Arquivo para categoria Festa dos Pães Asmos

Segundo Sábado depois da Oferta de Movimento

Mensagem

Hoje, dia 21 de Abril, é o segundo Sábado depois da Oferta de Movimento – lembra que no dia seguinte após o Sábado da Festa dos Pães Asmos, a Oferta de Movimento é celebrada.

“Depois para vós contareis desde o dia seguinte ao sábado [Domingo], desde o dia em que trouxerdes o molho da oferta movida [Oferta de Movimento]; sete semanas inteiras serão [49 dias].
Até ao dia seguinte [Domingo] ao sétimo sábado, contareis cinqüenta dias; então oferecereis nova oferta de alimentos ao Senhor [neste dia 50, celebraremos o Festa de Pentecoste]“, Levítico 23:15,16.

Lembra também que foi nesse dia que Maria tentou tocar em Jesus e Ele disse para não tocá-lo pois Ele ainda não tinha sido levado ao Pai. “E, no fim do sábado, quando já despontava o primeiro dia [Domingo] da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro”,Mateus 28:1.

“Disse-lhe Jesus: Não me detenhas [toca em mim], porque ainda não subi [foi levado ou movimentado] para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus”, João 20:17

É nesse dia que Jesus leva os Primeiros-Frutos com Ele para apresenta-los ao Pai. E nessa cerimonia temos o que a Bíblia descreve como o Bodas (casamento) do Cordeiro: Jesus e os Primeiros Frutos que representa Jesus e a Sua igreja. Fascinante, não? os mistérios de Deus. Realmente, quem sabe disso?

Então contamos 7 sábados ou seja 49 dias. No sábado sétimo, no dia 49, adicionamos um dia e daí temos 50 dias.

No dia 50 será a Festa de Pentecostes – um mandamento de Deus que devemos celebrar.

 

 

Deixe um comentário

Festas dos Pães Asmos e Oferta de Movimento, 2018

Mensagem

Que maravilha gente. Estamos na Festa dos Pães Asmos que também caiu no mesmo dia da Oferta de Movimento. Foi neste dia da Oferta de Movimento que Jesus subiu ao Pai como sendo o primeiro dos primeiros frutos a serem ressuscitados.

Que ótimo o que Deus tem nos mostrado – as Suas festas como também os significados delas. Considere um privilégio observá-las.

Por favor, estude com mais detalhes essas Festas e os materiais disponíveis no site, como também em nosso canal no YouTube.

Que a paz de Deus esteja com todos vocês.

Deixe um comentário

11-2-2017 – Messias Não Somente Morreu mas Preencheu Todos os Detalhes da Páscoa e Pães Asmos

Mensagem de Sábado

Introdução para o vídeo

passovercordeiro

Yeshua, Jesus, não somente veio aqui e morreu pelos nossos pecados. Ele estava preocupado em preencher a cada detalhe que acontece antes da Páscoa, na Páscoa, e depois e durante na Festa de Pães Asmos. Cada detalhe da semana da Páscoa que foi criada pelo rei Davi, foi cumprida. Então na medida que as coisas iam acontecendo no Templo e com o Sumo Sacerdote, Jesus estava preenchendo, do mesmo jeito, do outro lado. Nada ficou sem ser preenchido. Todas as palavras praticadas e todas as ações feitas pelo povo ensaiando, o que eles vem ensaiando por milhares de anos antes de Jesus, foram cumpridas por Ele. Nada faltou. Nem uma vírgula e nem um til. Tudo foi preenchido.

Vídeo

passoverritual

Sugestão para leitura (nesse site):

PÁSCOA:

Materiais para estudo: Está é a Páscoa do Senhor, Êxodo 12:48

Extra: Páscoa

FESTAS DOS PÃES ASMOS:

Materiais para estudo: Guardai pois a Festa dos Pães Asmos, Êxodo 12:17

Extra: Pães Asmos

Extra: Oferta de Movimento

Extra: O Casamento do Cordeiro com a Igreja

Deixe um comentário

O Sétimo Sábado depois da Oferta de Movimento, Lev 23:15

Hoje é o sétimo sábado, ou 49 dias, depois da Oferta Movida. Amanhã, no domingo, serão cinquenta dias depois esta Oferta. Amanhã, celebraremos uma outra festa do Senhor, a Festa de Pentecoste, ou Shavot.

Mas, quando devemos começar a contar o Sábado?

As escrituras falam bem claro quando devemos começar a contar. Devemos começar a contar 7 sábados após o domingo da Oferta Movida que acontece na Festa dos Pães Asmos. Observe…

“E aos quinze dias deste mês é a festa dos pães ázimos [Festa dos Pães Asmos] do Senhor… e fizerdes a sua colheita, então trareis um molho das primícias da vossa sega ao sacerdote; E ele moverá o molho [Oferta Movida] perante o Senhor… no dia seguinte ao sábado [ou seja, no Domingo] “, Levítico 23:6-12

depois desse domingo, começamos a contar os sábados…

“Depois para vós contareis desde o dia seguinte ao sábado [no domingo], desde o dia em que trouxerdes o molho da oferta movida; sete semanas inteiras serão”, Levítico 23:15.

“Até ao dia seguinte ao sétimo sábado, contareis cinqüenta dias; então oferecereis nova oferta de alimentos ao Senhor”, Levítico 23:16.

Amanhã vai ser 50 dias depois da Oferta Movida. Amanhã será um dia santo: A Festa de Pentecoste ou, em Hebreu, Shavot.

Deixe um comentário

“Depois… contareis desde o dia seguinte ao sábado… sete semanas…”, Levítico 23:15

No domingo da Festa de Pães Asmos, ou seja, no dia da Oferta de Movimento, Deus nos ordenou a contar contar sete Sábados, ou seja cinquenta dias. A razão para isso é que outra Festa santa será BarleyHarvestobservada. Esta é a Festa de Pentecostes. Em Levítico 23 onde Deus dá os mandamentos de Suas Festas, e nos ensina que depois da Oferta de Movimento devemos contar sete Sábados. Observe o mandamento…

“E não comereis pão, nem trigo tostado, nem espigas verdes, até aquele mesmo dia em que trouxerdes a oferta [Oferta de Movida] do vosso Deus; estatuto perpétuo é por vossas gerações, em todas as vossas habitações. Depois para vós contareis desde o dia seguinte ao sábado [ou seja no Domingo], desde o dia em que trouxerdes o molho da oferta movida; sete semanas inteiras serão. Até ao dia seguinte ao sétimo sábado [ou seja no Domingo], contareis cinqüenta dias; então oferecereis nova oferta de alimentos ao Senhor”, Levítico 23:14-16.

A Oferta Movida, no dia de Domingo da Festa de Pães Asmos, era quando o sacerdote oferecia a Deus as primeiras segas da cevada. Ele movia a cevada ao ar perante o nosso Deus. Os israelitas não podiam colher e nem comer a safra da cevada enquanto ela não fosse oferecida a Deus primeiro. Isso são os primogênitos, os primeiros frutos so solo que são oferecido a Deus. De pois de oferecido, os israelitas poderiam colher a safra da cevada para eles.oferta de movimento

No futuro, Yeshua, Jesus, levará os primeiros nascidos para apresentá-los ao Pai. Eles serão os primogênitos da colheita, dos que aceitaram a viver conforme o nosso Deus.

Hoje estamos no quinto Sábado depois da Oferta de Movida, ou Movimento. Ainda temos que contar mais dois Sábados. E no final do Sétimo Sábado, depois de cinquenta dias, no dia seguinte que é o dia de Domingo, celebraremos a Festa de Pentecoste.

Deixe um comentário

“… ao sétimo dia haverá santa convocação…”, Levítico 23:8

Hoje estamos celebrando o sétimo dia de Pães Asmos. Por sete dias, começando no dia 15, no mês de Abibe – o primeiro mês do calendário divino onde ouve o amadurecimento da cevada em Israel. Isto é o mandamento de Deus para nós.

“E aos quinze dias deste mês é a festa dos pães ázimos do Senhor; sete dias comereis pães ázimos. No primeiro dia tereis santa convocação; nenhum trabalho servil fareis; Mas sete dias oferecereis oferta queimada ao Senhor; ao sétimo dia haverá santa convocação; nenhum trabalho servil fareis”, Levítico 23:6-8.

passoverbreadTemos que comer pães asmos que são pães sem fermento. “A festa dos pães ázimos guardarás; sete dias comerás pães ázimos, como te tenho ordenado, ao tempo apontado no mês de Abibe; porque nele saíste do Egito; e ninguém apareça vazio perante mim“, Êxodo 23:15.

Esta festa ou dias solenes duram sete dias, “A festa dos pães ázimos guardarás; sete dias comerás pães ázimos, como te tenho ordenado, ao tempo apontado do mês de Abibe; porque no mês de Abibe saíste do Egito”, Êxodo 34:18.

Note a seriedade de Deus quando ele disse que aquele que não respeitar Sua festa, tal pessoa seria tirada da congregation de Israel, “Por sete dias não se ache nenhum fermento nas vossas casas; porque qualquer que comer pão levedado, aquela alma será cortada da congregação de Israel, assim o estrangeiro como o natural da terra”, Êxodo 12:19.

No primeiro dia e no último dia desta festa, temos que nos apresentar perante Deus em santas convocações. Estas convocaçõesComidanaPáscoa podem ser estudos bíblicos onde teremos de ser lembrados que foi nesta festa que Deus tirou os israelitas do Egito, “No primeiro dia tereis santa convocação; nenhum trabalho servil fareis… ao sétimo dia haverá santa convocação; nenhum trabalho servil fareis”, Levítico 23:7,8.

Hoje, ao pôr-do-sol, termina os sete dias solenes de Pães Asmos.

Deixe um comentário

“Esta noite se guardará…,” Êxodo 12:42

As Festas anuais são de Deus ou do homem?

Quando Deus deu Seus mandamentos ou solenidades aos Israelitas, Ele não deixou a menor dúvida de como e quando eles deviam ser observados. Muitos falam que os Dias a serem observados ou que naturalmente chamamos de Festas Santos ou Dias Santos, Observe… “Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: As solenidades do Senhor, que convocareis, serão santas convocações; estas são as minhas solenidades“, Levítico 23:2. 

Observe como Deus fala destas solenidades; de quem Deus fala que pertence? Sim, dele – note “minhas solenidades“. E ainda há muita gente por aí que fala que estes dias são dos Judeus. Por que não consegue ler as escrituras?

A noite depois da Páscoa chama-se Noite Memorável

Ontem a noite foi a Páscoa do Senhor onde bebemos o vinho e comemos o pão para lembrar de Cristo. A noite a seguir, ou seja, no dia 15 do primeiro mês do ano, no mês de Abibe, fomos comandados a observar a Noite Memorável – foi nessa noite que os israelitas sairam do Egito. Eles comeram a Páscoa na noite anterior e nessa noite, na noite do próximo dia, eles sairam do Egito… “Partiram, pois, de Ramessés no primeiro mês, no dia quinze do primeiro mês; no dia seguinte da páscoa saíram os filhos de
Israel por alta mão, aos olhos de todos os egípcios”, Números 33:3.

“E aconteceu que, passados os quatrocentos e trinta anos, naquele mesmo dia, ComidanaPáscoatodos os exércitos do Senhor saíram da terra do Egito. Esta noite se guardará ao Senhor, porque nela os tirou da terra do Egito; esta é a noite do Senhor, que devem guardar todos os filhos de Israel nas suas gerações. Disse mais o Senhor a Moisés e a Arão: Esta é a ordenança da páscoa… “, Êxodo 12:41-43.

A tradução de “Esta noite se guardará” não é tanto enfatizada como deveria ser. A tradução melhor seria “Noite a Ser Muito Observada”. Ou como falamos e acreditamos ser um termo mais próximo das escrituras, “Noite Memorável”. Juntai com sua família e amigos da mesma fé e celebrai essa noite com um bom alimento e estudos.

Noite Memorável é o Primeiro Dias da Festa dos Pães Asmos

Como muito de vocês sabem, o dia para Deus começa a noite até a outra noite. I dia divino é de pôr-do-sol até pôr-do-sol.

Então na noite seguinte da
Páscoa, celebramos a Noite Memorável que é também o começo dos sete dias da Festa dos Pães Asmos (ou Ázimos).

“No mês primeiro, aos catorze do mês, pela tarde, é a páscoa do Senhor. E aos quinze dias deste mês é a festa dos pães ázimos do Senhor; sete dias comereis pães ázimos”, Levítico 23:5,6.

“A festa dos pãesisraelleaving ázimos guardarás; sete dias comerás pães ázimos, como te tenho ordenado, ao tempo apontado no mês de Abibe; porque nele saíste do Egito; e ninguém apareça vazio perante mim”, Êxodo 23:15.

Gostaríamos a encoraja-los a estudarem mais profundamente as festas de Deus em nosso site. As Festas Santas estão nos estudos 10-18.

Desejamos a todos uma boa Noite Memorável e sete dias santos de pães asmos

Deixe um comentário

Calendários Humanos x Calendário de Deus, parte 2 e final

Sim, Deus tem um calendário

Como vimos, Deus tem um calendário, ou seja, Deus criou um calendário para nós aqui na terra. Tempo e espaço que somente agora os cientistas estão começando a entender, foi Deus que criou. Osolelua2 mundo espiritual não estão sujeitos a tempo e espaço. Para nós humanos entender alguma coisa sobre a vida contínua de Deus, na bíblia vemos que Deus é chamado de ancião de dias, “Eu continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e um ancião de dias se assentou; a sua veste era branca como a neve, e o cabelo da sua cabeça como a pura lã; e seu trono era de chamas de fogo, e as suas rodas de fogo ardente”, Daniel 7:9.

Em outras passagens, vemos escrito simplesmente que Deus vive e sempre viveu, “Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de eternidade a eternidade, tu és Deus”, Salmos 90:2.

Deus ordena de quando calendário deve começar

cevada6O nosso Deus quando nos dá instruções, Ele é bem claro. E aqui também, Ele ensinou os Israelitas de quando o ano começaria. Note nesta passagem, “Este mesmo mês vos será o princípio dos meses; este vos será o primeiro dos meses do ano”, Êxodo 12:2.

Claramente vemos que Deus especificamente explica quando o ano deve começar, “Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês tome cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada família”, Êxodo 12:3. 

Se continuar lendo, verá que logo depois da Páscoa, haverá sete dias de celebração de pães ázimos – a Festa dos Pães Asmos.

Sem dúvida o ano começa no mesmo mês que a Páscoa e a Festa dos Pães Asmos devem ser celebrados. Por favor leis mais sobre as Festas Santas em outros Estudos Bíblicos principalmente nos estudos 10 à 18.

Mas, o que mais Deus nos ordena de quando o Ano Divino começa?

Deus tem nos dado especifica instruções que no domingo da Festa de Pães Asmos, o sacerdote deva levantar a cevada ao Senhor. Isso somente acontecerá um vez por ano, na Festa dos Pães Asmos. É através das Festas Santas de Deus que obtemos uma visão bem clara de como devemos observar os meses e o ano. Observe este mandamento de Deus e a relação entre Suas festas santas e de como devemos observar o calendário divino:

“No mês primeiro [primeiro dia do começo do ano divino], aos catorze do mês [14 dias depois do início do ano divino], pela tarde, é a páscoa do Senhor. E aos quinze dias deste mês é a festa dos pães ázimos do Senhor [e no 15 dia, começa a Festa de Pães Asmos do Senhor]; sete dias comereis pães ázimos… Quando houverdes entrado na terra, que vos hei de dar, e fizerdes a sua colheita, então trareis um molho das primícias [as primeiras colheita da cevada do campo] da vossa sega ao sacerdote; E ele moverá o molho perante o Senhor, para que sejais aceitos; no dia seguinte ao sábado [ou seja, no domingo] o sacerdote o moverá”, Levítico 23:5-11.

Com toda claridade, quando a cevada chegar ao ponto de colheita, antes dos Israelitas a colherem para eles, a primeira amostra tinha de vir para o sacerdote e esse balançaria ao alto dando graças a Deus no dia seguinte do sábado, no domingo. Depois disso os israelitas poderiam colher a cevada.cevada8

*1. Como podemos saber que Deus estava falando da cevada e não de outra lavoura?

Comentário: Note que quando os Israelitas estavam saindo do Egito, eles sairão depois da Páscoa, no Dia dos Pães Asmos. A colheita da cevada estava preparada, “E o linho e a cevada foram feridos, porque a cevada já estava na espiga, e o linho na haste”, Êxodo 9:31. Esta era a situação da cevada quando eles sairão do Egito.

O início do Mês começa na lua nova (Rosh Codesh)

Já temos lido que para o ano começar, a cevada tem que estar preparada para ser colhida. E que antes de ser colhida pelo povo, uma amostra tem que ser trazida para o sacerdote para ele “mover” perante Deus no dia seguinte do Sábado. A colheita da cevada só acontece em Jerusalem em Março ou Abril.

New MoonÉ em Março ou Abril que o tempo esta favorável para a colheita da cevada. Mas, um pergunta falta, quando começa o primeiro dia do mês do ano?

Todo mês no calendário divino começa na lua nova. A lua nova acontece depois que os primeiros raios do sol e visto por duas ou mais testemunhas. Quando duas ou mais testemunhas conseguem ver os primeiros raios do sol na lua, então começa o início do mês. Observe este artigo sobre Rosh Codesh.

Resumo

Vemos pelos mandamentos de Deus que o calendário divino é uma combinação entre a colheita da cevada como também da lua nova. O início do calendário divino sempre acontece na primavera em Jerusalém, onde o tempo é favorecida para a colheita da cevada.

Lua Nova: a lua nova porque indica o primeiro dia de qualquer mês.

Cevada: a cevada, que acontece somente um vês por ano em Jerusalém, tem que estar preparada para ser colhida porque ela tem que ser movida no domingo – no dia seguido do Sábado – na Festa de Pães Asmos.

Deixe um comentário

O Sétimo dia da Festa dos Pães Asmos, 2015

Hoje é o último dia da Festa dos Pães Asmos como Deus tem nos ordenado, “Sete dias comereis pães ázimos; ao primeiro dia tirareis o fermento das vossas casas; porque qualquer que comer pão levedado, desde o primeiro até ao sétimo dia, aquela alma será cortada de Israel”, Êxodo 12:15. 

A Festa dos Pães Asmos começou na noite sequinte da Páscoa. A noite seguinte da Páscoa como também chamamos de Noite Memorável, os Israelitas começaram a sua saída do Egito. Eles acamparam 3 vezes e chegaram em frente ao Mar Vermelho.

No quinto dia da Festa, eles se encontravam em frente ao Mar Vermelho. As montanhas estavam por todos os lados e os soldados de Faraó já estavam bem atrás deles. Quando os Israelitas já estavam para rodear o Mar Vermelho (veja linha azul no mapa), Deus disse para eles voltaram e seguir mais para o sul num lugar chamado de PI-Hairote, “Então falou o SENHOR a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel que voltem, e que se acampem diante de Pi-Hairote, entre Migdol e o mar, diante de Baal-Zefom; em frente dele assentareis o campo junto ao mar. Então Faraó dirá dos filhos de Israel: Estão embaraçados [cercados] na terra, o deserto os encerrou. E eu endurecerei o coração de Faraó, para que os persiga, e serei glorificado em Faraó e em todo o seu exército, e saberão os egípcios que eu sou o Senhor. E eles fizeram assim”, Êxodo 14:1-4. 

Este lugar CaminhosdosIsraelitas2lhes deixariam encurralados por todos os lados; eles ficariam entre as montanhas e o mar. Foi aqui neste ponto que a notícia chegou a Faraó e viu uma oportunidade de segui-los e matá-los.

O lugar onde eles chegaram já perfeito para Faraó pega-los. No terceiro dia quando eles começaram a jornada para o sul, Faraó preparou o seu exército e os encontrou nesta grande praia. Eles não tinham para onde fugir a não ser seguir em frente – onde estava o mar.

Observe a caminhada deles até o local onde Deus ordenou que fossem. A praia está totalmente bloqueado por montanhas. O único caminho para o norte da praia passava por um Forte Egípcio (mancha vermelha) que estava ali para proteger a fronteira. O único caminho é seguir para o sul (azul), longe do forte Egípcio mas isso os levariam de frente ao mar. Estavam sem saída. E o Faraó já estava atras deles quando chegaram lá.

Deus salva os Israelitas

O povo atravessou o mar no dia sexto e quando os soldados do Egito tentaram passar também o mar se fechou e não se salvou nem um deles…

“E os egípcios os seguiram, e entraram atrás deles todos os cavalos de Faraó, os seus carros e os seus cavaleiros, até ao meio do mar. E aconteceu que, na vigília daquela manhã, o Senhor, na coluna do fogo e da nuvem, viu o campo dos egípcios; e alvoroçou o campo dos egípcios. E tirou-lhes as rodas dos seus carros, e dificultosamente os governavam. Então disseram os egípcios: Fujamos da face de Israel, porque o Senhor por eles peleja contra os egípcios. E disse o Senhor a Moisés: Estende a tua mão sobre o mar, para que as águas tornem sobre os egípcios, sobre os seus carros e sobre os seus cavaleiros. Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o mar retornou a sua força ao amanhecer, e os egípcios, ao fugirem, foram de encontro a ele, e o Senhor derrubou os egípcios no meio do mar, Porque as águas, tornando, cobriram os carros e os cavaleiros de todo o exército de Faraó, que os haviam seguido no mar; nenhum deles ficou. Mas os filhos de Israel foram pelo meio do mar seco; e as águas foram-lhes como muro à sua mão direita e à sua esquerda. Assim o Senhor salvou Israel naquele dia da mão dos egípcios; e Israel viu os egípcios mortos na praia do mar”, Êxodo 14:23-30.

Observe no Google Maps nessa coordenado o caminho que eles fizeram até a chegada a uma grande praia:

https://www.google.com/maps/@29.2757979,34.7805317,85832m/data=!3m1!1e3

Toda o Êxodo para ser acompanhado neste video de YouTube onde um Arqueólogo Ron Wyatt conseguiu descobrir o caminho deles. Fascinante vídeo.

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O Sexto dia da Festa dos Pães Asmos, 2015

Espero que todos estão tendo uma boa Festa de Pães Asmos e estudando as coisas que Deus tem mostrado a vocês.

Hoje estamos no Sexto dia da Festa. Estudemos alguns ponto neste Sexto dia…

Se olharmos o mapa aqui veremos cores diferentes que estimamos são os que os israelitas andaram por dia. Lembre que  estamos falando de um grande exercito de pessoas incluindo crianças, idosos e doentes andando junto também. Acreditamos que eles não cobriram mais de 4 Quilômetros por dia.

Os Israelitas começaram a sua macha na noite sequinte da noite da Páscoa. Adicionando a essa caminhada são a quantidade enorme de animais.

CaminhodosIsraelitasA Bíblia mostra que só havia três acampamentos nesse trajetória deles: Sucote, Etã e Pi-Hairote – cobrindo uma distância de 120 km.

“Assim partiram de Sucote, e acamparam-se em Etã, à entrada do deserto”, Êxodo 13:20.

“E partiram de Sucote, e acamparam-se em Etã, que está no fim do deserto”, Números 33:6.

“E partiram de Etã, e voltaram a Pi-Hairote, que está defronte de Baal-Zefom, e acamparam-se diante de Migdol”, Números 33:7.

No lugar chamado Migdol é o lugar perante o mar vermelho. Neste local eles estavam entre ao deserto e o mar. Não tinha nenhum lugar para ir para escapar Faraó e seu exercito.

Quando Israel virou para o sul no terceiro dia e chegaram Pi-Hairote, o coração de Faraó se endureceu e ele começou a perseguir os Israelitas no quanto dia!

“Então falou o SENHOR a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel que voltem, e que se acampem diante de Pi-Hairote, entre Migdol e o mar, diante de Baal-Zefom; em frente dele assentareis o campo junto ao mar. Então Faraó dirá dos filhos de Israel: Estão embaraçados [cercados] na terra, o deserto os encerrou. E eu endurecerei o coração de Faraó, para que os persiga, e serei glorificado em Faraó e em todo o seu exército, e saberão os egípcios que eu sou o Senhor. E eles fizeram assim”, Êxodo 14:1-4.

É claro, vemos aqui que Deus colocou os Israelitas nessa situação para testar os eles e também como Deus disse, “e serei glorificado em Faraó… e saberão os egípcios que eu sou o Senhor”.

Faraó saiu em prosseguição no quarto dia

O exército de Faraó também tinha de viajar a mesma distância dos Israelitas mas eles não tinham com eles animais, idosos, crianças e outros aspectos para segurarem na viagem. Eles cobriram a mesma distância com muito mais rapidez. O que demorou os Israelitas 3 dias para viajarem, o Faraó e seu exercito somente levou menos de dois dias. É claro podemos ver como o exército estava. Cada homem tinha perdido um filho, o primeiro nascido, em sua casa como também até seus animais primeiro nascido. Então não é difícil de imaginar o ódio que eles estavam e a vontade de matar os Israelitas. Isso deve ter levado os soldados de Faraó a andar ainda mais rápido e com poucas paradas até para comer. Isso também os motivaram a prepara-los para a viajem ainda mais rápido também

Faraó ouviu que os Israelita estavam sem saída no terceiro dia (quando eles viraram sua rota para Pi-Hairote) talvez pensando que eles errarão o caminho e que eles ficariam sem saída quando chegassem perante o mar. Talvez pensando que essa seria uma excelente oportunidade de encurralá-los (já que eles não teriam para onde correr para escapar), Faraó decidiu persegui-los. Sem dúvida Faraó realmente calculou que eles estariam sem saída e seria uma grande oportunidade para pegar todos eles e fazerem eles pagar por tudo que aconteceu no Egito.

No terceiro dia, Faraó quando ouviu a notícia começou a preparar seu exército de muitos milhares de soldados – um exército muito enorme que sem dúvida demoraria pelo menos um dia para prepará-los (mesmo assim tinha de ser com rapidez). Olhe por exemplo um acontecimento de uma guerra que aconteceu no nosso tempo que foi a guerra do golfo. A guerra do golfo que foi liderada pelos Estados Unidos contra as tropas Iraquianas de Saddam demorou sete meses para preparar o exército. É claro, Faraó não tinha todos os armamentos bélicos de guerra que temos hoje em dia. Mas, os cavalos, alimentos, armamentos de milhares soldados demoraria pelo menos um dia para que eles se preparassem.

Faraó alcanço-os no Quinto dia ao anoitecer

 “Sendo, pois, anunciado ao rei do Egito que o povo fugia, mudou-se o coração de Faraó e dos seus servos contra o povo, e disseram: Por que fizemos isso, havendo deixado ir a Israel, para que não nos sirva? E aprontou o seu carro, e tomou consigo o seu povo; E tomou seiscentos carros escolhidos, e todos os carros do Egito, e os capitães sobre eles todos. Porque o Senhor endureceu o coração de Faraó, rei do Egito, para que perseguisse aos filhos de Israel; porém os filhos de Israel saíram com alta mão. E os egípcios perseguiram-nos, todos os cavalos e carros de Faraó, e os seus cavaleiros e o seu exército, e alcançaram-nos acampados junto ao mar, perto de Pi-Hairote, diante de Baal-Zefom”, Êxodo 14:5-9.

 O Senhor protege Seu povo

Quando o povo viu o exército ficaram com muito medo. Não pensaram que Deus poderia salvá-los mesmo depois que viram todas as coias que Deus fez no Egito. O medo ficou mais forte do que a fé com Deus. Mesmo hoje em dia, se fizermos o que o Senhor nos manda, Ele também irá nos proteger. Eles irá brigar as nossas batalhara. Deus tirará os nossos inimigos perante nossa presença. Não precisamos ter medo. Deus lutará por nós, “Moisés, porém, disse ao povo: Não temais; estai quietos, e vede o livramento do Senhor, que hoje vos fará; porque aos egípcios, que hoje vistes, nunca mais os tornareis a ver. O Senhor pelejará por vós, e vós vos calareis”, Êxodo 14:13-14.

“E o anjo de Deus, que ia diante do exército de Israel, se retirou, e ia atrás deles; também a coluna de nuvem se retirou de diante deles, e se pôs atrás deles. E ia entre o campo dos egípcios e o campo de Israel; e a nuvem era trevas para aqueles, e para estes clareava a noite; de maneira que em toda a noite não se aproximou um do outro”, Êxodo 14:19-20.

Os Israelitas passaram pelo mar no sexto dia da Festa dos Pães Asmos

Quando Faraó chegou ao encontro deles no quinto dia é bem possível e o sol já estava baixando e que estava ficando escuro. Eles não lutariam no escuro. Deus ainda escureceu ainda mais o lado deles para que um treva bem forte ficassem sobre eles, como está escrito, “… e a nuvem era trevas para aqueles… de maneira que em toda a noite não se aproximou um do outro”Sem dúvida que até a luz da lua foi bloqueada pela nuvem de Deus em cima de Faraó e seu exército.

Toda a noite do dia quinto, Deus mandou um vento forte para separar o mar e secar a terra. Toda a noite esse vento fez isso. E no amanhecer do dia sexto, a terra estava seca e o povo começou a cruzar o Mar Vermelho.

“Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o Senhor fez retirar o mar por um forte vento oriental toda aquela noite; e o mar tornou-se em seco, marvermelhoe as águas foram partidas. E os filhos de Israel entraram pelo meio do mar em seco; e as águas foram-lhes como muro à sua direita e à sua esquerda” , Êxodo 14:21-22.

Se o leitor, estudante, quiser ler mais, este site achado nos dá mais informação desta maravilhosa história que Deus tem dado para nós.

Deixe um comentário