentos de Deus – quebradores de leis – que não podem entender as coisas de Deus por causa de suas rebeliões. A primeira colheita, a colheita inicial, NÃO ACONTECE no Outono! ACONTECE DURANTE A PRIMAVERA!

4)      Trombetas estão comandadas a tocarem durante todo o dia. Um som muito alto e é feito soprando fortemente atravéz da trombeta. Este pensamento somente do ar físico nos lembra de sermos levantados da vida física de todo Israel pelo sopro do ar e vento, Eze 37.

5)      A Trombeta faz um som muito alto. Talvez de alarme ou alegria, mas com certeza atraí muita atenção! Qualquer pessoa dormindo acordaria rapidamente TREMENDO. O som de trombetas mostra claramente Deus acordando seu povo que estão dormindo (mortos). Mas quando? e que povos? Lembre-se que isto é um festival de Outono e nisso representa os festivais de Outono, ou colheita maior. Isto então devem mostrar a ressurreição de ambos Israel, Eze 37 e outros; Apoc 20:12, “E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras” para o julgamento final e a oportunidade de serem reconcilhiados a Deus.

6)      A Festa de Trombetas é chamada “tempo santo”. Santo simplesmente significa, de ou pertencente a Deus. É também chamado de memorial dos sopros das trombetas. O propósito da memória é para nos lembrar de uma coisa. Um maravilhoso e magnífico Deus têm nos dado um lembrete anual de Seu plano incrível para acordar os mortos, para dar esperança aos que não tem. Cada um de nós pode observar o festival ano após ano, alegrando-nos no conhecimento que há UMA ESPERANÇA REAL e GENUÍNA para toda a humanidade.

James David Malm, 2006

  Muitas pessoas têm dito que não há tal coisa no calendário bíblico porque simplesmente eles não conseguem achar a palavra no calendário da Bíblia. Tais pessoas têm esquecido que uma das básicas regras do estudo da Bíblia nas quais procuram os sinônimos e procuram definições. A palavra calendário simplesmente significa  um registro ou uma maneira de dividir entre dias, semanas, meses, e anos.

Se lemos o livro de Gênesis, no primeiro capítulo, achamos que cada dia está definido como uma noite e uma manhã. O primeiro dia acontece entre uma noite e uma manhã. Uma noite e uma noite foi o segundo dia. Uma manhã e uma noite foi o terceiro dia e daí por diante. Isto é definido seis vezes, mostrando que Deus quer que a noite seja o começo de um dia e a manhã, ou dia, o termino do dia, indicando 24 horas.

Então, temos a definição de um dia.

Em termos de uma semana, vamos a Gênesis 2:1, “Assim os céus, a terra e todo o seu exército foram acabados. E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito. E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera. Estas são as origens dos céus e da terra, quando foram criados; no dia em que o SENHOR Deus fez a terra e os céus’.

Para outros calendários; Gen 1:14, “E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos”. Aqui a palavra “tempos” realmente vem da palavra Festivais [Referencia 4150]. Então, vemos que a semana é um ciclo de sete dias, seis dias de trabalho: seis dias de esforços criativos e atividades e no sétimo dia é o dia de descanso das atividades criativas, de nossas tarefas diárias. Até mesmo Deus descansou, então devemos descansar. Chamamos isso de Dia de Sábado. E quando o Sábado termina na noite, uma nova noite de trabalho começa.

O mês é determinado pela noite. Cada noite há uma lua cheia. E quando a lua esta grande e cheia, começa o processo lento de diminuir, ficando cada vez menor num período de duas semanas, ela chega a um ponto onde pode ser mais vista. Não há luz de forma alguma vindo da lua.

Astronomicamente, eles chamam isso de lua nova. Religiosamente, espiritualmente, chamamos isso de um tempo onde não há nenhuma luz (não vemos a lua pois não há luz). E um pouco depois disso, na próxima noite, começamos a ver as primeiras luzes da lua.

A primeira noite de luz é uma luz nova no céu porque não havia luz antes no céu – na noite anterior. Sendo uma luz nova e sendo a luz da lua, chamamos isso de lua nova. E isto para nós é o começo do mês. Neste ponto, a lua começa a crescer e ficando cada vez maior até chegar a ponto de ter uma luz total – lua cheia. Depois começa o processo onde a lua começa a diminuir até desaparecer. Quando ela começar a iluminar novamente, lua nova, começa outro mês. Assim, esse processo determina os meses para nós. Toda lua nova no céu é o começo de um mês.

Deus fez essas coisas assim para que as pessoas não precisam entender de calendários complicados e não precisavam confiar em matemáticos ou astrólogos ou padres. Eles podem simplesmente olhar para o céu e saber quando um dia termina quando o sol desaparece. Muitas pessoas podiam contar até seis e saber que o sétimo dia era o Sábado. E eles poderiam novamente olhar para o céu e ver a lua nova e ficar sabendo que o mês estava começando.

Deus fez estas coisas claras e básicas e óbvias para qualquer pessoa que quisessem ou ter tempo para observar esses períodos. Qualquer um podia ver quando um mês começava, os dias e as semanas.

Quando Israel foi libertada do Egito por Deus e levada para fora do Egito, Deus deu a eles uma série de Dias Santos e ocasiões especiais. A primeira ocasião especial é a Páscoa, depois os Dias Santos dos Pães Asmos, uma segunda ocasião especial chamada Oferta de Movimento ou Oferta Movida e finalmente os Dias Santos de Pentecostes ou Festa dos Primeiros-Frutos; a primeira colheita, ou colheita inicial, ou Colheita da Primavera, do ano na Palestina.

Depois disso, não há Dias Santos durante o verão até o Outono. E no primeiro dia do sétimo mês começa a Festa de Trombetas. Poderemos achar uma lista desses Dias Santos em Levítico 23.

E achamos em Levítico 23:23; e o Eterno falou a Moisés, dizendo, “E falou o SENHOR a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel, dizendo: No mês sétimo, ao primeiro do mês, tereis descanso, memorial com sonido de trombetas, santa convocação. Nenhum trabalho servil fareis, mas oferecereis oferta queimada ao SENHOR.”

Agora, a palavra ‘servil’ significa trabalho de qualquer coisa, qualquer tipo de trabalho, não interessa qual. Você não deve trabalhar de forma alguma com exceção nos trabalhos que Deus tem comandado. E isto tem tudo a ver com certas ofertas de sacrifícios e soando as trombetas. Isto é o Festival de tocar a trombeta.

Na Bíblia, há dois tipos de trombetas que agora descreveremos. Vemos em Números 10 que Deus falou ao povo. Ele disse a Moisés, que falasse ao povo, emNúmeros 10:1, “Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo: Faze-te duas trombetas de prata; de obra batida as farás, e elas te servirão para a convocação da congregação, e para a partida dos arraiais. E, quando as tocarem, então toda a congregação se reunirá a ti à porta da tenda da congregação”. Quando as trombetas tocaram, era para chamar o povo para juntarem-se no porta do tabernáculos.

 No versículo 4, “Mas, quando tocar uma só, então a ti se congregarão os príncipes, os cabeças dos milhares de Israel. Quando, retinindo, as tocardes, então partirão os arraiais que estão acampados do lado do oriente. Mas, quando a segunda vez retinindo, as tocardes, então partirão os arraiais que estão acampados do lado do sul; retinindo, as tocarão para as suas partidas”.  Então as trombetas também eram tocadas para juntar o povo, ou congregação para mover de um lugar ao outro; para continuarem a jornada deles.

No versículo 7, “Porém, ajuntando a congregação, as tocareis; mas sem retinir”. O alarme era um tipo de trombeta que era para ser tocada pelos filhos de Aarão, o sacerdote. Isto era comandado a ser feito somente pelos filhos de Aarão, somente.

 “E os filhos de Arão, sacerdotes, tocarão as trombetas; e a vós serão por estatuto perpétuo nas vossas gerações E, quando na vossa terra sairdes a pelejar contra o inimigo, que vos oprime, também tocareis as trombetas retinindo, e perante o SENHOR vosso Deus haverá lembrança de vós, e sereis salvos de vossos inimigos”.

No versículo 10, “Semelhantemente, no dia da vossa alegria e nas vossas solenidades, e nos princípios de vossos meses, também tocareis as trombetas sobre os vossos holocaustos, sobre os vossos sacrifícios pacíficos, e vos serão por memorial perante vosso Deus: Eu sou o SENHOR vosso Deus”.

Então essas trombetas eram para ser tocadas nas ofertas de holocaustos e pacífico e para levá-los perante Deus para que Deus os reconheça e lembre deles. Estas trombetas eram muito especiais e tinha um significado especial para Deus. Eles eram para ter a atenção do povo; a chamá-los para juntar-se perante Deus e de um jeito que traziam os povos para perto de Deus para amizade e comunicação com Deus.

Estas trombetas de prata são uns instrumentos muito especiais. E elas são uma ilustração dos dois profetas que virão. Eles mudaram os povos para unirem a Deus. Eles ajuntaram o povo perante o Deus Eterno. Falando espiritualmente, eles irão estabelecer um povo em um relacionamento próprio com Deus. Eles irão trazer um povo ao arrependimento atravéz de seus testemunhos. O propósito deles é ser testemunha que o Eterno é Deus; que o Eterno é todo-poderoso; que Ele é Deus realmente e que os falsos profetas e o profeta falso final não são Deus e não são justos.

Eles serão testemunhas que o Eterno Deus é  Deus e seus trabalhos será de virar os corações dos povos a seu Deus celestial para que Seu coração seja direcionado a Seu povo, que tem se arrependido e se ornado obediente a Ele. E isto é o que o tocar das trombetas de prata se referiam: trazer um povo para se ajuntarem perante Deus, para virá-los a Deus e virar o coração de Deus para eles; para juntarem Deus e o povo.

Então o trabalho dos dois profetas é trazer o povo, especialmente daqueles que serão convertidos, que tem o Espírito de Deus, para levá-los ao arrependimento, para tirá-los da idolatria e adoração de homens e seus relaxamentos e acordá-los, arrumá-los, e levá-los a Deus, trazendo eles e Deus juntos.

Como tem falado em Malaquias 4:6, “E ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha, e fira a terra com maldição”. Aqui há um problema de tradução. A palavra “pais” de ser usada no singular. A intenção de Deus era que Elias deva vir e virar o povo para seu Pai no céu, para o Deus todo-poderoso. E fazendo isso, o coração de Deus virará para o povo.

Isto é o que irá parar a terra de uma destruição. Se Elias não vir e as duas testemunhas falharem em virar os corações dos homens a Deus então o coração de Deu não virará ao povo, então a terra será atacada com destruição, com praga.

Além das trombetas de prata, há um outro tipo de trombeta. Esta Trombeta é feita de um chifre de um cabrito. E este tem um som muito particular, um som muito e extremamente alto. Ele pode, dependendo da força do sopro fazer sons diferentes, mas, contudo bastante alto. Esta era a trombeta usada em tempos antigos antes da invenção de trombetas metálicas.

Ele era suado para alertar o povo e chamar os povos também. Era usado freqüentemente para chamar os povos para uma festa, ou ocasião de alegria muito especial. Achamos esse exemplo em Salmos de Davi, Salmos 81:2, “Tomai um salmo, e trazei junto o tamborim, a harpa suave e o saltério. Tocai a trombeta na lua nova, no tempo apontado da nossa solenidade. Porque isto era um estatuto para Israel, e uma lei do Deus de Jacó. Ordenou-o em José por testemunho, quando saíra pela terra do Egito, onde ouvi uma língua que não entendia”. Deus ordenou ou comandou todos os Festivais quando Israel saiu do Egito; estes Salmos é a respeito de quem e o que Deus tem comandado e não é a respeito do tipo de Dia Santo que foi observado no Egito.

Naquele tempo que Deus tirou Israel do Egito, Ele ordenou que a trombeta fosse tocada na lua nova para uma reunião solene. E a única reunião solene da lua nova é a Festa de Trombetas. A Trombeta é para ser tocada na Festa de Trombetas e é um som muito especial, um som de grande alegria e dando gloria a Deus. É um som de louvor e alegria perante Deus.

Em Salmos 150, Davi escreveu, “Louvai ao SENHOR. Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento do seu poder. Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza. Louvai-o com o som de trombeta; louvai-o com o saltério e a harpa. Louvai-o com o tamborim e a dança, louvai-o com instrumentos de cordas e com órgãos. Louvai-o com os címbalos sonoros; louvai-o com címbalos altissonantes. Tudo quanto tem fôlego louve ao SENHOR. Louvai ao SENHOR”.

A trombeta junto com outros instrumentos eram instrumentos de louvor para Deus e alegria perante Deus. Era um indicativo de gratitude com Deus pelas muitas bênçãos que Deus tem dado ao povo. Um dia muito especial de alegria é a Festa de Trombetas. A trombeta é também um instrumento de alerta. Veja Ezequiel 33, “E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, fala aos filhos do teu povo, e dize-lhes: Quando eu fizer vir à espada sobre a terra, e o povo da terra tomar um homem dos seus termos, e o constituir por seu atalaia; E, vendo ele que a espada vem sobre a terra, tocar a trombeta e avisar o povo; Se aquele que ouvir o som da trombeta, não se der por avisado, e vier a espada, e o alcançar, o seu sangue será sobre a sua cabeça”.

Versículo 5, “Ele ouviu o som da trombeta, e não se deu por avisado, o seu sangue será sobre ele; mas o que se dá por avisado salvará a sua vida. Mas, se quando o atalaia vir que vem a espada, e não tocar a trombeta, e não for avisado o povo, e a espada vier, e levar uma vida dentre eles, este tal foi levado na sua iniqüidade, porém o seu sangue requererei da mão do atalaia”.  Porque ele não fez o som da trombeta, ele não deu o alarme.

Então, a trombeta além de ser um instrumento de grande alegria e louvor a Deus é também um instrumento de alerta. Então podemos ver que essas duas trombetas foram usadas para chamar o povo para vir perante Deus – para chegar perto de Deus e desenvolver um relacionamento entre Deus e o povo. As trombetas eram para serem tocadas em circunstância de grande alegria trazendo o povo a Deus – um tipo de memorial entre esse relacionamento.

As trombetas também eram usadas para alertar o povo de perigos, no qual no caso espiritual seria o chamado ao arrependimento.

Agora, há muitos que tem ensinado no passado que a Festa de Trombetas representa a ressurreição dos Primeiros-Frutos. Eles falam isso baseado em livros como o Dicionário Bíblico de Unger. Você pode ir lá e ver por você mesmo os artigos dos festivais e você verá que os ensinamentos da igreja de Deus foram copiados na sua grande maioria destes tipos de comentários. Sabemos que a Festa de Trombetas não mostram a ressurreição dos Primeiros-Frutos.

 Sabemos disso porque os Primeiros-Frutos são da Colheita da Primavera, a colheita inicial. Então, a ceifa e a colheita devem ser feitas na Primavera. Se há ceifa, colheita e ressurreição no Outono, então eles não são da colheita da Primavera. Eles são da colheita do Outono. A ceifa do Outono acontece no Outono e a ceifa da Primavera acontece na Primavera. Que pode ser mais básico que isso? A ceifa da Primavera acontece na Primavera e a ceifa do Outono acontece no Outono. Isto é absolutamente básico.

Como poderiam eles que escreveram o livro entender isso se eles não a observaram? Mesmo assim muitos de nossos irmãos lêem isso e falam da seguinte maneira, “Ah!, se esse cara escreveu isso ele deve ser um cara especial”.  Não, eles estão errados porque eles não observam os mandamentos de Deus. Eles não entendem as coisas de Deus. A mente carnal é inimiga de Deus. E não esta sujeita a Deus. Ela rejeita as coisas de Deus. Entretanto, ela não consegue entender porque vem através da liderança do espírito de Deus no qual é dado somente para aqueles que observam seus mandamentos. Estas pessoas não sabem o que eles estão falando.

 A colheita da Primavera acontece na Primavera. A colheita dos Primeiros-Frutos acontece na Primavera. O começo da colheita dos Primeiros-Frutos foi Jesus Cristo. E isso começou na Primavera e a colheita dos Primeiros-Frutos terminará na Primavera.

A Festa de Trombetas acontece no Outono. Ela não tem nada a ver com a colheita da Primavera. Ela tem tudo a ver com a colheita maior ou Colheita de Outono. Essa está chamando os povos da colheita do Outono para o arrependimento. Aqui está o tocar da trombeta e as trombetas de prata. Está chamando os povos para terem um relacionamento com Deus. Está chamando eles para parar de fazer tudo que é maligno e acolher o Deus Eterno como seu Deus, e está chamando os mortos para acordarem. Sim, absolutamente.

O tocar de uma trombeta chama a atenção. E é a chamada para a ressurreição da vida para todos aqueles que tem vivido acontecendo na colheita maior. Irá chamar para a vida e chamar para um relacionamento com Deus. É um tempo de grande alegria e louvor e dar gloria a Deus pelo que Ele tem feito neste milagre incrível de trazer as pessoas de volta a vida e dando a eles uma oportunidade de ter um relacionamento com Ele. Que Deus maravilhoso. Que grande milagre.

Muitos de nós encontraremos com nossos ancestrais que nunca conhecemos. Encontraremos com amigos, parentes, irmãos, crianças, e até inimigos da gente. Todos se alegrarão. Alegraremos com aqueles que amamos e que rejeitaram a Deus. Alegraremos porque eles passaram a viver novamente, dando uma chance, dando uma oportunidade, e sendo chamados a ter um relacionamento com Deus.

Os Primeiros-Frutos, indivíduos chamados pela história para terem um relacionamento com Deus, desde Abel até agora. E pessoas de Elias e Moises e Noé e Abraão atravéz dos séculos tem sido chamado para um relacionamento com Deus como Primeiros-Frutos. Eles são representados pela Colheita da Primavera.

Na Festa de Trombetas, um corpo maior de pessoas que nunca foram chamados, que ainda não foram chamados para terem um relacionamento com Deus serão acordados, serão ressuscitados, num soar das Trombetas que serão tocadas todo a Festa de Trombetas.

Quantos de vocês tem ido a serviços na igreja na Festa de Trombetas ano após ano, talvez por décadas e nunca ouviram o tocar de uma trombeta? Como você pode imaginar, outros instrumentos serão também tocados neste dia onde haverá uma tremenda alegria porque os mortos serão ressuscitados – eles nunca tiveram um chance ou oportunidade de viver no caminho de Deus.

A Festa de Trombetas é o começo da esperança para todo o ser humano porque até este momento, a esperança de toda a humanidade, de todos os mortos não existiam. Como está escrito em Ezequiel no Valei dos Ossos Secos, nossa esperança está perdida, não somos nada mais que ossos secos e poeira. Todavia, o Deus Todo-Poderoso tocará as trombetas e os ossos e a carne se ajuntará e eles reunirão perante Deus e Ele será Seu Deus.

Todos eles se arrependerão e se tornarão os Seus povos, todo o ser humano talvez com exceção de uma pequena minoria que ficarão em total rebeldia e sem arrependimento. E até mesmo assim, eles terão uma oportunidade de serem salvos. Que tremendo milagre. Que tremenda alegria.

A Festa dos Primeiros-Frutos e a colheita dos Primeiros-Frutos acontecem na Primavera e isso é somente a primeira etapa do plano magnífico e tremendo de Deus. Deus não quer que ninguém se perca: nenhum sequer. Nem mesmo os que são chamados de monstros desse mundo. Eles terão a sua oportunidade. Eles serão chamados para acordar, para levantar e eles serão chamados para reunirem com Deus, se eles se arrependerem e procurá-Lo com todos o seu coração.

O véu será levantado. O pano de cegueira que estão sobre os olhos deles será removido. Os enganos de satanás serão removidos. Eles terão a oportunidade de ver claramente talvez pela primeira vez seu Deus e virar para Ele com todo o coração. Não é isso maravilhoso? Mas, isto é a colheita da Primavera e isso é somente a primeira etapa, a primeira etapa na ceifa da colheita maior que acontecerá no Outono. A colheita maior será colhida. A colheita começa com a chamada para a vida e a chamada das Trombetas para reunirem-se perante Deus.

Este Festival tem tudo a ver com a ressurreição da maior colheita de vidas. O próximo festival é o Dia de Expiação que mostra jejum e arrependimento e remoção do pecado. E a Festa de Tabernáculos mostra a assembléia de todos os povos e de todas as nações para a família de Deus.

Há muito mais que falar do que escrito neste artigo. Os Festivais são muito mais do que um sentimento egoísta para dominar as pessoas e alcançar revanche nos outros que tem feito injustiça a nós. Não, é justamente o contrário. É a respeito de amar outro. É a respeito de ensinar e encorajar e liderar eles pela mão no rumo a família de Deus. É a respeito de salvar nossos amigos, família, e ancestrais, e nossos filhos.

A tempo dos festivais de Outono são maravilhosos. Alegremos no Festival de Trombetas e através dos Festivais de Outono de Tabernáculos e o Último Grande Dia, entendendo o que realmente significa. Entendamos que Deus quer salvar a humanidade e ceifar a colheita desta terra, trazendo pessoas para o Seu Reino e salvando todos. Mas devemos entender que quando isso é feito, haverá paz e harmonia. A vida será do jeito que Deus quer que seja. Não haverá mais guerra, sofrimento, violência e roubo. Não haverá mais adultério e nenhum tipo de malignos.

Haverá paz e harmonia daqui por diante e por toda a eternidade haverá amor e alegria.

E isto é a razão porque as pessoas estão sendo chamadas: nesse momento são os Primeiros-Frutos, eles irão ajudar os outros, para levá-los para a família de Deus. Os Primeiros-Frutos estão sendo chamados de obreiros, para ajudar a trazer a colheita maior. Eles não estão sendo chamados para dominar ou abusar ou regular com rigor e autoridade. Eles serão chamados para liderar, para destruir o pecado o que é necessário e liderar o povo a paz e harmonia, alegria e felicidade, para toda a eternidade de amor, relacionamento pacifico um com o outro e com Deus. Que coisa maravilhosa!

 A Festa de Trombetas é a respeito da colheita maior. É a respeito de chamar a colheita maior para a Vida e chamá-los para juntarem-se perante seu Criador para que eles possam ser levados ao arrependimento e libertado do caminho da morte.

 O entendimento próprio dos Festivais de Deus são absolutamente essencial para o entendimento o Plano de Deus e os eventos diretamente acontecendo perante todos nós. Daniel foi falado que as palavras das profecias estavam seladas, até o final dos tempos, Dan 12:4, “E tu, Daniel, encerra estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e o conhecimento se multiplicará” e Dan 12:9, “E ele disse: Vai, Daniel, porque estas palavras estão fechadas e seladas até ao tempo do fim”. Também a ele foi dito que no final dos tempos; somente o sábio entenderá e que nenhum dos fracos entenderam, Dan 12;10, “Muitos serão purificados, e embranquecidos, e provados; mas os ímpios procederão impiamente, e nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão”. O Ímpio são aqueles que rejeitam obedecer aos mandamentos de Deus, enquanto o sábio entende que a sabedoria começa com o respeito ao Eterno e obedecê-Lo, Prov 1:7.

 Estas coisas foram SELADAS até o final dos tempos. Ninguém podia entender essas coisas a 40 ou 50 anos atrás. Mesmo assim, alguns homens declararam que a Bíblia deve ser entendida como foi explicada por Herbert Armstrong [um ministro], décadas atrás. Estes homens NÃO são sábios, porque eles têm colocado um homem entre eles mesmo e a Palavra de Deus; um homem que não podia ter entendido estas coisas que o Deus Todo-Poderoso tinha SELADO. Colocar qualquer homem entre o Deus Todo-Poderoso e nós é pecado de IDOLATRIA! Homens que procuram ser leal aos ensinamentos do um outro homem [Herbert Armstrong] e não colocar a Palavra de Deus primeiro, eles estão entre os ímpios e precisam se ARREPENDER; ou eles serão corrigidos. Eles não vão entender essas coisas e, todavia cairão vítimas da correção do Grande Deus.

 Agora, Herbert Armstrong não foi pessoalmente inspirado com explicações dos Dias Santos que ele aceitou. Livros como o Dicionário Bíblico de Unger, mostra muito das mesmas explicações e assim fez por décadas antes de Herbert Armstrong aparecer na cena. Então, vemos que estas explicações são até mais velhas que ele. Por causa disso e por causa do tempo desses ensinamentos, eles não podem ser corretos.

 Em anos passados, o significado destes Festivais de Deus era obscuro e não podiam ser entendidos, porque muitas escrituras proféticas foram seladas até o final dos tempos. Homens ainda  procuram entender essas coisas.  Quando eles lêem em Apocalipse da trombeta e vê que a ressurreição do Primeiros-Frutos ocorreriam na última trombeta, 1 Cor 15:52; eles assumem rapidamente que isto está se referindo a Festa de Trombetas. Isto era uma conclusão natural, exceto que ela contradiz o entendimento  que os Festivais de Outono referem a COLHEITA MAIOR e NÃO a COLHEITA da PRIMAVERA. E está conclusão não olha o fato que a COLHEITA MAIOR também precisam ser ressuscitados, Apoc 20:11-13.

 SIM, a Festa de Trombetas refere-se a ressurreição. Não, a Festa de Trombetas não refere-se a Colheita dos Primeiros-Frutos da Primavera. Não pode ser – A Festa de Trombetas acontece no Outono. A Festa de Trombetas mostra a ressurreição do Outono ou COLHEITA MAIOR. A Festa de Trombetas é a respeito da terceira ressurreição! (a primeira sendo a ressurreição de Jesus Cristo e a segunda sendo a ressurreição dos Primeiros-Frutos).

  1. #1 by Francisco on November 15, 2014 - 2:48 pm

    Quero que assista ao video do link abaixo e comente, pois faz muito sentido.

  2. #2 by carvaj1 on November 22, 2014 - 6:13 am

    Franscisco,

    Saudações!

    Temos visto o vídeo e apesar do author estar sabendo o final dos Tempos esta bem perto, o que também concordamos, não acreditamos nas escrituras que ele usou para mostrar as profecias. Aliás, muitas são até contraditórias ao nossos ensinos.

    Bons estudos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: