Archive for category Salvação

Um pastor poderoso de Deus

Mensagem

Dentre tantos pastores ou ministros que tem passado por essa terra, raramente você encontra um que teve tanta repercussão no mundo como o pastor Billy Graham.

O sr. Graham foi usado por Deus para transmitir a mensagem de Seu filho Jesus Cristo ao mundo. A mensagem é bem claro, ninguém consegue ver o Pai e ter a vida eterna sem antes nascer de novo. Ou seja, receber o nosso Senhor Jesus, ou melhor o sangue de Jesus, para a remissão de nossos pecados e aceitar Jesus como o centro de todas as coisas em nossas vidas. Tudo, mais tudo, é por Jesus; através de Jesus; e com Jesus.

Milhões de pessoas foram convertidas – mudaram as  vidas deles para se tornarem seguidores de Jesus.

Receba Jesus em suas vidas. Não com palavras somente mas de todo o coração e alma. Peça Ele para viver dentro de você. Arrependasse de seus pecados e Ele certamente lhe perdoará. Mude sua vida e viva igual a Jesus que odeia o ódio.

Vídeo

 

Leave a comment

Sua salvação é individual

Você já percebeu que todos nós temos uma tendência muito forte de colocar outros homens entre nós e Deus. Colocamos amigos, ministros ou pastores numa posição tão elevada que são deles que procuramos respostas das escrituras.  Isso é idolatria.

A salvação nossa é individual. Não vai ser a idéia de alguma pessoa, seja ela quem for, que vai te livrar do julgamento com Deus, “…assim também operai a vossa salvação com temor e tremor”, Fil 2:12.

Seremos julgados perante Deus pelas Suas Palavras na Bíblia. Todas as instruções, leis ou mandamentos podemos encontrar na Bíblia. Da maneira que devemos comportar, falar e agir está tudo registrado na Bíblia. Serão as nossas obras, boas ou ruins, que serão pesadas nas escrituras, “E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras”, Apoc 20:12. “A ti também, Senhor, pertence a misericórdia; pois retribuirás a cada um segundo a sua obra”, Sal 62:12. Sim, nós receberemos nosso galardão baseado nas escrituras e nas boas obras, “… não o considerará aquele que pondera os corações? Não o saberá aquele que atenta para a tua alma? Não dará ele ao homem conforme a sua obra?”, Pro 24:12.

Seja você rico ou pobre, todos nós seremos julgados da mesma forma porque Deus não faz diferença de pessoa, “Porque, para com Deus, não há acepção [favoritismo] de pessoas”, Rom 2:11.

Dos ministros e pastores, Deus comanda que eles ensinem as leis. Eles devem ensinar as leis e mandamentos e os mistérios de Deus, “Então disseram: Vinde, e maquinemos projetos contra Jeremias; porque não perecerá a lei do sacerdote, nem o conselho do sábio, nem a palavra do profeta; vinde e firamo-lo com a língua, e não atendamos a nenhuma das suas palavras”, Jer 18:18. Eles não tem que lhe dizer o que tem que fazer e como agir, mas certamente os conselhos deles devemos ouvir – se estiverem de acordo com a Bíblia.

Aqueles que falam que estão andando de acordo com as escrituras e que amam Jesus e todo mundo, eles tem que tomar cuidado e verificar as suas atitudes para ver se está de acordo com as escrituras sagradas. Porque certamente há muitos que não são de Deus, “Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores”, Mat 7:15.

Nos lábios dos ministros ou pastores tem que haver conhecimento do Senhor, “Porque os lábios do sacerdote devem guardar o conhecimento, e da sua boca devem os homens buscar a lei porque ele é o mensageiro do SENHOR dos Exércitos”, Mal 2:7.

Trabalhe em sua salvação. Verifique que as suas ações estão de acordo com as escrituras e que são agradáveis ao Senhor. Estude a Bíblia e peça sabedoria e entendimento a Deus. Sim, procure opiniões de pessoas e analise sua situação porque “…mas na multidão de conselhos há segurança”, Prov 11:14.

1 Comment

“És um desgraçado, e miserável, e pobre e cego e nu”

O que você acha quando você vier Deus e Ele te olhar e lhe dizer tais coisas. Em Apoc 2: 15-17, Deus explica a atitude de algumas pessoas em relação ao relacionamento deles com Deus, “Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca. Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu”. O resultado desta reunião é certamente desastroso quando Deus fala, “vomitar-te-ei da minha boca”. Mas, por que assim? O que está acontecendo?

Nós muitas vezes sentimos que estamos adorando nosso Deus com muito amor e respeito. Obedecendo A Suas leis e mandamentos e todos os Seus estatutos. Isso nos dá segurança espiritual e muitas vezes não procuramos verificar se estamos fazendo certo todos os Seus ensinamentos na prática. Por exemplo, podemos não trabalhar no Sábado, mas no Sábado viajamos; compramos ou vendemos coisas; passamos horas cozinhando também negligenciamos nas orações – perdendo um tempo precioso com Deus. Então, é muito possível que mesmo depois de seguir tudo aquilo que temos de seguir ainda seremos rejeitado pelo nosso Criador.

“Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei?”, Mat 25:26. Deus tem dado Seus mistérios em níveis diferentes aos cristãos. Deus espera que desenvolvemos nossa chamada – entendimento e conhecimento de Deus. Para algumas pessoas que receberam o privilégio de começar a ter um relacionamento com Deus, as escrituras dizem que só fazer aquilo que é simplesmente sua obrigação como cristão não é agradável a Deus. O cristão tem que crescer na graça de Jesus Cristo e de todo os mistérios de Deus, “Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém”, 2 Pe 3:18.

Não, fazer somente o que é da obrigação de ser um cristão não é o suficiente. Veja mais exemplos, “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade”, Mat 7:21-23.

Devemos ter cuidado em pensar que estamos alegrando nosso Senhor e no final de tudo não estamos. Cristãos pensam que dizer que aceitaram Jesus é ser salvo. Então por causa disso poucos não aceitam responsabilidade pessoal porque, é claro, sentimos que Jesus já fez o trabalho difícil de vencer esse mundo então só precisamos aceitar Ele e tudo estará bem. As escrituras alertam “Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos”, Mat 22:14.

Procuremos nosso Senhor como todo nosso coração, não ficando tranquilo em nossa situação espiritual, mas sempre procurando crescer e praticar as leis e mandamentos de Deus. Devemos procurar evitar de toda maneira que Deus diga isso para nós…

“E por que me chamais, Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu digo?”, Luc 6:46.

6 Comments