A FESTA DE PENTECOSTES

Também chamada de Festa das Semanas, esta solenidade dura um dia, portanto mil anos para nós. Note que estamos ainda na no final da colheita da primavera, antes do verão, observando este dia santo. Portanto, ainda estamos falando dos Primeiros Frutos, “E isto segundo a ordem de cada dia, fazendo ofertas conforme o mandamento de Moisés, nos sábados e nas luas novas, e nas solenidades, três vezes no ano; na festa dos pães ázimos, na festa das semanas, e na festa das tendas”, 2 Crônicas 8:13.

“Também guardarás a festa das semanas, que é a festa das primícias da sega do trigo, e a festa da colheita no fim do ano”, Êxodo 34:22.

 “Semelhantemente, tereis santa convocação no dia das primícias, quando oferecerdes oferta nova de alimentos ao Senhor, segundo as vossas semanas; nenhum trabalho servil fareis”, Números 28:26.

Como vimos a Festa dos Pães Asmos são a respeito das primícias dos primeiros frutos. Todos os que têm sido chamados e obedeceram a Deus desde o tempo de Abel até agora, são as primícias dos primeiros frutos. A Festa de Pentecostes está relacionada aos Primeiros Frutos. Uma grande maioria se arrependerá na tribulação e num tempo de mil anos ou designado e os seus arrependimentos os qualificaram para fazerem parte da ressurreição dos Primeiros Frutos. Fascinante!

1. Quando devemos começar a observar a Festa de Pentecostes?

Comentário: Seguindo o dia da Oferta Movida, Deus nos dá o Seu outro dia de solenidade, Pentecostes.

O início da própria palavra Pentecostes significa 50. Pente é a mesma coisa que o número 50. E foi isso exatamente que Deus nos comandou. Ele disse para contar 50 semanas ou sete sábados (1 sábado tem 7 dias. 7 sábados tem 50 dias) inteiros para celebrarmos a Festa de Pentecostes, “Depois para vós contareis desde o dia seguinte ao sábado, desde o dia em que trouxerdes o molho da oferta movida; sete semanas inteiras serão. Até ao dia seguinte ao sétimo sábado, contareis cinqüenta dias; então oferecereis nova oferta de alimentos ao Senhor”, Levítico 23:15-16.

Começamos a contar sete Sábados depois do dia do molho da Oferta Movida (quando Jesus foi aceito por nós) – praticamente 50 dias depois da oferta, teremos a Festa de Pentecostes.

 O Espírito Santo e a Festa de Pentecostes

Sabemos que a Festa de Pentecostes está relacionada à Festa de Pentecostes porque foi nesse dia que Jesus pediu ao Pai e enviou o Espírito Santo para os discípulos em Jerusalém. Muitos sabem dessa história. Aliás, temos até igrejas que foram criadas baseadas nesse fato o que não tem nenhuma relevância bíblica. Note o fato histórico…

 “E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar; E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.. E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem”, Atos 2:1-4.

Vemos então que Pentecostes tem tudo a ver como o derramamento do Espírito Santo nas pessoas. O Espírito Santo não foi concedido ao ser humano até então. Pouquíssimos, como os profetas e muitos outros pouquíssimos, tinham o Espírito Santo que foi dado a eles para que cumprisse sua especifica tarefa dada por Deus. Eles precisavam do Espírito Santo para entender Deus. Sem o Espírito Santo é impossível entender as coisas de Deus.

“Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. As quais também falamos, não com palavras que a sabedoria humana ensina, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente”, 1 Coríntios 2:10-14.

1. Foi a Lei de Deus dos Dez Mandamentos dado ao povo no Dia de Pentecostes?

Comentário: Em Atos 2 vemos que os Dez Mandamentos foi dado aos Israelitas no Dia de Pentecostes no monte Sinai iniciando assim a Aliança como Deus. Está aliança foi à aliança que os Israelitas quebraram. Agora temos uma nova aliança selada como o sangue de nosso Cordeiro e Senhor Jesus Cristo que seguirá por toda a eternidade.

O Espírito Santo será dado a toda humanidade

            O Espírito Santo foi dado para um número pequeno de pessoas na época de Cristo. Mas, foi a primeira vez, escrito na Bíblia, que o Espírito de Deus foi dado para um grupo de pessoas ao mesmo tempo. Isso nunca aconteceu antes.

A Festa de Tabernáculos está ligada ao Espirito Santo como estudamos. Há um significado muito grande e importante neste dia. Deus dará o Espírito Santo para todos que vivem na terra. Todos receberam o Espírito de Deus. Todos terão a oportunidade de conhecer os mistérios de Deus pela primeira vez. O Espírito Santo como diz as escrituras, nos ensinará a entender tudo de Deus. O profeta Joel fala deste dia que acontecerá no futuro, no dia de Pentecostes:

             “E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões. E também sobre os servos e sobre as servas naqueles dias derramarei o meu Espírito”, Joel 2:28-29.

Sim, o Espírito será dado a todos que vivem na terra e por um tempo de mil anos.

 O milênio de Pentecostes e os Primeiros Frutos

Não há dúvida que muitos que receberam o Espírito Santo de Deus neste milênio, muitos serão qualificados a ser parte da família de Deus. Eles serão os Primeiros Frutos, as primícias de Deus.

O Espírito Santo sendo derramado em toda terra, haverá muitos que seguirão, obedeceram e mudarão a vida deles para viverem igual a Deus. Daí aonde vem a grande quantidade de pessoas sendo qualificadas como Primeiros Frutos de Deus.

Em Pentecostes concluímos o plano de Deus para aqueles que observaram e viveram de acordo com Deus como Abel, Noel, Daniel, rei Davi e outros. Somos nós também parte das primícias? Seguimos a Deus como todo o nosso coração e alma? Vivemos de acordo com as leis e mandamentos e todas as palavras de Deus? Se assim fazemos, sim seremos também os Primeiros Frutos de Deus.

  1. Leave a comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: