Por que Deus permite o sofrimento?

Vivemos em um mundo de grande sofrimento. Podemos notar muito mais em países de terceiro mundo. Observe por exemplo os sofrimentos trágicos que vemos até pelas televisões em países como a África. Famílias e pessoas morrendo de fome, de doenças incuráveis e até outras coisas que os médicos nem sabem o que são.

escassezalimentosbox1 Bebês nascem para morrer. As mães não tendo leite para nitrir o bebem, pois estão em situações piores do que o filho(s) que acabou de nascer. Eles nascem somente para morrer poucas horas os dias mais tarde.

Como se esta situação não fosse totalmente devastadora, muitos desses lugares estão em guerras. Muitos como quadrilhas locais ou qualquer outro tipo de guerra. No meio a essa guerra e falta de cuidados a saúde, muitas doenças aparecem que fazem a vidas das pessoas ainda mais insuportáveis e sem absolutamente nenhum tipo de esperança.

Mas por quê? Por que temos que viver em um mundo tão devastador? Tão infeliz? Tão sem esperança? Tão violento? Será que a Bíblia pode no dizer alguma coisa sobre isso?

 Um mundo em decadência – a falta de água

 Não faz muita diferença para onde olhamos. A pessoa simplesmente liga a televisão na hora da notícia para notar calamidades por todo o mundo.

Notamos que no mundo cada vez mais está havendo falta de água. Seca está acontecendo por todo o mundo. Reservatórios de águas estão ficando secos. Os grandes volumes de água que nos temos vários e imensos reservatórios de água estão a cada ano ficando mais baixo e em alguns lugares estão totalmente secos. Estes Dryreservatórios são usados para suprir as cidades com água.

Agora estamos chegando neste ponto de história que muitas cidades e até estados estão em secas. Note que dizem as notícias, “A seca que provocou uma severa quebra nas safras de soja e milho dos Estados Unidos em 2012 poderá persistir em 2013, segundo informações de institutos internacionais de meteorologia”. Este instituto chegou a até dizer, “A menos que haja uma inesperada mudança nas condições climáticas para dias muito úmidos, a seca será, com certeza, uma característica marcante da temporada de plantio, pelo menos na primavera. Na década de 30, houve um período de quatro ou cinco anos em que a seca era algo constante”, disse Bryce Anderson, agrometeorologista do instituto DTN.

Sim, não faz muita diferença a onde olhar, os autores dizem a mesma coisa… estamos havendo uma falta de água muito grande ao redor desse mundo. Vamos chegar a uma época onde a escassez de água será muito grande. A água se tornará tão precisa como o ouro ou a prata é hoje em dia. Será um mundo seco e amargo.

Mas, por quê?

 Um mundo em decadência – a falta de alimento

 Estamos chegando a uma época também onde haverá grande falta de alimento no mundo. Vamos chegar a uma época onde as pessoas não terão comida para comer. Imagina isso? Isso nunca aconteceu na terra escassezalimentos1antes. Sim, a história mostra que ouve fome em muitas cidades e lugares mas nunca em um sentido mundial. Isto está acontecendo hoje em dia.

A falta de água e dos lençóis de água está causando e vai continuara causa uma grande falta de alimento ao redor do mundo. É claro se não houver água, como podemos ter lavouras? Ou plantações?

Não há dúvida do que está acontecendo com a terra. A falta de água esta causando a falta de alimentos. Isto não é um segredo. Observe o que esse artigo escrito pela revista Scientific American Brasil, diz…

            “Durante muitos anos, tenho estudado tendências agrícolas, populacionais, ambientais, econômicas e suas interações. Os efeitos combinados dessas tendências e as tensões políticas que elas geram apontam para o colapso de governos e sociedades. Eu mesmo vinha resistindo à idéia de que a escassez de alimentos poderia levar à derrocada não apenas de governos, isoladamente, mas também de nossa civilização global.

            Não tenho mais como ignorar esse risco. Nosso reiterado fracasso em lidar com os declínios ambientais que minam a economia alimentar mundial – e, mais importante, reduzem os níveis dos lençóis freáticos, erodindo solos e elevando temperaturas – me obriga a concluir que esse colapso é possível”.

Este artigo escrito é muito importante para entendermos o que está acontecendo no mundo. Se o leitor tiver tempo para ler este artigo, gostaríamos a encorajá-lo a lê-lo.

 Um mundo em decadência – guerras mundiais

             Em meio a falta de água e que irriga as colheitas que em consequências nos dá alimento, em muitos desses lugares na terra, as pessoas também tem que lidar com os conflitos humanos como a guerra.

A guerra aumenta a angústia do sofrimento humano. Onde a guerra, há todos os tipos de abusos humanos. Não há paz, não há segurança. Todos vivem com medo de sair nas ruas. Há tiroteios, roubos e muitos outros tipos de criminalidades. E em outros lugares, há até guerras.

Tudo contribui ao sofrimento humano. As guerras estão aumentando também. Muitos já até dizem que a terceira guerra mundial não é mais nenhum conto de fadas, mas que realmente vai acontecer em um futuro muito em breve.

Observe as guerras que o homem já fez sendo as sanguinárias acontecendo no século XX…

  • Guerra russo-japonesa (1904-1905)
  • Terceira Guerra centro-americana (1906)
  • Quarta Guerra centro-americana (1907)
  • Guerra Itália-Turquia (1911-1912)
  • Guerra da independência do Tibete (1911-1912)
  • Guerra do Paraguai (1911-1912)
  • Primeira Guerra Mundial (1914-1918)
  • Guerra Turquia-França (1919-1921)
  • Guerra Turquia-Grécia (1919-1922)
  • Guerra Japão-China (1931-1933)
  • Guerra do Chaco (1932-1935)
  • Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
  • Guerra do Sinai entre Israel-Egito (1956)
  • Guerra Hungria-União Soviética (1956)
  • Guerra Índia-China (1962)
  • Guerra da Cashemira entre Índia e Paquistão (1965)
  • Guerra Israel-Egito (1969-1970)
  • Guerra do Vietnã (1965-1975)
  • Guerra Honduras-El Salvador (1969)
  • Guerra das Malvinas (1982)
  • Guerra do Golfo (1990-1991)
  • Bósnia e Herzegovina (1992-1995)
  • Guerra Eritréia-Etiópia (1998-2000)
  • Guerra do Iraque (2003)

É Claro nem precisamos falar que a pior guerra ainda está para acontecer, a Terceira Guerra Mundial.

 Um mundo em decadência – epidemia e pandemia

             Pestilências ou doenças que já apareceram no mundo, irão aparecer novamente. Observe o caso da peste bubônica e sua consequência na Europa da época…

doença pulmonar ou septicêmica, infectocontagiosa, provocada pela bactéria Yersinia pestis, que é transmitida ao homem pela pulga através do rato-preto. A pandemia mais conhecida da doença ocorreu no fim da Idade Média, ficando conhecida como Peste Negra, quando dizimou 1/3 da população europeia na época”.

PandemiaEsta doença matou 1/3 da população da Europa. Muitos cientistas hoje em dia dizem que vamos ter doenças assim em um futuro bem próximo. Doenças que mataram milhares de pessoas. Observe este artigo do wiki sobre as grandes epidemias e pandemias que quase eliminaram cidades inteiras…

  • Peste do Egito (430 a.C.) – a febre tifóide matou um quarto das tropas atenienses e um quarto da população da cidade durante a Guerra do Peloponeso. Esta doença fatal debilitou o domínio de Atenas, mas a virulência completa da doença preveniu sua expansão para outras regiões, a doença exterminou seus hospedeiros a uma taxa mais rápida que a velocidade de transmissão. A causa exata da peste era por muitos anos desconhecida; em janeiro de 2006, investigadores da Universidade de Atenas analisaram dentes recuperados de uma sepultura coletiva debaixo da cidade e confirmaram a presença de bactérias responsáveis pela febre tifóide.
  • Praga de Antonine (165180) – possivelmente causada pela varíola trazida próximo ao Leste; matou um quarto dos infectados. Cinco milhões no total. Na plenitude de uma segunda pandemia (251266) 5.000 pessoas chegaram a ser mortas por dia em Roma.
  • Peste de Justiniano (541-x). A primeira contaminação registrada de peste bubônica. Começou no Egito e chegou à Constantinopla na primavera seguinte, enquanto matava (de acordo com o cronista bizantino Procopius) 10.000pessoas por dia, atingindo 40% dos habitantes da cidade. Foi eliminada até um quarto da população do oriente médio.
  • Peste Negra (1300) – oitocentos anos depois do último aparecimento, a peste bubônica tinha voltado à Europa. Começando a contaminação na Ásia, a doença chegou à Europa mediterrânea e ocidental em 1348 (possivelmente de comerciantes fugindo de italianos lutando na Crimeia), e matou vinte milhões de europeus em seis anos, um quarto da população total e até metade nas áreas urbanas mais afetadas.
  1. Leave a comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: