Archive for category Espíritos Malignos

O Começo de Tudo, Parte 5

Para baixar as lições em PDF, clique aqui

Tudo que Deus Pai ou Cristo cria é perfeito

 Deus quando cria alguma coisa, Ele cria perfeito. Não somente perfeito, mas harmonioso e bonito. Deus é perfeito e tudo que Ele faz é perfeito.

Sabemos que tudo que foi criado foi criado por Jesus Cristo, coisas visíveis como também invisíveis. Deus Pai e Jesus Cristo quando somente existiam os dois, Jesus Cristo foi dado à responsabilidade da criação. Foi do agrado e da harmonia dos dois assim estabelecer as responsabilidades. O apóstolo João falou disso claramente, “Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez”, João 1:3.

Jesus então criou os anjos e os arcanjos com suas devidas responsabilidades como a dos querubins que cobriam o seu próprio trono. Nesse tempo também, Cristo criou Lúcifer que também era perfeito em todos em beleza e sabedoria. O próprio Lúcifer significa “estrela da manhã” ou “o que traz luz”.  Deus entrou em detalhes de sua beleza onde até mesmo pedras preciosas foram criadas para sua criação.

1. Deus sabia que Lúcifer e muitos anjos se rebelariam contra Ele?

Comentário: Não. Sim, Deus sabe de todas as coisas. Deus certamente sabia que todos os anjos que Ele criou teriam a capacidade de ir contra Ele. Mas, Ele não sabia esses anjos criados especificamente se tornariam contra Ele, senão por que Ele iria criá-los?

Perceba que até mesmo para o ser humano, Ele sabe que temos a capacidade de tornarmos contra Ele, mas mesmo assim, Ele continua nos criando, os humanos. Ele quer que a pessoa tenha a livre e espontânea vontade de segui-Lo e obedecê-Lo. Ele não quer robôs em Sua família.

Deus nos deu a opção de escolhermos a vida ou a morte. No final de tudo, Ele separará aqueles que são Dele dos que não são. Note que a escolha é nossa, “Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência”, Deuteronômio 30:19.

 O PECADO aparece pela primeira vez na história do começo de tudo

 Então este era o mundo nesta época. Só havia luz, paz e harmonia. Num inervá-lo de tempo (não há tempo e espaço no mundo espiritual – só falamos aqui pois não sabemos descrever usando palavras humanas), quando Lúcifer foi mandado a fazer tarefas longe do trono, ele passou a ficar mais e mais tempo longe de Deus. Nisso, como os anjos o admirando e o adorando a cada lugar que ia, como o tempo, seu orgulho começou a crescer. O pecado foi criado em seu coração. O pecado surgiu pela primeira vez na história do começo de tudo.

Cada tarefa longe de Deus seu orgulho crescia mais e mais. Nestas tarefas, ele começou a querer mudar as mentes dos anjos. Mais e mais ele queria a atenção dos anjos para ele e não para Deus. Pouco a pouco o pecado começou a expandir em outras áreas. Lúcifer começou pela primeira vez na história de tudo, ter inveja, egoísmo, orgulho e o imenso prazer do poder. Só era uma questão de tempo para que essas atitudes pecadoras, contrárias a Deus, o consumissem e elem se tornasse totalmente corrupto – toda a sua inteligência e sabedoria que Deus lhe deu se desperdiçou e se tornou corrupta sem a menos um pontinho sequer de verdade. Seu modo de pensar e agir se tornaram contrário a tudo o que Deus lhe ensinou e mostrou. Ele passou a ser um ser desgovernado e a única coisa que fazia e pensava era no seu próprio bem-estar – uma atitude totalmente contrária a Deus onde tudo que Ele pensa e agi e para os outros.

Esta atitude não passou despercebido por Deus. Anjos começaram a relatar fatos a Deus do que ele andava fazendo e de sua atitude de orgulho.

Conhecendo Deus como conhecemos que ele fala que até devemos amar nossos inimigos e que Jesus mesmo diz de Seu Pai que devemos ser perfeito como Seu Pai é perfeito, “Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim? Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus,” Mateus 5:43-48.

É certeza então que Deus teve muitas conversas com Lúcifer para saber o que estava acontecendo. Deus queria saber o que Ele poderia fazer para alegrar a Lúcifer. Esse é o nosso Deus que mesmo sabendo que Lúcifer estava falando mal Dele, mesmo assim queria saber o que Ele poderia fazer para alegrar a Lúcifer. Com certeza Lúcifer disse muitas coisas que Deus fez o possível para assim fazer. Mas nada disso adiantou. Lúcifer continuou com esse pensamento de orgulho e começou a ter dentro dele inveja e egoísmo. Lúcifer começou a ver ele mesmo como igual a Deus. Mais e mais com o tempo começou a crescer dentro dele.

Os anjos foram criados diferentes dos seres humanos. Eles foram criados como adultos, vamos dizer. Os humanos começam como crianças e com o tempo Deus vai nos ensinando e nos mudando para tornarmos seus filhos – esse crescimento espiritual acontece com tribulações em nossas vidas. Nelas aprendemos a amar a Deus e a confiar Nele. Aprendemos também a obedecer a Deus como o Seu próprio Filho disse, “Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu”, Hebreus 5:8. Sim, o nosso crescimento espiritual depende de nossas tribulações. Com os anjos não foi assim. Eles foram criados já adultos e não aprenderam a obediência.

 O destino de Cristo estava escrito antes da Fundação do Mundo

1Pe 1:20; 13:8

 Deus Pai e Jesus Cristo vendo tudo isso acontecendo, criaram um plano para testar os seres viventes antes de dar a eles a vida eterna e poder. Deus Pai e Jesus Cristo não quer colocar em Sua família seres com atitudes destruidoras. Foi nesse intervalo de tempo, que Ele decidiram criar o homem. Foi nessa decisão que tiveram que foi decidido que Cristo um dia teria que nascer e morrer por todos os homens. Essa decisão aconteceu então muito antes de qualquer alma ser criada. Muito antes de tudo, nessa conversa e decisão de Deus Pai e Jesus Cristo, Cristo um dia ia nascer e morrer pela sua criação – antes mesmo antes da terra ser criada.

Acreditamos também nesse tempo aonde Lúcifer vem se tornando mais e mais orgulho, invejoso, mentiroso e aproveitando as tarefas que Deus lhe deu, onde teria de sair para longe do trono de Deus, para mudar as mentes dos anjos, que muitos anjos já estavam aceitando ele. Os anjos já começaram a pensar errado de Deus e começaram a ver Lúcifer como seu salvador.

Deus deixou tudo isso acontecer. Deus queria ver também quantos anjos seriam enganados por Lúcifer. Nesse tempo todo Deus conversava com Lúcifer para tentar lhe satisfaze-lo do porque ele estava se rebelando contra Deus. Assim é o nosso Deus, cheio de misericórdia até mesmo para os seus inimigos que esta dentro mesmo do Seu próprio trono.

O plano de Deus então passou a ser criar um ser para ser testado e ensinado a amar e a obedecer Seu criador. O plano do homem está feito. Como também a morte de Cristo para pagar o pecador do homem já está certa – Ele terá de derramar Seu sangue e morrer por eles.

Deus explica para Lúcifer e os anjos de Sua decisão

Conhecendo o nosso Deus do jeito que conhecemos, o nosso Deus não é um tirano. Um ditador. Ele não faz nada as escondidas que venha a afetar ninguém. Note que até como os humanos onde Ele não precisa dar satisfação de nada para nós, Ele mesmo assim nos fala do que vai acontecer, “Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas”, Amós 3:7. Sim, Deus explicou para Eles de Sua decisão de criar os humanos.

Deus falou para eles que ira criar um ser onde ele seria testado nos caminhos de Deus e que depois que aprendessem a obedecer e a amar todas as palavras de Deus, Deus os fariam seres espirituais e lhes daria a vida eterna como também poder. Deus também explicou para eles que depois que eles entrassem em sua família espiritual que os anjos os iram servi-los. Talvez a razão dos anjos serviram os recém nascidos humanos agora tornados espirituais na Família de Deus espiritual seria a razão deles terem passados por testes e terem aprendidos a obedecer e a confira em Deus.

Com certeza isso começou a ser um argumento muito forte para Lúcifer para persuadir os alguns anjos que já estavam alimentando os pensamentos de rebeldia contra Deus. Como o tempo, estes sentimentos de rebeldia cresceram. Não podemos nem mesmo adivinhar quanto tempo isso deve ter durado até o dia que não aguentaram mais e guerrearam contra o próprio criador deles. Sabemos que poderiam ser milhões o números de anjos que Lúcifer tinha de tentar influenciar. E ele teria de visita-los várias vezes, pois não seria fácil fazer anjos que veem o próprio Deus se rebelaram contra Deus. Sim, foi um tempo muito longo onde para eles não é nada, pois não estão sujeitos a tempo e espaço – não existe isso no céu.

Deus tem o poder absoluto e controle total de toda a Sua criação sabia de tudo que estava acontece, mas nada fez. Ele sabia também que isso poderia aumentar a dessatisfaçam daqueles anhos que já pensavam algo contra Deus. Deus quer que o amamos. Ele está criando a Sua família. Ele não quer sujeitos rebeldes e infelizes em Sua família. Ele deixou o tempo seguir e ver quantos anjos iriam se rebelar.

Agora, Lúcifer tem argumentos fortes para convencer os anjos rebeldes. Ele falando para eles que Deus não gosta deles; que Deus quer que eles sejam escravos dos humanos para todo o sempre; que viveriam e teriam uma miséria de vida; que Deus não liga para eles; que eles não significam nada para Deus; que Deus se arrependeu de tê-los criados, que ele seria um melhor líder e até Deus para eles, etc. Sim, ele usou todo o tipo de fala para aumentar a rebeldia daqueles anjos já rebeldes em suas mentes para ir contra Deus.

Leave a comment

O Começo de Tudo, Parte 3

Para baixar as lições em PDF, clique aqui

O querubim Lúcifer – perfeito em beleza e sabedoria

Deus criou Lúcifer perfeito. A palavra Lúcifer que Deus o chamou de “filho da alva”, Isaías 14:12, se chama de “portador de luz”. Ele era um dos dois que cobriam o trono de Deus com suas asas, leia novamente Ezequiel 28:11-15. Realmente como bonito e poderoso era Lúcifer. E não somente isso, mas Deus o ungiu para que cobrisse o próprio trono de Deus. Mas, como o tempo, Lúcifer começou a pecar e querer ser maior do que o próprio Deus que o criou.

A Bíblia não diz quando tempo isso durou – o tempo em que começou a rebelião em seu coração contra Deus até o momento que atacou a Deus. Como o tempo e espaço não tem relevância no mundo espiritual pode ter sido milhões de anos. Note também como falou as escrituras, que ele colocou na cabeça de 1/3 dos anjos para rebelarem contra Deus. Com certeza isso aconteceu num tempo muito grande porque quantos milhões de anjos tinham de ser conversado para acontecer de mudar a cabeça deles e quererem ir contra Deus. Podemos afirmar com certeza também que, é claro, tudo aconteceu em segredo de Deus. Neste momento acreditamos que a mente deste diabo já estava corrupta e ele não conseguia perceber que nada pode ser escondido de Deus. O desejo dele de se tornar maior que Deus é tão grande que já estava sego do poder de Deus.

 A Rebelião do Querubim Lúcifer

 A difícil de saber quanto tempo ficou essa situação no céu. Deus sabendo de tudo que está acontecendo e mesmo assim, de acordo com Sua imensa misericórdia, nada fez e esperou que Lúcifer mesmo começasse sua rebelião.

É mais do que óbvio até mesmo falar que Deus poderia para tudo isso bem no início. Mas, Deus respeita a sua decisão. Ele faz isso também com os seres humanos. Ele não quer robôs em sua família. Ou forçar ninguém a seguir Suas leis e mandamentos. Ele quer pessoas que com toda a alma e forças amá-Lo e segui-Lo, “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”, João 4:23-24.

Então teve um tempo muito longo neste tempo onde Lúcifer ficou “trabalhando” – cobrindo o trono de Deus e tentando mudar os pensamentos dos anjos. Neste período de tempo também, Deus criou a terra.

Sabemos que a terra foi criada antes da rebeldia de Lúcifer porque Jesus o viu cair como um relâmpago, “E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu”, Lucas 10:18. A terra então já existia quando a guerra no céu aconteceu. Observe também que quando a terra foi criada, os anjos se alegraram, “Onde estavas tu, quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência. Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel? Sobre que estão fundadas as suas bases, ou quem assentou a sua pedra de esquina, Quando as estrelas da alva juntas alegremente cantavam, e todos os filhos de Deus jubilavam?”, Jó 38:4-7.

1. Mas porque a rebelião de Lúcifer?

Comentário: É difícil explicar essa rebelião, mas com certeza, como a Bíblia descreve Lúcifer que já era o mais formoso e bonito e sábio de todos os anjos, não era suficiente para ele. Ele queria ser maior que seu próprio criador. Orgulho e desejo por poder e inveja do poder de Deus além de mais atributos não desejáveis o levou a ter sua mente corrupta.

O que podemos acreditar e não é muito difícil de ver, é que períodos longe de Deus foram o que contribuiu a seu desastre. É possível, por exemplo, que Deus começou a dar tarefas a Lúcifer como cuidar da terra e outras tarefas onde Lúcifer passou a ficar mais e mais longe de Deus; longe de cobrir o trono de Deus. Hoje podemos até ver isso nas pessoas.

Quando passamos muito tempo longe de Deus; quando passamos a orar pouco; a pensar pouco em Deus e em Suas palavras na Bíblia, vemos que essa distância faz com que andemos num caminho diferente onde a única coisa que importa é o prazer de nós mesmos. É claro, a mesma coisa acontece no contrário. Quando estamos perto de Deus e fazendo as coisas que são agradáveis aos olhos de Deus, sentimos fortes e colocamos as pessoas que amamos antes de nós mesmos. Então ficar longe de Deus significa alimentar os nossos desejos carnais e ficar perto de Deus, significa amar os outros antes de nós. Dois caminhos totalmente contrários um ao outro.

2. Porque o nome de Satanás?

Comentário: Com a rebelião de Satanás, Deus mudou o nome de Lúcifer para Satanás que significa adversário. Os anjos rebeldes passaram a ser chamados de demônios.

 A destruição da terra e do universo

 Depois que o universo foi criado junto com a terra, com certeza era tudo muito lindo e perfeito. Os cientistas afirmam que já ouve água e atmosfera em Marte. Marte

Hoje vemos que muitos dos planetas foram bombardeados com meteoros. Tudo que Deus cria é bonito e perfeito mas os planetas se tornaram, vamos se dizer, como a terra “sem forma e vazia”, Gênesis 1:2. Não há dúvida, se você conhece Deus, que Ele não trabalha assim. Tudo que Eles fazem, Jesus e Deus Pai, é perfeito, bonito e harmonioso.

Quando um olha hoje em dia nos planetas que vemos ao nosso redor, vemos o impacto de tanto meteoros tem o poder de destruir qualquer planeta, incluindo a terra. Tanto a terra, quando a nossa lua [foto abaixo] e todos os planetas mostram esse momento na história do universo quando meteoros começaram a atingir os planetas e causar grandes destruições. Crateras enormes do tamanho de cidades que são milhões de vezes mais poderosas do que muitas bombas atômicas.

Quando Deus criou o universo, Ele não criou para que meteoros explodissem nos planetas e os destruíssem. E porque Ele faria isso? Qual seria a razão de Deus que depois de construir um universo perfeito, lindo e harmonioso, também Ele construiu milhões, ou talvez bilhões de meteoros e os lançassem de frente aos planetas para os destruírem. O fato de simplesmente escrever isso é ridículo. Não faz sentido nenhum.

ImpactoLua 1. Foram os cometas que destruíram os dinossauros?

Comentário: É bem possível que sim. Os cientistas têm provado e até mostrado a cratera enorme na baía em frente ao México que destruiu a terra e matou todos os dinossauros. Leia mais sobre isso.

Os outros planetas também não escaparam. Todos os planetas que mostram as fotos de sua superfície, você vê centenas de crateras que foram causadas com a explosão os impacto dos meteoros em sua superfície.

2. Poderia Deus ter parado tudo?

Comentário: Acredito que todos saibam que sim. Nada é impossível ao criador. Ele; entretanto, deixou que satanás continuasse com seu plano. Esse é o nosso Deus. Ele quer nos ensinar que o caminho de satanás só causará destruição em nossas vidas como também a de todos que no amamos.

 As almas dos seres humanos são criadas

 Não sabemos se por certo esta foi uma das razões do porque Lúcifer se rebelou contra Deus. Se por algum motivo Deus o deixou saber que iria criar os seres humanos e que eles seriam no final se tornar filhos de Deus. Ou se Deus criou as almas depois que satanás se rebelou e Deus decidiu criar sua família.

O fato que a Bíblia descreve é que Deus criou todas as almas antes da criação da terra. Ele as criou e muitas almas ainda hoje espera ser nascida. Acreditamos que podemos afirmar que o plano de Deus para os seres humanos não acontecerá até que todas as almas que Deus criou antes da fundação dos tempos pudessem ter a oportunidade de ser tornarem embrião…

“Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor”, Efésios 1:4.

 “Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos”, 2 Timóteo 1:9.

“Em esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos dos séculos”, Tito 1:2.

Está bem estabelecido então que as almas foram criadas antes da criação como o proposito do ser humano se tornar filho de Deus.

 Os anjos não aprenderam obediência através de tribulações

 Com a rebelião de Satanás, o universo passa por grandes destruições. Satanás tenta a todo custo destruir o plano de Deus. É de certa maneira possível afirmar, apesar de não sabermos pela Bíblia, que quando deus viu que Satanás estava começando a se rebelião em seu coração contra Deus, que Deus criou o plano para criar o ser humano. E que talvez Deus criou a terra e mandou Satanás (ou Lúcifer nessa época) cuidar e preparar a terra para o ser humano.

Se Deus criou o plano de criar o homem baseado no fato de saber da atitude de rebeldia de Satanás, não sabemos. Daí um fato interessante que sendo humano somos testados de várias formas para crescermos em caráter igual a Deus. Os anjos não foram criados assim. Eles não cresceram e foram criados. Deus os criou já como adultos, dizemos assim. Seus caráteres e personalidades não foram testados e consequentemente não tiveram testes e tribulações para crescerem no caráter de Deus. Nós, humanos, somos testados e cada tribulação crescemos em maturidade em Deus. É pelos testes que aperfeiçoamos nosso caráter…

Cristo mesmo aprendeu obediência pelas Suas tribulações, “Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu”, Hebreus 5:8.

Quando o apóstolo Paulo pediu a Jesus para remover alguma coisa de sua pele, Jesus disse o seguinte, “E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim. E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo”, 2 Coríntios 12:7-9.

Aqui está a grande diferença entre os anjos e os humanos. Os anjos não aperfeiçoaram a obediência de Deus através de tribulações como o próprio Filho de Deus aperfeiçoou. Jesus aprendeu a se submeter a Deus dentro de testes que Ele passou aqui na terra. Ele mostrou a Seu Pai que Ele o amava e o respeitava o suficiente para obedecê-Lo nas maiores das circunstâncias desta vida. Ele mesmo entregou Sua vida para mostrar isso…

 “Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas. Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor. Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai”, João 10:15-18.

Leave a comment

O Começo de Tudo, Parte 2

Para baixar as lições em PDF, clique aqui

Mas como era no Início

 Bem no início sabemos que Deus e Seu filho já existiam. Quando não havia nada, quando nada foi criado, Deus Pai e Seu filho já existia. Essa concepção é claro é muito difícil para o ser humano entender. Até os anjos não sabem de tudo. Há muitas coisas que são reveladas diretas àqueles que têm o Espírito de Deus, “Aos quais foi revelado que, não para si mesmos, mas para nós, eles ministravam estas coisas que agora vos foram anunciadas por aqueles que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o evangelho; para as quais coisas os anjos desejam bem atentar”, 1 Pedro 1:12. Os anjos mesmos procuram entender as coisas sendo reveladas de Deus para nós.

Sabemos por João 1:1 que no início, já viviam Deus Pai e o Verbo, Seu filho Jesus Cristo. Mas, como era esse mundo. Isso, acreditamos que só será respondido quando o Pai nos disser. Mas, era um mundo escuro sem vida sem nada? Sabemos que pelo menos escuro não era.

A Bíblia mostra que Deus gera luz. Ele é a luz. Não uma luz como vemos do sol ou das estrelas porque este tipo de luz acontece depois de uma mistura de substancia química ou orgânica física. A luz que vemos do sol, da lua e das estrelas são uma mistura de componentes que junto criam a luz. A luz do fogo, por exemplo, é criada numa oxidação de material combustível liberando calor e luz. Não é assim o nosso Deus. Ele é a luz. A luz que sai Dele é Ele.

Note que João literalmente chama Jesus de Luz, “Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam”, João 1:4-5. João falou claramente que João Batista veio para dar testemunho da Luz (Jesus), “Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele. Não era ele a luz [João Batista], mas para que testificasse da luz [Jesus]”, João 1:7-8.

A luz de Deus com certeza absoluta não tem o mesmo brilho destas luzes que conhecemos neste mundo físico. A luz de Deus é pura e viva e intensa. Vemos que até mesmo aqui na terra há vários tipos de claridade de luz. Umas meio amareladas e outras mais brancas. Como a luz de Deus é gerada Dele e Ele não precisa de nenhum tipo de combustão, com certeza deve ser uma luz muito brilhante e tão forte que parece que até podemos pegar nela, “E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os ilumina; e reinarão para todo o sempre”, Apocalipse 22:5.

 “E ele tinha na sua destra sete estrelas; e da sua boca saía uma aguda espada de dois fios; e o seu rosto era como o sol, quando na sua força resplandece”, Apocalipse 1:16.

Sim, podemos ver claramente que Deu Pai e Seu filho tem dentro deles a vida, ou a luz. A luz é na realidade quem eles são. Eles emitem luz. Vemos que apostolo Tiago até chamou Deus Pai de Pai das luzes, “Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação”, Tiago 1:17.

1.  O mundo que Deus vivia com Jesus era um mundo escuro?

 Comentário: Vemos isso claramente descrito na Bíblia que escuro não era. Com certeza era um mundo muito iluminado pela própria luz de Deus e de Seu filho.

 Jesus cria os anjos e os arcanjos

 Em um tempo no universo, Deus e Jesus Cristo tomaram a decisão de começar a criar seres viventes. Jesus claramente criou tudo no mundo físico e espiritual. Isso é facilmente visto em João 1:3, “Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez”.

Pela autoridade do Pai, Jesus começou a criar tudo que existe hoje em dia no mundo espiritual e físico. A Bíblia nos mostra que no começo de tudo, Deus criou um ser muito poderoso. Não sabemos se Ele foi criado antes dos anjos ou depois da criação dos anjos. Mas sabemos que ele foi criado perfeito em todos os sentidos. Este ser se chamava Lúcifer.

 Jesus cria Lúcifer, Miguel e Gabriel

Num ponto da história no início da criação do mundo espiritual, Jesus criou Lúcifer, Miguel e Gabriel. Estes arcanjos são poderosos. Na Bíblia achamos o nome deles mencionados…

 Do arcanjo Miguel vemos…

 “Mas o príncipe do reino da Pérsia [Satanás] me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia”, Daniel 10:13. O reino da Pérsia era Satanás lutando contra Gabriel. Gabriel chamou Miguel de um dos primeiros príncipes”. Note versículo 21, “senão Miguel, vosso príncipe”.

 “E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo…”, Daniel 12:1.

Note que esse arcanjo Miguel, nele Deus o encarregou de proteger os filhos de Deus – todos aqueles que são guiados pelo Espírito de Deus. Miguel com certeza é um poderoso anjo que a Bíblia mostra que encara Satanás sem medo e com muito poder de Deus. Eles sempre batalham e, é claro, Satanás sempre perdi.

 “Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda”, Judas 1:9.

 “E houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos”, Apocalipse 12:7.

 Do arcanjo Gabriel vemos…

Gabriel também é um grande poderoso anjo. Mas o que indica na Bíblia é que Deus o usa para dar mensagem Dele. Na guerra que vemos entre ele e Satanás, ele mesmo fala que é uma batalhar difícil e que às vezes Satanás até é mais poderoso que ele. Note o que ele mesmo fala de uma de suas batalhas contra o diabo, Satanás, e seus demônios “Mas eu te declararei o que está registrado na escritura da verdade; e ninguém há que me anime contra aqueles, senão Miguel, vosso príncipe”, Daniel 10:21. Não que Satanás e seus demônios sejam mais poderosos do que ele, mas como você vê aqui, isso é uma coisa que não anima ele, essas guerras contra Satanás. Os confrontos contra o Diabo a Bíblia mostra que vem sempre contra o nosso príncipe, Miguel.

Nos registros da Bíblia vemos que Gabriel foi enviado para levar uma mensagem a Daniel como também a Maria, mãe de Jesus. Gabriel pode ter sido enviado a muitos para levar a mensagem de Deus.

 “E, respondendo o anjo, disse-lhe: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado a falar-te e dar-te estas alegres novas… E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré”, Lucas 1:19,26.

 “E ouvi uma voz de homem entre as margens do Ulai, a qual gritou, e disse: Gabriel, dá a entender a este a visão… Estando eu, digo, ainda falando na oração, o homem Gabriel, que eu tinha visto na minha visão ao princípio, veio, voando rapidamente, e tocou-me, à hora do sacrifício da tarde”, Daniel 8:16; 9:21

Gabriel para ser um mensageiro de Deus. Ele está constantemente perante Deus. Olha o que ele mesmo fala, assisto diante de Deus.

 Do arcanjo Lúcifer vemos…

Lúcifer foi um arcanjo que Deus criou com grande glória e beleza. Deus mesmo descreve sobre ele, “Veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Assim diz o Senhor DEUS: Tu eras o selo da medida, cheio de sabedoria e perfeito em formosura. Estiveste no Éden, jardim de Deus; de toda a pedra preciosa era a tua cobertura: sardônia, topázio, diamante, turquesa, ônix, jaspe, safira, carbúnculo, esmeralda e ouro; em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados. Tu eras o querubim, ungido para cobrir, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti”, Ezequiel 28:11-15.

Perceba bem o poder desse querubim, ou arcanjo. Ele foi criado perfeito em beleza e sabedoria. Ele foi ungido pelo próprio Deus para cobrir o Seu trono. Ele andava nas próprias pedras de fogo do trono de Deus. Em tudo Lúcifer era perfeito. Ele estava no trono de Deus junto com os Miguel e Gabriel. Assim era, até o dia que pecado foi achado dentro dele e Ele se rebelou contra Deus, “Como caíste desde o céu, ó Lúcifer, filho da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações! E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte. Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo”, Isaías 14:12-14.

 Lúcifer se torna Satanás [Diabo ou serpente]

 A rebelião de Lúcifer está bem descrita em várias escrituras. Satanás enganou muitos anjos que se tornaram demônios. A Bíblia não descreve o tanto de tempo que isso aconteceu. Por causa do número de anjo s que foram enganados a guerrear contra Deus era enorme, podemos concluir que foi muito tempo mesmo que satanás ficava tentando os enganar. Deus deixou que ele tentasse tentar todos os anjos e separar os que foram enganados por ele. Isto deve ter acontecido num inervá-lo de tempo muito grande. Tempo não tem impacto no mundo espiritual, “E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas [anjos] do céu, e lançou-as sobre a terra…”, Apocalipse 12:4.

Muitos podem até perguntar, “como pode um anjo achar que pode derrubar o seu próprio criador de seu trono?”. Acreditamos que a resposta disso é muito simples; Deus não anda por aí mostrando o Seu poder total para todo mundo. Porque se esse fosse o caso, com certeza Lúcifer não tentaria guerreia-lo, pois veria que Deus é muito poderoso. Não, acreditamos que Deus é muito humilde. Acreditamos que Deus não fica mostrando o Seu poder toda hora para que todos possam ficar com medo Dele. Ele é muito humilde. Não fica por aí mostrando o Seu poder. Aqui pode ser um razão que esse próprio ser achou que poderia vencê-Lo.

O poder de Deus é tão infinito que Ele mesmo nem esquenta com esse ser. Ele deixa seus anjos Miguel e Gabriel ou talvez até outros cuidar dele.

2. Deus criou o Diabo?

Comentário: Como pode alguém realmente pensar estas coisas. Pode Deus criar o mal? Não Deus não criou o Diabo e nem os demônios. Deus criou Lúcifer que foi perfeito em todos os seus caminhos com grande sabedoria e beleza. Os anjos também foram da mesma forma. Não tão cheiro de sabedoria com Lúcifer, mas perfeitos e bonitos. Deus não cria meia coisa de nada. Tudo que Deus cria é perfeito, e bonito e harmonioso – não há dúvida sobre isso.

Foi Lúcifer e um terço dos anjos que rebelarão e se tornaram satanás, o adversário, e demônios.

3. O diabo é mais forte que Deus?

Comentário: Muitos acham isso! Muitos olham esses filmes por aí onde o Diabo está dando um trabalho danado para Deus. Em muitas ocasiões está até vencendo. Isso é longe da verdade. Em nenhum lugar na Bíblia você vê isso. Muito pelo contrário. Você vê sempre o Diabo pedindo autoridade para fazer alguma coisa na terra e com os seres humanos. Não há dúvida que se ele pudesse fazer o que ele quer, todos nós já estaríamos mortos.

A história de Jó mostra claramente, assim como outros versos na Bíblia, que o Diabo está sob o controle de Deus. Ele só faz as coisas que são dadas para ele. Nem ele e nem os demônios nem mesmo tenta desobedecer a Deus. Olhe a história de Jó…

 “E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás  entre eles. Então o Senhor disse a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao Senhor, e disse: De rodear a terra, e passear por ela. E disse o Senhor a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal. Então respondeu Satanás ao Senhor, e disse: Porventura teme Jó a Deus debalde? Porventura tu não cercaste de sebe, a ele, e a sua casa, e a tudo quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste e o seu gado se tem aumentado na terra. Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema contra ti na tua face. E disse o Senhor a Satanás: Eis que tudo quanto ele tem está na tua mão; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do Senhor”, Jó 1:6-12. Olha o comando de Deus. Novamente a segunda vez…

 “E, vindo outro dia, em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles, apresentar-se perante o SENHOR. Então o Senhor disse a Satanás: Donde vens? E respondeu Satanás ao Senhor, e disse: De rodear a terra, e passear por ela. E disse o Senhor a Satanás: Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desvia do mal, e que ainda retém a sua sinceridade, havendo-me tu incitado contra ele, para o consumir sem causa. Então Satanás respondeu ao Senhor, e disse: Pele por pele, e tudo quanto o homem tem dará pela sua vida. Porém estende a tua mão, e toca-lhe nos ossos, e na carne, e verás se não blasfema contra ti na tua face! E disse o Senhor a Satanás: Eis que ele está na tua mão; porém guarda a sua vida”, Jó 2:1-6.

Há muitos os versículos que mostra a submissão do Diabo para com Deus. Isso é indiscutível.

 Cristo viu Satanás se jogado para a terra

 A Bíblia mostra que Lúcifer subiu ao trono de Deus para guerrear contra ele. Quando a mente dele ficou corrupta e pecado foi achado nele, ele realmente achou que seria fácil derrotar o nosso Deus. É claro quando sua mente chega a um ponto tão corrupto assim, não podemos mais pensar coisas certas. Como o exemplo de Hitler na segunda guerra mundial que achava que poderia destruir todo o mundo.

Lúcifer (ele se tornou Satanás depois que lutou contra Deus) que enganou um terço dos anjos subiu ao trono de Deus para lutar contra ele. Ele foi jogado na terra junto com seus anjos (demônios) e aqui estão até o dia de hoje, “E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu”, Lucas 10:18.

Esta rebelião podemos ver claramente em Gênesis 1:2, “E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas”. Depois que Deus criou o céu e a terra, ouve um período de tempo entre Gênesis 1:1 e Gênesis 1:2. Como pode Deus criar alguma coisa neste estado que se encontrava a terra. A terra estava destruída. Deus não cria nada neste estado destrutivo. Ele simplesmente não é este tipo de ser. Tudo que Ele faz e perfeito e bonito e harmonioso.

A rebelião de Satanás causou isso na terra. A destruição completa de tudo. A terra ficou em estado de calamidade – totalmente destruída.

4. O Diabo vai guerrear contra Deus de novo?

Comentário: A Bíblia diz que sim. Hoje em dia vemos que Satanás ainda tem acesso para conversar com Deus. Ele aparece em várias escrituras comparecendo perante Deus. Você acabou de ler os exemplos em Jó quando ele apareceu junto com os anjos para ver Deus. Chegará um tempo onde Satanás não poderá ir ao trono de Deus mais.

Satanás tentará uma nova guerra contra Deus. Está batalhar está escrita no livro de Apocalipse, “E houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos; Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele”, Apocalipse 12:7-9.

Leave a comment

O Começo de Tudo, Parte I

Para baixar as lições em PDF, clique aqui

Deus tem nos dado bastante conhecimento e entendimento de Seu plano para o Ser Humano. É claro, não sabemos em detalhes do como tudo acontecerá ou aconteceu, mas Ele tem nos dado dicas de muitos de Seus mistérios.

É do agrado de Deus mostrar para nós as coisas que ainda vão acontecer. E é por isso que Ele mesmo fala delas nos dando algum conhecimento de Seus planos, “E também lhes dei os meus sábados, para que servissem de sinal entre mim e eles; para que soubessem que eu sou o Senhor que os santifica”, Ezequiel 20:12. Sim, Deus nos mostrou os Seus Sábados e Suas solenidades para que possamos entender Seu plano para a humanidade. Ele poderia escolher não nos falar, mas como Ele é um Deus humilde e não um tirano e ditador, de Seu próprio agrado, Ele nos fala das coisas que Ele vai fazer, “Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas”, Amós 3:7. Sim, é do agrado de Deus nos mostrar Seus planos.

O Mundo Espiritual

Não há dúvida nem mesmo hoje em dia que existe um mundo espiritual. Vemos isso até em espíritos malignos possuindo os corpos de seres humanos e muitos pretendendo serem anjos – os humanos não sabem o que estão fazendo. Estão brincando no mundo espiritual com demônios. Não sabem o tremendo risco que estão cometendo e desobedecendo as instruções de Deus, “Fez ele também passar seus filhos pelo fogo no vale do filho de Hinom, e usou de adivinhações e de agouros, e de feitiçarias, e consultou adivinhos e encantadores, e fez muitíssimo mal aos olhos do Senhor, para o provocar à ira”, 2 Crônicas 33:6.

Muitos vão ver médiuns para ouvir coisas do futuro, ou ouvir pessoas queridas que já morreram, ou pedir ajuda de dinheiro, e muitas outras coisas, não sabendo que tudo é mentira e estão irando o seu Deus com feitiçarias. Note o que Samuel disse a Saul quando ele foi ver um médium, “Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniqüidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei”, 1 Samuel 15:23.

Mas no início da criação do mundo espiritual, não existiam demônios. A criação era perfeita e harmoniosa. Neste tempo da história, Deus Pai e Jesus Cristo que eram os únicos seres viventes, estavam sós. Então Jesus começou a criação o mundo espiritual.

Jesus Começa a Criação; Gêneses 1:1, Jubileu 0

Jesus com a aprovação e benção de Seu Pai começou a criar o mundo espiritual. Ele criou os arcanjos como Miguel e Lúcifer e Gabriel e todos os anjos. Todos vivendo em harmonia num universo perfeito.

É neste inervá-lo de tempo que Jesus criou o céu e a terra.

O Começo do Universo Espiritual

O começo da criação do mundo físico pode-se ler claramente em Gêneses 1:1, “No princípio criou Deus o céu e a terra”. Podemos de uma certa maneira concluir aqui que este exato momento seria: mês 1 e do ano espiritual 1. Neste momento, o ano Jubileu é 0 (estude mais dos anos Jubileus que acontece a cada 50 anos nesse blog). Portanto, aqui está o começo do mundo ou universo espiritual. O homem e todas as criaturas da terra ainda não existiam.

A bíblia descreve este momento da história da criação do mundo espiritual, Jesus disse a , “Onde estavas tu, quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência. Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel? Sobre que estão fundadas as suas bases, ou quem assentou a sua pedra de esquina, Quando as estrelas da alva juntas alegremente cantavam, e todos os filhos de Deus jubilavam?”, Jó 38:4-7. Neste ponto da história, os anjos já haviam sido criados. Então quando Deus criou a terra, eles se ajudaram, cantaram e se alegraram grandemente. O universo espiritual era perfeito, calmo, pacífico e harmonioso.

É claro podemos afirmar com toda a certeza que mesmo antes de tudo, mesmo antes do universo espiritual, mesmo antes de qualquer coisa criada, Deus Pai e Seu filho Jesus Cristo já existiam. Aqui vemos o tamanho do poder de nosso Deus e Seu Filho. Não é possível para a mente humana entender isso. Com certeza sabemos que tudo que foi criado no mundo espiritual como no mundo físico, tudo mesmo, foi criado por Jesus Cristo, “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez”, João 1:1-3.

As Almas do Seres Humanos são criadas

Tentem visualizar, estamos num tempo onde Jesus já criou os anjos, os arcanjos, o céu e a terra e agora Jesus começa a criar as almas humanas. Não sabemos a sequência de criação do que foi criado primeiro, as almas humanas ou os anjos. Sabemos que os anjos foram antes da terra, pois eles se alegraram depois que a terra foi criada, como vimos em Jó: 38:4-7.

Poderemos sugerir que as almas dos humanos foram criadas depois que Jesus criou os anjos e a terra. Jesus talvez criou a terra com a finalidade de colocar seres humano nela. Não sabemos. Sabemos, entretanto que Lúcifer, o arcanjo, se rebelou contra Deus e se tornou Satanás talvez pelo próprio motivo de que Deus ira criar os seres humanos em Sua imagem e coloca-los na terra com a finalidade de se tornarem Filhos de Deus.

O que ela indica e fala claramente é que esse ponto na história e chamada de “Fundação do Mundo”“Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo [no tempo de Gênesis 1:1], para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor”, Efésios 1:4.

“Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos [no tempo de Gênesis 1:1]”, 2 Timóteo 1:9.

“Paulo, servo de Deus, e apóstolo de Jesus Cristo, segundo a fé dos eleitos de Deus, e o conhecimento da verdade, que é segundo a piedade, Em esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos dos séculos [no tempo de Gênesis 1:1]”, Tito 1:1-2.

Vemos então em Gênesis 1:1 que neste tempo Jesus criou os anjos, o céu e a terra. E foi nesse tempo também que Deus criou todas as almas dos seres humanos que se tornarão embriões humanos até que o plano de Deus a humanidade termine. O plano de Deus não terminará até que todas essas almas se tornem embriões.

O universo espiritual era perfeito e pacífico e harmonioso e todos os seres espirituais serviam o nosso Deus em grande harmonia.

1 Comment

Satanás e seu demônios podem morrer!

Muitos falam que o Diabo e seus anjos (demônios) serão jogados no lago de fogo e serão atormentados para todos sempre. Ele falam isso baseado nesta escritura, “E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão, E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha. E subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; e de Deus desceu fogo, do céu, e os devorou. E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre”, Apocalipse 20:7-10.

Note o que Deus tem reservado aos demônios, “estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a negrura das trevas”, Judas 1:13. Talvez, por acaso esta negrura das trevas não seria uma morte!

Porque tanto os seres do mundo espiritual como os humanos estamos debaixo da mesma lei, “Mas agora, libertados do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna”, Romanos 6:22.

Deus tem a vida eterna até o momento que não quer mais. Note que Cristo deixou a vida eterna como Seu Pai para se tonar mortal conosco. Ele certamente morreu e depois foi ressucitado pelo Pai. Se Deus pode fazer isso como Eles quanto mais com Satanás e os Demônios.

Adicionando, falar que espírito não podem ser destruídos é a mesma coisa que dizer que Deus tem poder ilimitado.

Leave a comment