Arquivo para categoria Céus

Não Morra Sem Deus

A cultura Brasileira como também muitas outras no mundo tem um fascínio muito grande com os mortos. Acreditamos em tudo. Que quando morremos passamos para uma vida melhor. Os que fizeram mal irão pagar as penalidades num lugar muito ruim. Que podemos ir para o céu e encontrar com os apóstolos e amigos e familiares e que até mesmo poderemos passar de um nível de alma mais avançado; enfim, não há término no que fazemos. Muito dessas e outras crenças é claro, fazemos sem ao menos perguntar o porquê das coisas. Simplesmente aceitamos o que falado para nós. Se tentarmos verificar tudo que aceitamos, ficaremos abismados com tenta mentira que estão grudadas nas tradições dos homens.

Olhando no livro da verdade, a Bíblia, poderemos verificar o que a bíblia fala dos mortos. Afinal, eles ficam conscientes vivendo num outro lugar? Para onde eles vão? Se vão para algum lugar.

A Bíblia claramente nos diz que quando morremos nada acontece conosco. Simplesmente a nossa alma volta para Deus, “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma”, Eclesiastes 9:10.

Sim, nada acontece com os mortos. Simplesmente nada. Nem sabe que estão mortos. A alma deles retorna a Deus e eles ficarão esperando o dia do juízo deles, “E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo”, Hebreus 9:27.

Se sabemos dessa verdade então porque não aceitamos. Não há esperança nos que morrem, “Porque não te louvará a sepultura, nem a morte te glorificará; nem esperarão em tua verdade os que descem à cova”, Isaías 38:18.

E mesmo se ignorarmos isso tudo, para que gostaria de viver sem a presença de Deus. Deus trabalha com os que estão vivos. É com os vivos que Ele é Deus. Ele disse claramente que Ele não tem nenhum tipo de relacionamento com os mortos. Observem o que Jesus disse, “Ora, Deus não é Deus de mortos, mas de vivos; porque para ele vivem todos”, Lucas 20:38.

Sim os mortos ressuscitaram para o juízo, “E que os mortos hão de ressuscitar…”, Lucas 20:37; mas enquanto estiverem mortos, eles não fazem nada; não vão a lugar nenhum; não pensam ou meditam sobre coisa alguma; não planejam nada; enfim, eles nem sabem que estão mortos. Ficarão na sepultura até Deus chamá-los para serem julgados.

Sim, seguiremos a Deus obedecendo-O e fazendo as coisas que são agradáveis a Ele. Tenha muito cuidado que as tradições do homem como o natal, páscoa de ovo de chocolate e mais coisas não são de Deus mas tradições dos homens. Deus tem nos dado Suas leis e mandamentos como também os Seus Dias Santos: Páscoa (diferente da do homem), Festa dos Pães Asmos, Oferta de Movimento, Pentecostes, Festa das Trombetas, Festa de Expiação, Festa de Tabernáculos, O Oitavo Dia, a Lua Nova como outros.

E você está obedecendo a Deus? Se não, não está numa posição muito agradável. Certamente passará pela tribulação que está chegando na terra, “Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dia”, Mateus 24:21-22.

Entretanto Deus salvará aqueles que são Dele, “Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra”, Apocalipse 3:10.

Desobedecer a Deus e fazer as coisas que lhe desagradam não é bom para nós. É por isso que estamos vivos. Para fazermos parte da família de Deus porque caso contrário obteremos a morte eterna e não viveremos com Deus por toda a eternidade. Porque “Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo”, Hebreus 10:31.

Deixe um comentário

O que acontece quando morremos? Parte II

Temos estudado que ninguém tem subido ao céu a não ser o Filho do Homem, Jesus Cristo, que desceu do céu, “Se vos falei de coisas terrestres, e não crestes, como crereis, se vos falar das celestiais? Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu”, João 3:12-13. Se ninguém tem subido ao céu para onde vão as almas dos que morrem?

É bem falado no mundo que ou você vai para o céu ou vai para o inferno quando morre. Mas, isso é tradição do homem o que não é necessariamente o que está escrito na Bíblia. Mas, o que tem o homem para que ele possa viver. Todos nós acreditamos que temos um alma. Isso é realmente bastante aceitado pelo mundo. Estudemos sobre a alma. Ela existe? Se sim, o que faz?

A resposta está escrito logo no livro de Genesis quando Deus criou o homem e os animais. “E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente”, Gênesis 2:7. Note que aqui é falada a palavra “alma vivente”, eu Hebreu chama-se “nephesh” que significa “vida, fôlego de vida”.

Vemos que sem “nephesh” ou alma não podemos viver. Os animais também precisam de “nephesh” para viver. Enquanto você tem a alma em você, você continua vivo. A alma então carrega a mesma conotação do que vida. Note que Jesus mesmo fez uma analise da alma. “Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas, qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará. Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? Ou, que daria o homem pelo resgate da sua alma?” Marcos 8:35-37. Jesus compara aqui a vida com a alma. Ele pergunta claramente de que adianta um homem comprar o mundo e perder sua alma, ou seja, sua vida.

Tanto uma alma pode viver como também pode morrer. Deus declara que como Ele deu a alma para uma pessoa, Ele também pode tirá-la. “Eis que todas as almas são minhas; como o é a alma do pai, assim também a alma do filho é minha: a alma que pecar, essa morrerá”, Ezequiel 18:4. Novamente no ver 20, “A alma que pecar, essa morrerá…”  Note que quando Jesus estava muito triste, Ele disse que a alma Dele estava muito triste, ou seja, Ele estava muito triste, “E disse-lhes: A minha alma está profundamente triste até a morte…”, Marcos 14:34.

O conceito que as pessoas tem que o homem tem uma alma está então confirmado pela Bíblia. Todas as pessoas e criaturas que vivem tem entre eles uma alma, “nephesh”. Deus fala sobre a alma como se referindo a uma pessoa em muitos livros da Bíblia. A alma é então o ser vivente.

Agora que vimos que a Bílbia confirma que os seres viventes tem uma alma, e sabemos que todas as almas pertence a Deus, o que acontece com a alma da pessoa quando morre? Para onde vai? Para o céu? Inferno? fica vagando? Encarna numa criatura melhor?

Estudemos!

Deixe um comentário

O que acontece quando morremos?

O Dia de Finados é celebrado em muitas nações. A tradição humana de respeitar e adorar os mortos são bastante antigos. É até impossível saber com precisão quem e quando está prática começou a acontecer. Vemos nos filmes de índios que eles também adoram os mortos e os respeitam imensamente. Pensam que depois da morte, a alma passa por outros estágios mais avançados. Outros pensam que se encarnam em outras pessoas e em outras vidas. Outros até pensam que é vida é assim passando deste nível de vida a outra depois da morte. São muito grandes as ideias que as pessoas pensam sobre isso. Mas, o que a Bíblia fala sobre o que acontece depois da morte. Passamos para algum outro universo ou lado mais avançado?

É claro não há nada de errado em respeitar os mortos queridos. Levar flores e lembranças para a sepultura dos que amamos bastante. Muitos de nossos passamos por isso quando nossos queridos amores na terra morrem. Vamos dar uma olhada então para ver o que acontece com as pessoas que morrem. Será que eles estão olhando o nosso bem estar? Será que eles estão nos esperando em algum lugar? Será que podemos conversar com eles e pedir a ajuda deles? Pode eles nos escrever ou passar notícias para a gente? O que a Bíblia nos diz? Veremos!

Se você olhar diretamente ao que Jesus Cristo falou sobre esse assunto, verá que de cara Jesus revelou esse mistério. Jesus que é impossível mentir, e que batalhava sobre as tradições dos fariseus que acreditava na ressureição dos mortos, “Porque os saduceus dizem que não há ressurreição, nem anjo, nem espírito; mas os fariseus reconhecem uma e outra coisa”, Atos 23:8.

Os fariseus acreditavam que quando uma pessoa morre ela pode ir ao céu. Foi numa dessas conversas que Cristo teve de dizer para eles que ninguém vai ao céu quando morre. A resposta Dele foi bem clara, “Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu”, João 3:13. O “Filho do Homem” é claro Ele estava se referindo a Ele mesmo.

Jesus fala que Ele morava no céu, “Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou”, João 6:38. Jesus falou de Sua autoridade de dar vida ao escolhido, “Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre; e o pão que eu der é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo”, João 6:51.

Vemos claramente pela própria boca de Cristo que ninguém vai ao céu quando morre. Somente Ele iria voltar ao céu porque Ele veio do céu.

Mas o que acontece com a gente quando morremos? Se não vamos para o céu para onde vamos? Para onde vai nossa alma se temos uma? Veremos nos próximos artigos.

Deixe um comentário

Lázaro e o Homem Rico, parte II

E isso inferno que dura para todo o sempre existe realmente? Deus que é um ser que tem muito mais amor do que você e eu faria isso com Sua criação? Você faria isso com seu filho? ou alguma pessoa que ama. Ficaria vendo eles queimando e grande tortura para todo o sempre. Sim, tudo isso foi criado pelas igrejas do mundo para atrair crentes com medo. Tudo é falsidade e hipocrisia!

“Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado. E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá”, Lucas 16:25-26.

Esse homem estava em tomento mental e agonia sobre o julgamento eminente que estava vindo sobre ele e de longe ele viu as chamas e isso secou sua boca e começou a aprender sua lição e implorou por água.

O grande abismo é a diferença entre os fieis e os infiéis; a diferença em amar Deus o suficiente para fazer Seus desejos e procura-Lo agrada-Lo até mesmo em pequenas coisas, em contrário de ficarmos atarefados em nos agradar e fazer nossos próprios desejos; ou fazer o que pensamos que é certo em vez de fazer as coisas que Deus acha que é certo.

“E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai Pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento”, Lucas 16:27-28.

Então este homem implorar que sua família seja alertada e que eles possam se arrepender e ser salvos desse destino terrível dele.

“Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos”, Lucas 16:29.

NOTE com cuidado que Cristo disse essa parábola: Ele disse: OUÇAM-NOS!!!

Cristo está novamente dizendo: mantenha os mandamentos de Deus e seja misericordioso ao arrependido e o pobre!

“E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam. Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite”, Lucas 16:30-31.

Aqui vemos: SOMENTE aqueles que Deus tem Chamado podem responder a essa chamada positivamente!

Até mesmo se um homem se levantar da morte e alerta-lo; eles zombariam Dele e não acreditariam Nele.

A comissão do Chamado é para apoiar essa mensagem de alerta na qual a maioria das pessoas tem ignorado e não acreditado e alerta-los dessas coisas que caíram sobre eles quando Deus começar a corrigir as pessoas; eles aprenderam como esse homem rico aprendeu e começou a acreditar.

Nossa missão não é produzir um número vasto de respostas; nossa missão é mostrar e levar as pessoas ao A R R E P E N D I M E N T O. A mensagem deve sair ao mundo: Mantenha os mandamentos de Deus: ambos os grandes mandamentos como também pequenas coisas.

Nossa missão é ser fiel tanto em grande com também em pequenas coisas de Deus como um exemplo para o mundo.

Estamos falhando miseravelmente nesta luta, pois o amor e os prazeres desse mundo apagam as coisas de Deus e justifica a tolerância para o pecado e comprometer os mandamentos de Deus.

Quando o homem rico e sua família tiver o medo olhando neles de cara, eles chegaram a um ponto de arrependimento. Quando eles virem o terror das tribulações e todos os horrores, misérias, fome, pestilência e terríveis atitudes das pessoas (que chegaram até a comer os próprios filhos deles por causa da fome – aconteceu em Jerusalém quando eles foram conquistados pelos Romanos), eles se arrependeram e aprenderam suas lições. Infelizmente, a muitos este tipo de situação acontecerá devida ao grande orgulho e teimosia deles.

Quando e se essas pessoas se arrependerem, eles serão tirados dessas temerosas tribulações porque seus erros, pecados serão lavados no sangue de nosso Senhor Jesus Cristo e a necessidades deles serem julgados por causa dos pecados não há mais validade, pois seus pecados já foram removidos pelo sacrifício de Cristo. Eles terão as chances de virar para Jesus Cristo através das leis de Deus reveladas por Moises e os apóstolos e profetas e Jesus Cristo.

Então através do arrependimento e vitória eles serão levados à nova aliança com Deus.

Esta é a mensagem semelhando a Festa de Tabernáculos: Que é levar toda a humanidade para dentro da família de Deus e o templo de Deus!

“Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina; No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor. No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito”, Efésios 2:20-22.

Conclusão

A parábola de Lázaro é para os infiéis santos e o arrependimento do fraco! Pegar uma ou duas palavras desse toda parábola e torcer para estabelecer uma doutrina contrária as escrituras é ERRADO; e o levará a uma falsa conclusão

Em Romanos 6:23, “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor”.

O salário do pecado é MORTE: E NÃO eterno tomento.

Deixe um comentário

Lázaro e o Homem Rico, parte I

Muitos usam essa parábola para justificar que existe um inferno. Muitos também usam essa parábola para mostrar que existe um céu onde as pessoas que fizeram boas ações na terra, morreram e lá vivem. Mas qual é a verdade de tudo isso? Este céu e inferno existem? O que Cristo está querendo nos mostrar ou ensinar?

“Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente. Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele; E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas”, Lucas 16:19-21.

Está passagem mostra que não é nem para os poderosos e nem para os ricaços que o galardão de Deus espera. Então não procure nesta terra ter vantagem sobre os outros; ou crescer financeiramente como sendo a única coisa importante na sua vida mas procure a Deus e seja fiel a Ele em todas as coisas incluindo todos os Seus mandamentos.

O galardão irá àqueles filhos que obedece a Seu Pai; procurando Ele em Todas as coisas, pequenas e grandes.

“E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado. E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio”, Lucas 16:22-23.

Aqui vemos que o homem rico teve seu galardão nessa vida e não foi agradecido pelas bênçãos que Deus deu para ele, abusando outros; e por isso, não mereceu ter mais. Enquanto Lázaros que sofreu tanto em sua vida e foi abusado por outros mereceu o galardão porque foi fiel debaixo de uma tribulação muito extrema.

O homem rico que teve uma boa vida com poucas tribulações não pode ser fiel, mas o homem pobre que sofreu muito foi fiel, independentemente do seu sofrimento.

Deus é justo e não julga por aparências; sendo fidelidade e lealdade para Deus de muito mais valor do que riquezas.

O padrão de justiça e benção de Deus não está em números; eles não estão em riquezas e quantidades de congregações cristãs. O padrão de justiça de Deus é o zelo por Ele e Suas leis.

“E deleitar-se-á no temor do SENHOR; e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos. Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio”, Isaías 11:3-4.

“E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama”, Lucas 16:24.

Aqueles que levam essa escritura literalmente deve perguntar o óbvio que se tivesse a oportunidade de poder conversar com Deus estando você nesse tormento de estar se queimando em chamas de fogo, você iria pedir mesmo para ter somente o dedo molhado ou pedir para uma ser tirado totalmente deste lugar! Não faz sentido pensar que alguém nesta situação pediria somente um dedo molhado; em que isso ajudaria alguém dentro de um lugar se queimando com chamas?

A palavra traduzida “nesta” foi mal interpretada pelo autor. No texto original a tradução melhor seria “pela”. Ou seja, a tradução melhor seria “atormentado pelas chamas”. Então de longe, esse homem rico estava vendo esse lugar de muitas chamas e isso secou boca de medo e estava com angustia mental.

2 Comentários

Que acontece quando uma pessoa morre?

Desde do nosso tempo de criança temos sido ensinados que os mortos passam para uma outra vida. Muito de nós gostamos de pensar que nossos amados que morreram estão vivendo uma vida muito melhor no Céu. Também, sentimos um certo prazer em saber que os malvados e terríveis criminosos assassinos estão no inferno queimando e sendo torturado por toda a eternidade. Mas, qual é a verdade? Vemos ver o que nosso Deus nos diz em Suas palavras, na Bíblia.

“Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, mas a sua memória fica entregue ao esquecimento”, Eclesiastes 9: 5. Claramente a Bíblia nos diz que os mortos nem sabem que estão mortos. Estão dormindo esperando a chamada de Deus. Eles não pensam, eles não raciocinam, eles não planejam, eles não ficam por aí passeando pelo universo, eles não estão nem no céu ou no inferno como todos pensam. Eles estão dormindo. Observe o que Jesus fala aqui em Marcos 5:39, “E, entrando, disse-lhes: Por que vos alvoroçais e chorais? A menina não está morta, mas dorme”. 

Os mortos estão dormindo esperando sua chamada, ou para a vida eterna ou para a morte eterna. “Estando eles excitados, lhes darei a sua bebida, e os embriagarei, para que andem saltando; porém dormirão um perpétuo sono, e não acordarão, diz o SENHOR”, Jer 51:39. Isso é uma coisa terrível que sendo você julgado e achado não qualificado a entrar na família de Deus, Ele te destruíra. Este sono perpétuo seria a sua morte eterna.

Deus não dá atenção para os mortos. Os mortos estão em sua sepultura (Lia os artigos de inferno). Eles não tem comunicação com o Criador, “Livre entre os mortos, como os feridos de morte que jazem na sepultura, dos quais te não lembras mais, e estão cortados da tua mão”, Salmos 88:5.

Deus é Deus dos vivos. Daqueles que ainda tem a capacidade de raciocinar. Deus quer que enquanto estivermos vivos, que criemos uma amizade com Ele. Ele quer ouvir de você. Não somente quando você tem algo a pedir para Ele. Mas, como nós temos muitos amigos chegados a nós. Ele também quer ser esse amigo. Converse com Ele sobre todas as coisas. Não dique pensando e analisando o que vai falar. FALE NORMALMENTE SOBRE TUDO, COMO FALAMOS COM NOSSOS AMIGOS CHEGADOS.

SOBRE TUDO. Pois o dia está chegando que Ele não mais lhe ouvirá quando estiver dormindo, “Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó? Ora, Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos”, Mat 22:32.

APROVEITE….. AGORA É A HORA!

Deixe um comentário

Você vai Visitar ou Morar no Céu? e Qual Céu?

As igrejas do mundo cristã pregam que se você passar a sua vida fazendo boas obras, que quando você morrer, você irá para o céu onde encontrará seus amigos e familiares esperando por você. Mas é isso bíblico?

Sabemos que não viveremos no Céu, mas iremos sim visitar o próprio trono de Deus Pai. Jesus virá na terra e chamará para si os escolhidos e irá a presença do Pai onde apresentará os Seus novos filhos (Leia sobre o casamento do Cordeiro). Depois disso Jesus virá para a terra com seus escolhidos, santo, para reinar nessa terra. Note quando os escolhidos receberam poder de entrar na família de Deus e reinar com Cristo nesta terra. Apoc 20:4, “E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos”.

A bíblia, entretanto fala que Deus criou os céus, “No princípio criou Deus os céus e a terra”. Gên 1:1. Note que a palavra está no plural. Explicaremos quais são esses Céus!

primeiro Céu é a nossa atmosfera, “E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas. E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão; e assim foi. E chamou Deus à expansão Céus, e foi a tarde e a manhã, o dia segundo”. Gen 1:6-8.

Segundo Céu é o nosso universo ( o sol, a lua, os planetas, etc), “E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos”. Gen 1:14.

Terceiro Céu é o próprio trono de nosso Deus, “Conheço um homem em Cristo que há catorze anos (se no corpo, não sei, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) foi arrebatado ao terceiro céu”. 2 Cor 2:12.

Deixe um comentário