Ovos de Páscoa, de onde vieram?

Estamos hoje celebrando a Páscoa, 2016. Muitos estão reunido com a família enquanto outros estão celebrando de outra forma. O papa fez a missa do Galo como de costume. Na Sexta-Feira foi celebrada a Sexta-Feira da Paixão.

Em todos esses costumes que já estão sendo celebrados por milhares de anos, poucos realmente perguntam o porque destas celebrações. É claro muitos não sabem de onde esses costumes aparecem e, na realidade, nem querem saber. Muitos é claro dizem o que tem de errado em celebrar esses costumes alegres com os familiares e amigos?

A resposta dessa pergunta tem muito a haver com o seu relacionamento com Deus. Se você se preocupa como o que Deus pensa sobre tudo isso, se Deus ficaria decepcionado com esses costumes. Na realidade, estamos usando eles para adorá-Lo, então devemos estudar com cautela para ver se estamos na realidade adorando Deus de maneira correta. Estudemos algumas de suas tradições: os ovos de Páscoa.

A origem dos ovos de Páscoa

O leitor ficará surpreso em saber que a Páscoa de Deus não tem nada a ver com o que celebramos hoje em dia. Em outros países existe um dia. Afinal o que tem ovos de chocolate a haver com a Páscoa? O que tem esses ovos de chocolate a haver com a morte de nosso Senhor Yeshua, ou Jesus?

A resposta é muito simples, ‘nada a ver!’ Uma da história pagã da Páscoa tem a ver com Ninrode, Semiramis e Tamuz.

Ninrode, Semiramis e Tamuz

Eles também são Deuses tanto na Grécia:

ninrod na grecia

semiramis na grecia

Como em Roma:

ninrod em roma

Na babilônia, Ninrode é conhecido como Baal.

A história do ovo na Páscoa deu origem de Semiramis. Resumindo deste artigo, observamos:

“Ninrode ficou biblicamente conhecido como o primeiro poderoso da terra, foi o construtor de Babel e de sua memorável torre, em respaldo de que a humanidade jamais seria novamente tragada pelo dilúvio. Inimigo do Deus (Deus este adorado no cristianismo, judaísmo e em outras religiões monoteístas) pretendia reunir a humanidade em um só lugar, ajuntando e o fazendo em desobediência a ordem divina “crescei, multiplicai e sede fecundos” (Gênesis 1:28).

Ninrode era adorado como o deus sol. Ficou conhecido como rei dos céus pela grande altura da torre de Babel, por ele construída. Tomou então como esposa a própria mãe, Semiramis tornando-a então, a rainha do céu (já que mãe e esposa do príncipe) e a partir dai, cultuada como a deusa lua e conhecida como a rainha dos céus ou mãe de Deus (qualquer semelhança com a “virgem maria” católica, não é mera coincidência)

Ninrode foi morto por seu tio avô Sem (filho de Noé, irmão de Cão). Este o esquartejou e separou seus pedaços, dando fim a sua enorme maldade, e irreverência (qualquer semelhança com Sete e Osiris, não é mera coincidência)

Quando Ninrode foi morto Semiramis tinha todas as partes do seu corpo que tinham sido enviados de todo o reino de Uruk se reuniram, com exceção de uma parte que não pôde ser encontrado. Essa parte que faltava era o seu órgão reprodutor. Semiramis disse ao povo da Babilônia que Ninrode não poderia voltar a vida sem seu pênis, e que ele havia subido aos céus para assumir seu lugar de Deus sol, que a Rainha Semiramis igualmente proclamou que Baal. Disse também que ele se faria presente na Terra sob a forma de uma chama, se vela ou lâmpada, quando usados na adoração (a chama da liberdade). Com a ajuda de Satanás, Semiramis tornou-se uma deusa, filha da deusa Atargatis-peixe (como o peixe nunca foram destruídos durante o dilúvio), e se conectado com as pombas de Ishtar ou Astarte “.

Semiramis alegou que ela foi concebida imaculada.

Ensinou que a lua era uma deusa que passou por um ciclo de 28 dias e ovularam quando estiver cheia.

Ela alegou ainda que ela veio da lua em um ovo de lua gigante que caiu no rio Eufrates. Isso era para ter acontecido no momento da primeira lua cheia após o equinócio da primavera.

Semiramis tornou-se conhecido como “Ishtar” que é pronunciado como “Easter”, e seu ovo lua tornou-se conhecido como “Ishtar” ovo “.. Ela se tornou conhecida como Isis, Diana, Artemis. Astarte, Cybele, etc em outras culturas como as pessoas migraram de Babel. nomes diferentes devido às diferenças agora em todas as línguas. “

Dependendo da cultura que estiver vivendo, a história destes três serão um pouco diferente. Mas, aí está a razão do ovo de Páscoa.

  1. Leave a comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: